Monthly Archives: outubro 2013

  • -

Programa seleciona duas bolsistas para pós-doutorado em ciências sociais e letras nos EUA

Category : Notícia

Foi publicado nesta sexta-feira, 25, o resultado final dos candidatos suplentes do Programa Capes/Fulbright – Estágio Pós-Doutoral nas Ciências Humanas, Ciências Sociais, Letras e Artes nos EUA. O programa tem como objetivo incrementar as pesquisas realizadas por recém-doutores no país nas Ciências Humanas, Ciências Sociais, Letras e Artes, e estreitar as relações bilaterais entre os dois países. Foram selecionadas duas bolsistas, Cristina Carvalho Pacheco, da cidade de Cabedelo, Paraíba, na área de ciências políticas e Aline Lorandi, da cidade de Bagé, Rio Grande do Sul, na área de linguística.

A duração da bolsa será de seis a nove meses, com início até dezembro de 2013 e incluiu mensalidade no valor de US$ 2.100, além de auxílio-instalação, auxílio-deslocamento e pagamento de eventuais taxas para acesso às instalações. Além disso, o governo americano oferece auxílio para despesas relativas à moradia, à alimentação e ao transporte local, auxílio para aquisição de livros e/ou computador e auxílio para participação em eventos acadêmico-científicos.

A iniciativa é fruto de mais uma parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Comissão para intercâmbio educacional entre os Estados Unidos e o Brasil, Fulbright.

 

FONTE:

http://www.capes.gov.br/


  • -

Mestrado em matemática terá matrícula até 15 de novembro

Category : Notícia

Os 1,5 mil professores de matemática da educação básica pública selecionados para a quarta edição do Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (Profmat) devem fazer a matrícula até 15 de novembro próximo. Caso haja desistências, os pré-selecionados que integram a lista de espera farão a matrícula de 16 de novembro a 15 de dezembro. As aulas terão início em 22 de fevereiro de 2014.

Concorreram às vagas do Profmat 16.662 professores em atividade na educação básica em municípios de todo o país. Dados da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), entidade que coordena o Profmat, mostram que na distribuição das vagas a região Sudeste aparece com o maior número (565), seguida pela região Nordeste (415). As regiões Sul e Centro-Oeste têm 190 vagas cada uma. A Norte, 140.

Entre as 59 instituições de educação superior públicas encarregadas da pós-graduação dos professores, duas do Nordeste destacam-se pelo número de inscritos. A Universidade Federal do Ceará (UFC) teve 924 candidatos a 30 vagas; a do Piauí, 657 concorrentes a 40 vagas. No Sudeste, a Universidade Federal do ABC (UFABC), com sede em Santo André, São Paulo, recebeu o maior número de inscritos — 434 para 40 vagas. Na região Norte, o destaque foi a Universidade Federal do Pará (UFPA), com 549 concorrentes a 20 vagas, conforme a tabela.

Em todo o país, o curso de mestrado profissional será ministrado em 79 polos de instituições de educação superior públicas, filiadas à Universidade Aberta do Brasil (UAB).

O Profmat é um programa de mestrado semipresencial, gratuito, de 24 meses de duração, desenvolvido em três períodos letivos por ano e um período intensivo nas férias de verão. A adoção desse formato visa a facilitar a vida dos cursistas, uma vez que a maioria combina o exercício da atividade docente com a pós-graduação.

Mais informações sobre o programa na página do Profmat na internet.

UAB
Criada em 2005, o sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) é um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária, por meio do uso da metodologia da educação a distância. O público em geral é atendido, mas os professores que atuam na educação básica têm prioridade de formação, seguidos dos dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica dos estados, municípios e do Distrito Federal. Hoje, o Sistema é coordenado pela Diretoria de Educação a Distância (DED) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
Pelo sistema UAB são ofertados os três primeiros mestrados no formato semipresencial do país: o Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (Profmat), criado em 2010; o Programa de Mestrado Profissional em Letras (Profletras) e o Programa de Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física – MNPEF (ProFis), lançados em 2013.

 

Fonte:

http://www.capes.gov.br/


  • -

I Fórum Nacional das Áreas do Sistema UAB.

Category : Notícia

Coordenadores de Curso e de Tutoria do Departamento de Educação a Distância (DEaD/UNIFAP), participam do I Fórum Nacional das Áreas do Sistema Universidade Aberta do Brasil. O evento teve início no dia 23/10 e prosseguiu até o dia 25 de outubro de 2013, realizado em Belo Horizonte – MG.
Em representação ao DEaD/UNIFAP, participaram do evento: o Coordenador do Curso de Administração Pública, Prof. Alexandre Galindo; o Coordenador de Tutoria do Curso de Educação Física, Prof. Sergio Melazzi; a Coordenadora de tutoria do Curso de Gestão em Saúde, Profa Rosana Oliveira e a Coordenadora de Tutoria do Curso de Matemática, Profa. Quele Daiane.
O evento é promovido pela Diretoria de Educação a Distância – DED/Capes, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e visa compartilhar as ações desenvolvidas entre os coordenadores de curso das 88 Instituições de ensino na oferta de cursos de graduação na modalidade de Educação a Distância, integrantes do Sistema Universidade Aberta do Brasil.
O Fórum tem por objetivo socializar informações para institucionalização da EAD, discutir temas estratégicos e articular a interação das áreas.


  • -

I Feira de Ciências e Engenharia do Estado do Amapá.

Category : Notícia

A CONSTRUÇÃO DOS SABERES AMAZÔNICOS NO MEIO DO MUNDO

Esta feira faz parte do circuito nacional de feiras científicas patrocinadas pelo CNPq.

A FECEAP objetiva promover o intercambio científico, entre alunos da educação básica do estado do Amapá e destes com outras regiões do país e estimulá-los à construção de novos saberes, promovendo o desenvolvimento da capacidade inventiva e investigativa na direção de novas soluções para o desenvolvimento sociocultural e ao mesmo tempo promova a interação entre escola e comunidade através de projetos científicos escolares que possam fomentar transformações sociais positivas.

LOCAL: Sambódromo
Dias: 23 a 25 de outubro de 2013
SALAS P1, P2 e P4.

CARGA HORÁRIA:

5H – Para os acadêmicos do curso que levarem alunos
2H – individual.

 


  • 0

Maioria dos alunos de EAD é mulher, tem até 30 anos e trabalha

Category : Notícia

Mulheres que trabalham e têm até 30 anos representam o perfil padrão entre os 5.772.466 alunos dos cursos a distância no Brasil. Essas informações fazem parte do Censo EAD BR 2012, divulgado no último dia 26 pela Abed (Associação Brasileira de Educação a Distância).

As alunas são a maioria (51%) nos cursos autorizados e livres (que não precisam de autorização do Ministério da Educação), perdendo apenas nos cursos corporativos (aqueles oferecidos por empresa aos seus funcionários), onde os homens estão em maior número.

EAD por gênero

Cursos Homens Mulheres
Autorizados 45% 55%
Livres 45% 55%
Corporativos 56% 44%
Por disciplina 49% 51%
  • Fonte: Censo EAD BR 2012

No entanto, outro dado chama atenção: entre 2011 e 2012, o número de homens entre os alunos de EAD cresceu mais do que o número de mulheres. Em 2011, os homens representavam 43% dos alunos de cursos autorizados e livres, e 52% nos corporativos, em 2011. Em 2012, esses números subiram para 45% e 56%, respectivamente.

Alunos mais novos

Segundo a pesquisa, a maioria dos estudantes tem entre 18 e 30 anos, tanto entre os cursos autorizados (50%), quanto nos cursos livres (59%). Apenas nos cursos corporativos os alunos com idade entre 31 e 40 anos são maioria.

“Tivemos uma mudança nesse perfil em relação aos anos anteriores. Antes, eram alunos mais maduros, já com alguma formação. Isso se deve, em parte, à medida do MEC que autorizou as instituições educacionais a desenvolverem 20% das disciplinas dos cursos presenciais, de nível superior, na modalidade a distância. Isso fez cair bastante a idade”, avalia Ivete Palange, coordenadora do Censo EAD BR.

O perfil do aluno de EAD traçado na pesquisa mostra ainda que a maioria dos estudantes, um total de 85%, divide o tempo entre os estudos e o trabalho. Para Ivete, isso explica, em parte, o aumento da oferta de cursos livres. Em 2010, 74,4% das matrículas de EAD foram feita em cursos livres, que também são os mais oferecidos. Do total de 9.376 cursos de EAD no Brasil em 2012, 7.520 (80,2%) eram livres.

Para o censo, a Abed ouviu 231 instituições de ensino e avaliou cursos autorizados, livres, corporativos e disciplinas de cursos presenciais que são executadas a distância. Cerca de 800 instituições foram convidadas para participar do levantamento.

Matrículas em EAD superam 5 mil

As universidades privadas concentram a maioria das matrículas. Nos cursos autorizados, foram 69,8% dos matriculados, contra 17,4% nas instituições públicas, e nos livres, 59,7%. “Devemos considerar que o número de universidades privadas é muito superior ao das públicas, assim como o de alunos, o que explica essa diferença”, diz Ivete.

Entre os cursos autorizados, a maioria dos oferecidos é de nível superior — 1.571 de um total de 1.856.

As áreas de ciências humanas e ciências sociais são as mais procuradas pelo estudante de EAD, sendo administração e gestão o curso mais oferecido pelas instituições que trabalham com ensino a distância, com 337 ao todo.

“Outro ponto que chama atenção é o aumento significativo de cursos de graduação tecnológicos nos últimos dois anos”, comenta Ivete.

Na graduação, o número de cursos tecnológicos oferecidos é de 191, e fica atrás apenas dos de licenciatura (205) e de pós-graduação lato sensu (825). Em relação ao número de matrículas em cursos autorizados em 2012, os tecnológicos (26%) ficam atrás apenas da licenciatura (30,8%).

Para o professor Henrique Heidtmann Neto, chefe do Centro de Graduação da Ebape/FGV e que coordena cursos de tecnologia, o aumento na oferta desses cursos responde a uma demanda. “Esses cursos são uma tendência. São cursos rápidos, com dois anos de duração, e que são mais objetivos em sua formação”, diz Neto.

“O tecnólogo é aquele estudante que está tentando otimizar seu tempo. Ele tem um perfil um pouco mais velho, tem família, trabalha mas não conseguiu concluir a graduação antes e retoma com esses cursos. Olhando os dados do Censo/IBGE 2010, por exemplo, você observa que caminhamos para uma sociedade mais velha, e para se manterem no mercado essas pessoas procuram algo rápido e complementar profissionalmente. Por isso é uma forte tendência”, completa o professor.

EAD no Censo da Educação Superior

Os dados do Censo EAD BR 2012 confirmam alguns números do Censo da Educação Superior 2012, divulgado pelo MEC em 17 de setembro. O levantamento apontou que, entre 2011 e 2012, as matrículas nos cursos a distância aumentaram 12,2% contra 3,1% nos presenciais. Assim, o EAD já representa mais de 15% do total de matrículas em graduação.

Dos estudantes matriculados no ensino superior a distância, 72% estudam em universidades e a maioria (40,4%) cursa licenciatura. Os que optaram por bacharelados são 32,3%, e por cursos tecnológicos, 27,3%.

Os dados completos do Censo da Educação Superior 2012 serão divulgados em outubro no site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas), responsável pelo levantamento.

 

FONTE:
www.educacao.uol.com.br
 


  • 0

Polos da UAB em Goiás oferecem curso de especialização em educação e direitos humanos

Category : Notícia

A Universidade Federal de Goiás (UFG) informa que estão abertas as inscrições para o curso de especialização em Educação para Diversidade e Cidadania (Direitos Humanos), oferecido por meio do sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). São 210 vagas, distribuídas nos polos de Alexânia, Aparecida de Goiânia, Cezarina, Inhumas, Jussara, Uruaçu e Uruana, com 30 vagas por polo. As inscrições podem ser realizadas por meio do link até o dia 11 de outubro.

A formação é aberta a todos os interessados portadores de diploma de ensino superior. Profissionais da educação da rede pública terão prioridade na seleção, mas 25% das vagas são abertas a profissionais com outros tipos de formação.

Os encontros presenciais ocorrerão a cada dois meses e serão realizados às sextas-feiras no período noturno e aos sábados no período matutino e vespertino. O curso será realizado de novembro de 2013 a maio de 2015. O Resultado Preliminar da seleção será publicado na página do CIAR no dia 25 de outubro de 2013.

Mais informações podem ser obtidas com a Coordenação do Núcleo de Direitos Humanos, pelo e-mail duvidasedhc2013@gmail.com ou pelo telefone (62) 3209-6022.

Acesse o edital da seleção.

UAB
Criada em 2005, o sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) é um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária, por meio do uso da metodologia da educação a distância. O público em geral é atendido, mas os professores que atuam na educação básica têm prioridade de formação, seguidos dos dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica dos estados, municípios e do Distrito Federal. Hoje, o Sistema é coordenado pela Diretoria de Educação a Distância (DED) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Pelo sistema UAB são ofertados os três primeiros mestrados no formato semipresencial do país: o Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (Profmat), criado em 2010; o Programa de Mestrado Profissional em Letras (Profletras) e o Programa de Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física – MNPEF (ProFis), lançados em 2013.

Saiba mais sobre Universidade Aberta do Brasil.

Fonte:
www.uab.capes.gov.br/