Monthly Archives: maio 2013

  • 0

Processo Seletivo Simplificado Unifap para Tutor em Matemática e Libras 18 vagas

Category : Notícia

A Pró-Reitoria de Ensino e Graduação – PROGRAD, através do Departamento de Educação à Distância, torna público o processo seletivo simplificado, de chamada externa, conforme epigrafado, para seleção de Tutores do Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB/CAPES, os quais irão atuar em componente curricular do Curso de Licenciatura Plena em Matemática – modalidade à distância, do Programa Universidade Aberta do Brasil – UAB que ocorre em parceria com a Universidade Federal do Amapá – UNIFAP.

As inscrições serão online, iniciarão no dia 27/05/2013 e terminarão no dia 02/06/2013.

A presente seleção de tutores será regida por este Edital e será executada pelo Departamento de Educação à Distância – DEaD/UNIFAP. A seleção destina-se ao preenchimento de vagas existentes conforme descrito no edital e ainda, das que surgirem no decorrer do prazo de validade desta seleção, que é de seis (06) meses, prorrogável por igual período, de acordo com a necessidade e interesse da Coordenação da UAB e do curso, a contar da data de publicação dos resultados.

Os selecionados serão contratados na modalidade de bolsistas do Programa Universidade Aberta do Brasil, que é financiado pela CAPES. O bolsista, durante o período de vigência de sua vinculação desempenhará suas atribuições diretamente à Coordenação do Curso de Matemática à distância e UAB, os quais não terão vínculo empregatício com a UNIFAP.

Para os candidatos que desejem mais informações, sobre o quantitativo de vagas e perfil dos candidatos, acessar o endereço:

http://www2.unifap.br/ead/editais/em-andamento/matematica/


  • 0

Artigos Aprovados – ESUD

Category : Notícia

A comissão científica do X Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (ESUD 2013) divulgou no dia 07 de maio a lista de artigos aprovados que serão apresentados durante o evento que acontecerá de 11 a 13 de junho na Universidade Federal do Pará, em Belém.

O prazo para submissão dos trabalhos terminou no último dia 23 de abril. Foram 262 trabalhos inscritos, envolvendo cerca de 670 autores de todo o Brasil. Destes, 160 artigos foram selecionados: 60 para apresentação oral e 100 como pôster.

Os artigos foram avaliados por 116 pesquisadores de todo o Brasil e serão publicados nos anais do evento.

A comissão científica do ESUD 2013 alerta ainda para que cada autor-apresentador de artigo aprovado acesse a plataforma JEMS e leia com atenção os comentários e as orientações dos avaliadores.

Além disso, os trabalhos devidamente revisados – seguindo orientações disponíveis na plataforma – devem ser postados até o dia 12 de maio com mesmo login e senha gerados no momentos de submissão do artigo.

Cada autor-apresentador que teve seu artigo aprovado tem até domingo (12/05), para efetivar o pagamento de sua inscrição.

Fonte:

http://www.esud2013.com.br/index.php/80-esud-2013/115-artigos-cientificos1-4


  • 0

Programação cultural

Category : Notícia

A abertura do X Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (ESUD 2013) será marcada por uma programação cultural de grande estilo: a ópera cômica “O contrato de casamento”, inspirada na obra do italiano Gioachino Rossini.

Coordenada pelo Núcleo de Ópera (NEO) em parceria com a Pró-reitoria de Extensão da Universidade Federal do Pará e do Centro de Convenções Benedito Nunes, a apresentação terá no elenco  professores e cantores formados pela Escola de Música da UFPA e uma equipe técnica composta por ex–alunos de cursos técnicos da mesma instituição.

A apresentação é inspirada na primeira ópera escrita por um reconhecido compositor italiano, o erudito  Giochino Rossini. Intitulada originalmente de “La cambiale di matrimonio”, a peça teve sua primeira apresentação em Veneza, ainda no século XIX, quando Rossini tinha apenas 18 anos.

O enredo conta a história de um canadense que viaja até a Inglaterra para conhecer a sua futura esposa, um casamento encomendado como negociação de uma dívida. Entretanto, a jovem está apaixonada por outro e o casal tenta fazer o canadense desistir da negociação. Seis personagens principais contam esta história durante 80 minutos de espetáculo com muita música e bom humor.

A ópera “O contrato de casamento” será apresentada no dia 11 de junho no Centro de Convenções da Universidade Federal do Pará, após a mesa de abertura do evento, a partir das 20h.

Fonte:

http://www.esud2013.com.br/index.php/80-esud-2013/116-artigos-cientificos1-5


  • 0

João Carlos Teatini

Category : Notícia

Em 2012, o Ministério da Educação anunciou como meta triplicar em cursos públicos do Brasil o número de matrículas em educação a distância até 2014, passando dos 210 mil alunos para 600 mil. Para alcançar a meta, o programa Universidade Aberta do Brasil (UAB) tenta superar, a cada ano, diversas barreiras. A formação de professores qualificados, bem como a resistência a esta modalidade de ensino no âmbito acadêmico e a ausência de conexão banda larga em muitos lugares foram alguns dos obstáculos para o progresso da EaD no Brasil citados pelo Prof. Dr. João Carlos Teatini em entrevista ao portal  Uol Educação.

Diretor de Educação a Distância da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC), Prof. Dr. João Carlos Teatini estará presente na programação do X Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (ESUD 2013).

O painel de debates intitulado “Políticas públicas e o futuro da Educação a Distância no Brasil” contará também com a presença da  Profa. Dra. Maria Luisa Furlan Costa, presidente do fórum de coordenadores UAB; do Prof. Dr. Carlos Edilson de Almeida Maneschy, reitor da Universidade Federal do Pará; e da  Profa. Dra. Lúcia Franco, presidente da UniRede. O painel pretende fomentar a discussão a cerca dos desafios para o desenvolvimento da educação a distância no país na esfera pública.

Em entrevista concedida a  Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED), instituição pública espanhola com sede em Madrid, João Carlos Teatini falou sobre os principais desafios da educação a distância no Brasil, levando em consideração não só fatores históricos como a  colonização portuguesa, como também a ausência de políticas públicas eficazes. “Tudo que o Brasil tem em termos de educação hoje são coisas novas e construídas com base em políticas de governo mas não políticas de estado. […] Um país com 8 milhões de quilômetros quadrados, um país que vai chegar em 200 milhões de habitantes, não tem a educação a distância como uma política de estado?”, declarou Teatini.

O painel “Políticas públicas e o futuro da Educação a Distância no Brasil” acontece no dia 12 de junho a partir das 14h, no Centro de Convenções da Universidade Federal do Pará.

Entrevista do Prof. Dr. João Carlos Teatini a UNED

Fonte:

http://www.esud2013.com.br/index.php/80-esud-2013/117-artigos-cientificos1-6


  • 0

Parceria entre Brasil e França concede bolsas de doutorado pleno pelo Programa Cifre

Category : Notícia

Já estão abertas as inscrições para concessão de bolsas de doutorado pleno para brasileiros na França por chamada de fluxo contínuo. A nova parceria foi firmada pelo Programa de Doutorados Cifre-Brasil, entre o Conselho Nacional e Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) o Ministére de l’Enseignement Supérieur et de la Recherche (MESR) e a Association Nationale de la Recherche et de la Technologie (ANRT), associação nacional francesa que reúne a pesquisa pública e privada para a inovação.

A chamada destina-se a formar doutores no exterior, em instituições francesas de reconhecido nível de excelência em parceria com empresas na França, em áreas do conhecimento consideradas de vanguarda científico-tecnológica. Para esta ação a submissão é feita pelo fluxo regular de bolsas no exterior pelo calendário 2013 para bolsas de pós-graduação e pós doutorado.

Este modelo de doutorado industrial, já executado há alguns anos pela França, traz uma novidade na modalidade que alia o laboratório às empresas. No caso desta nova bolsa, o aluno de doutorado realiza o seu curso, em tema focado na inovação e que tenha direta aplicação para a empresa. Desta forma, o bolsista dividirá seu período de doutoramento entre a pesquisa em laboratório e a sua aplicabilidade na empresa.

A bolsa terá duração de até 36 meses e o candidato precisa ter nacionalidade brasileira e ter obtido seu diploma de mestrado há menos de três anos da data de submissão de sua candidatura. Além disso, é necessário possuir comprovante de idioma das Alianças Francesas ou documentação de que já morou ou estudou na França que possam comprovar a proficiência no idioma requerido.

Para o presidente do CNPq, Glaucius Oliva, a França tem tido uma experiência muito interessante por meio desta modalidade de doutorado. “É um modelo inovador, que nós queremos explorar. É uma experiência muito importante para o Brasil que tem, por meio do Programa Ciência sem Fronteiras, do CNPq e de todos os envolvidos, a missão de sinalizar para os nossos jovens e pesquisadores que a sua qualificação, sua formação voltada para inovação, para o empreendedorismo, e para a criação de valor e riqueza é realmente o pano de fundo e o que motiva o Brasil a investir nestas parcerias”, destaca o presidente.

Ao falar da nova parceria, o embaixador da França no Brasil, Bruno Delaye, afirmou estar muito orgulhoso de ser parceiro do Brasil nesse desafio de formação na pesquisa e inovação. “É uma honra poder compartilhar um instrumento que permite à França, há mais de 30 anos, desenvolver a pesquisa e inovação em suas empresas e formar mais de 3 mil pesquisadores franceses, que é o Programa Cifre”, ressalta o embaixador.

Os candidatos deverão submeter sua proposta exclusivamente ao CNPq por meio de formulário eletrônico disponível no portal do Ciência sem Fronteiras(www.cienciasemfronteiras.com). Para mais informações, acesse a chamada pública.

Fonte:

http://www.unifap.br/?postagem=4761


  • 0

Comunicado sobre o PS/2014 – UNIFAP

Category : Notícia

A Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, através do Departamento de Processos Seletivos e Concursos – DEPSEC, comunica que em razão da orientação do Governo Federal, através do Ministério da Educação e Cultura – MEC, que sugere o ingresso nas IES por meio das notas do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, está organizando-se para disponibilizar vagas ao PS – 2014 somente através das provas do ENEM, ou seja, 100% das vagas seriam preenchidas somente via ENEM. Ressalta-se que esse processo de adesão ao ENEM, e posteriormente, ao SISU (Sistema de Seleção Unificada) encontra-se em andamento no DEPSEC, visto que há de considerar-se certos trâmites legais e burocráticos que tendem a regrar o ingresso às vagas de uma IFES, entre eles destaca-se a apreciação do Conselho Universitário (CONSU).

Assim, em função dessa pretensa adesão ao ENEM/SISU como única forma de ingresso aos cursos ofertados na UNIFAP e a já abertura das inscrições ao referido exame (visto que estava previsto para ocorrer no início de junho, conforme informado em reunião SISU/ENEM/MEC, ocorrida em 16/04/13, em Brasília), esta IFES está orientando os candidatos a realizarem sua inscrição no ENEM, no período de 13 a 27/05/2013. O Edital deste Exame encontra-se disponível no site www.enem.inep.gov.br.

Lembramos que os ajustes necessários ao Processo Seletivo 2014 / UNIFAP em conformidade aos dispostos legais serão realizados e comunicados posteriormente, assim como a publicação do Edital que irá reger esse Processo, seja exclusivamente via ENEM ou não. A UNIFAP ratifica seu compromisso com a população, em realizar um Processo Seletivo dentro dos critérios legais, e está trabalhando para assegurá-los.

 

DEPSEC/PROGRAD/UNIFAP

Comunicado_PSS/2014

Fonte:

http://www.unifap.br/?postagem=4754


  • 0

Unifap apoia aplicação de 100% dos royalties do petróleo na educação.

Category : Notícia

A pró-reitora de Ensino e Graduação da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Adelma Barros, esteve presente ontem, 13, na Câmara de Vereadores de Macapá, durante a assinatura do Projeto de Lei que prevê a destinação de 100% dos royalties do petróleo para a educação municipal. Macapá recebe atualmente 1,75% da partilha de recursos destinados aos Estados não produtores. Esse percentual corresponde a cerca de R$2,6 milhões. O Projeto de Lei segue na Câmara e deve ser aprovado na próxima semana.

Durante seu discurso, a professora Adelma Barros parabenizou o executivo municipal pela iniciativa e afirmou que a riqueza proveniente do petróleo será transformada em outra ainda maior: a educação. “A Unifap, então promotora dessa riqueza que é o conhecimento e a ciência, se coloca inteiramente a favor do projeto que destina a totalidade dos recursos oriundos da exploração do petróleo para educação”, afirmou a pró-reitora.

A arrecadação de Estados não produtores pode aumentar caso o Supremo Tribunal Federal (STF) decida acatar a decisão da maioria do Congresso Nacional durante a sessão que derrubou os vetos da presidenta Dilma Rousseff relacionados a nova lei. Se isso ocorrer, os valores repassados ao Amapá provenientes da partilha dos royalties podem chegar a R$ 13 milhões. Esses números podem aumentar ainda mais.

A pouco tempo foi descoberto a existência de petróleo na costa do Amapá. Com isso, em alguns anos, o Estado poderá torna-se produtor e o montante de recurso provenientes das compensações da exploração do petróleo podem chegar a aproximadamente R$ 500 milhões. Os primeiros lotes para exploração serão leiloados este mês no Rio de Janeiro. Algumas questões ainda precisam ser resolvidas para que o Amapá obtenha os dividendos da posse do petróleo.

O professor da Escola Municipal Maria Bernadeth, no bairro Zerão, Domingos Lima, acompanhou a assinatura do Projeto de Lei com otimismo e tem pressa. Para ele, a nova lei, se aplicada com seriedade, vai garantir a construção e reforma de escolas, valorização financeira dos profissionais de educação, capacitação continuada, entre outros benefícios. “Eu tenho um filho de seis anos no 1º ano do ensino fundamental. Espero que ele tenha uma vida escolar com mais qualidade do que a que tivemos”, disse o professor.

A matéria do Projeto de Lei segue para análise. O presidente da Câmara, vereador Acácio Favacho, sinalizou para a aprovação por unanimidade do Projeto.

Assessoria Especial da Reitoria

Fonte:

http://www.unifap.br/?postagem=4760


  • 0

O E-LEARNING COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA O TREINAMENTO E O DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS E ORGANIZAÇÕES

Category : Notícia

Patrícia Cunha Fernandes – Especialista em Marketing

No século XXI, a informação e o conhecimento se tornam cada vez mais importante para o mundo como um todo.

Hoje, um dos espaços onde a educação mais cresce é nas empresas, como uma ferramenta estratégica para desenvolver e ampliar o negócio. A Educação Corporativa se estabeleceu no mercado para atender a expectativa de vencer a concorrência com estratégias sustentáveis e econômicas. Os prazos para alcançar as metas organizacionais estão mais curtos, porque as transformações são quase instantâneas.

Este artigo pretende iniciar uma pesquisa sobre os impactos das novas tecnologias quando são aplicadas à educação. Neste caso, mais especificamente, a Educação Corporativa a Distância, um cenário onde assistimos o acelerado crescimento de cursos e-Learning por gerar excelentes resultados na gestão e no desenvolvimento de pessoas, e consequentemente, nas organizações em que elas trabalham.

Acesse o artigo na íntegra neste link.

Fonte:

http://www.abed.org.br/site/pt/midiateca/textos_ead/1100/http//www.abed.org.br/media/artigo_elearning.pdf

 


  • 0

1º Prêmio ABED / ADOBE de Conteúdos Educacionais Interativos para Tablets

Category : Notícia

Associação Brasileira de Educação a Distância – ABED ,e a ADOBE querem promover e premiar iniciativas de criação de materiais didáticos interativos e multimídia para tablets que estejam considerados dentro de um planejamento pedagógico e, que leve a um maior aprendizado dos objetivos pretendidos pelo currículo. Para isso criam o Prêmio ABED/ADOBE de Conteúdos Educacionais Interativos para Tablets.

A Educação a Distância tem papel fundamental em um país de dimensões continentais como o Brasil. Hoje a educação a distância nacional é reconhecida por sua excelência, se constituindo em ingrediente essencial da estratégia para levar educação, de todos os níveis, aos brasileiros e preparar esse país para os desafios do século XXI.

A educação a distância faz uso da tecnologia desde os seus primórdios. Seja o correio, o rádio, a televisão, o computador e agora os tablets, vários meios foram utilizados para romper as barreiras da distância física.

Os tablets são o maior fenômeno de vendas e adoção de todos os tempos, superando o DVD player, que ocupava a liderança anterior de velocidade de adoção e curva de crescimento. Em todo o mundo escolas, universidades e governos adotam o tablet em seus programas educacionais em níveis nunca observados antes com outra tecnologia de uso educacional.
Com o advento do tablet, uma nova categoria de publicações multimídia e interativa surgiu. O tablet traz um novo nível de interação e colaboração. Ele é tão intuitivo que bebês e animais, como gatos e chimpanzés, conseguem interagir com alguns programas sem instrução prévia. Desses fatores resultam sua grande adoção.

Porém,  toda tecnologia educacional ou material didático somente pode ser efetivo quando planejado em conjunto com todos os aspectos do currículo. A tecnologia deve estar a serviço do currículo para poder gerar um aprendizado significativo que tenha benefícios para o individuo e a comunidade que o cerca. A multimídia e a interatividade podem deixar um conteúdo mais interessante, porém, isoladamente, não garantem um aprendizado que seja de relevância ao individuo e a comunidade.

Face ao rápido crescimento da adoção de tablets pelas instituições de ensino, a Associação Brasileira de Educação a Distância – ABED ,e a ADOBE querem promover e premiar iniciativas de criação de materiais didáticos interativos e multimídia para tablets que estejam considerados dentro de um planejamento pedagógico e, que leve a um maior aprendizado dos objetivos pretendidos pelo currículo. Para isso criam o Prêmio ABED/ADOBE de Conteúdos Educacionais Interativos para Tablets.

Datas Principais:

Período de inscrição de 1 de março 2013 a 30 de junho 2013
Avaliação dos trabalhos pela comissão julgadora entre 1° julho e 26 de agosto 2013.

Divulgação dos resultados em 31 de agosto de 2013
Premiação em 9 de setembro de 2013 – Premiação no 19° CIAED  Congresso Internacional ABED de Educação a Distância em Salvador, Bahia.

Veja o regulamento no site: Regulamento Prêmio ABED Adobe

Inscrições: Faça sua inscrição aqui!

Dúvidas: premioabedadobe2013@abed.org.br ou abed@abed.org.br

A Comunidade Brasileira de EaD agradece a sua colaboração.

Fonte:

http://www.abed.org.br/site/pt/midiateca/noticias_ead/1097/http//www.abed.org.br/informe_digital/469.htm


  • 0

A EVASÃO ESCOLAR E O ENSINO A DISTÂNCIA

Category : Notícia

Rosângela Maluf

Introdução

Com o avanço das tecnologias interativas e seu impacto em todas as áreas da sociedade, o trabalho, o estudo e as relações interpessoais nunca mais foram os mesmos: alteraram-se as relações de tempo e espaço e encontramo-nos hoje, permanentemente conectados, todos em constante interação e interatividade. Somos igualmente participantes de um imenso cenário. Adotamos nova linguagem, observamos os novos hábitos que surgem e, inseguros, nos perguntamos, como assim?

No ambiente acadêmico, conviver com esse novo aluno, fruto desse novo tempo, não tem sido tarefa fácil. Como compreender essa nova realidade, essas necessidades e desejos tão diferenciados? Que novo aluno é esse? Como conseguir sua inserção no contexto cultural,  formá-lo, capacitá-lo e qualificá-lo de maneira adequada? Como mantê-lo interessado e motivado sem a presença física do professor e dos colegas de classe? Como estimular sua disciplina, seu compromisso com os objetivos traçados?

O ensino a distância vem oferecendo nova forma de aprendizado com resultados positivos amplamente comprovados. Nessa modalidade de ensino, a aprendizagem se dá sem nenhum tipo de barreira: o aluno escolhe o local (barreira física), o pagamento que melhor lhe convier (barreira econômica), o dia, o tempo e a hora (barreira temporal) para acessar o ambiente virtual ou sua “sala de aula” e lá encontrar seus colegas de curso, nos fóruns e chats.

Na modalidade à distância, a aprendizagem se dá no ambiente doméstico, no trabalho, numa sala de dentista ou no aeroporto, onde quer que esteja o aluno, verdadeiramente interessado, um mínimo de tecnologia disponível e tempo – o aprendizado dar-se-á. Entretanto por mais atraente que seja o ambiente virtual, por mais agradáveis e motivadoras que sejam as aulas, por mais divertido que seja o grupo de estudos e por mais atenciosa e entusiasta que seja a equipe de tutores, ainda assim, com todos os estímulos previamente considerados, encontraremos significativos percentuais de evasão e, no ensino a distância, isso muito nos preocupa!

Acesse o texto completo neste link.

Rosângela Maluf é Diretora de Ensino a Distância da Fundação de Educação para o Trabalho (UTRAMIG). É mestra em Administração de Empresas, pós-graduada em Gestão Estratégica de Marketing (PUC Minas), ex- diretora adjunta das Faculdades Pitágoras (Londrina-PR), coordenadora de cursos de graduação, professora de pós- graduação da Fundação Dom Cabral, Ibmec e Newton Paiva. Escreve artigos acadêmicos, poemas e contos.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros da Secretaria não refletem necessariamente a opinião do Observatório do Trabalho.

Fonte:

http://www.abed.org.br/site/pt/midiateca/textos_ead/1099/http//www.abed.org.br/media/textoevasao.pdf