LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO RECEBE NOVOS COMPUTADORES

20170602_103728

(Leandra Rodrigues)

 

O laboratório de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto-CLGEOSEN, pertencente ao colegiado de Geografia da Universidade Federal do Amapá-UNIFAP, recebeu trinta (30) novos computadores, as quais irão renovar sua estrutura.

A aquisição dos equipamentos foi organizada pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), com o apoio de sua Assessoria (ASSNTI) e as instalações de equipamentos pela sua Divisão de Manutenção e Suporte (DMSuport).

O Técnico de laboratório Eduardo Queiroz, responsável pelo Laboratório de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto, acredita que os novos computadores proporcionarão um maior rendimento e fortalecimento nas pesquisas desenvolvidas na área de geoprocessamento do colegiado. “Os computadores mais robustos suportam melhor os softwares e os processamentos de imagens de satélite, resultando em produtos de qualidade e maior rendimento no aprendizado dos discentes, fortalecendo o ensino e a pesquisa na área de geoprocessamento do Curso de Geografia, disse Eduardo.

Já para o acadêmico Tino Marcos Silva, os novos computadores oferecem um sistema mais atualizado com capacidade de auxiliá-los em suas atividades, fazendo com que se tenha um aprendizado satisfatório. “Nem todos tinham programas atualizados e agora ficaram mais acessíveis, temos mais conforto e se tornou melhor para trabalhar, isso nos ajuda muito em termos um ótimo aprendizado”, afirmou Tino.

20170602_103801

AMPLIAÇÃO DE ESTRUTURA DE DADOS DA UNIFAP ULTRAPASSA OS 50%

5668DBA7-695F-4B2C-8A13-678210E50DCE

(Leandra Rodrigues)

Visando atender deficiências encontradas nos diversos cursos da UNIFAP, que influenciam negativamente nos resultados das avaliações do MEC, o qual, dentre outros, também avalia o quesito infraestrutura, o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) elaborou um projeto audacioso, com finalidade de renovar toda a estrutura de dados da UNIFAP, que contavam com infraestrutura de dados antiga, deficiente e em alguns ambientes, inexistente.

Para atender estas necessidades, a UNIFAP contratou empresa especializada em implantação de estrutura de dados e desde a assinatura do contrato, que ocorreu em 2015, recebemos nova estrutura em mais de 50% dos 75 ambientes mapeados, os quais são voltados para docentes, técnicos administrativos e acadêmicos. Em 2015 o percentual de atendimento ficou em 9,33%, em 2016 ficou em 24,17% e só em 2017, até o mês de maio, foram concluídos 18,33%.

Matéria 50_

A equipe do NTI, como a responsável pelo projeto, sente-se muito contente em poder contribuir com o crescimento da Universidade, mesmo diante de um cenário pouco favorável para implantação de novos sistemas, visto que, sofremos com cortes no orçamento.

Completo

PRÉDIO DO CURSO DE HISTÓRIA TEM ESTRUTURA DE DADOS RENOVADO.

20170411_085040

Leandra Rodrigues

Esta foi a vez do curso de História ganhar nova estrutura de dados, recebendo pontos cabeados e sem fio para possibilitar o acesso de Discentes e Docentes à internet. Com a finalidade de suprir parte das necessidades do curso, o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) disponibilizou 2 pontos de acesso a Rede WI-FI EDUROAM e 28 pontos de Rede cabeados, distribuídos em todas as dependências do Bloco S, que possui três (3) Salas de Aula, cinco (5) Gabinetes de Professores e uma (1) Sala de Reunião.

O NTI coletou requisitos, elaborou o Projeto de Rede e fiscalizou a execução do serviço, realizado por empresa contratada. O Analista de Tecnologia da Informação, Richardson Salomão, explica o que motivou execução do serviço. “O bloco ‘S’ não possuía rede de dados, impossibilitando o acesso de Discentes e Docentes à Internet.”, afirmou Richardson.

Segundo o Vice-Coordenador de História, Professor Edinaldo Pinheiro Nunes, a partir de agora os docentes/pesquisadores terão maior facilidade para se conectar à internet e poder manter contato diário com o mundo acadêmico. “De agora em diante os docentes e pesquisadores do colegiado de história terão maior facilidade para se conectar à internet e usá-la conforme a sua necessidade acadêmica, além de ter a internet como instrumento e ferramenta de pesquisa e aprendizagem, poderão socializar o conhecimento científico produzido na Universidade”, disse Edinaldo.

Para o acadêmico de História, Raimundo dos Santos, o acesso à internet é um instrumento que possibilita ao estudante obter as informações de forma mais ágil. “A internet é uma ferramenta que democratiza o conhecimento, possibilitando aos estudantes ter informações sobre diferentes lugares, ter acesso à produção acadêmica de outras instituições de forma rápida e instantânea”, afirmou Raimundo.

Já para o acadêmico Erison Alfaia Barbosa, o acesso à internet é essencial, pois facilita os estudos. “A internet hoje é fundamental na vida de qualquer acadêmico, visto que facilita muito a busca de textos em sites e revistas eletrônicas, além do mais, nos deixa por dentro dos acontecimentos do mundo”, disse Erison.

“Esses novos pontos de acesso vão enriquecer o aprendizado em sala de aula, tornando a vida dos estudantes de história mais fácil, além disso, o próprio professor vai ter como fazer pesquisas durante a aula, via internet, em caso de dúvidas, visto que muitas vezes temos que recorrer a alguns vídeos ou filmes”, ressalta Erison.

PRÉDIO DO PPGBio TEM SUA ESTRUTURA DE DADOS AMPLIADA

20170411_084858

(Leandra Rodrigues)

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) ampliou a estrutura de dados no prédio do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Tropical- PPGBio, que atualmente abriga 2 salas de aula, 1 laboratório de informática, sala da coordenação do curso e 1 sala para pesquisadores.

O NTI atuou nas etapas de Coleta de Requisitos, Elaboração de Projetos de Redes e Fiscalização dos Serviços, que foram executados por empresa contratada. O Analista de Tecnologia da Informação Richardson Salomão, Fiscal Técnico do Contrato, explica que o prédio do PPGBio possuía infraestrutura de redes, porém insuficiente para as demandas do curso. “No bloco já existia infraestrutura de dados, porém com poucos pontos de rede, necessitando ser ampliada e conectada em novo Ponto de Presença do NTI (POP-NTI), recém configurado no bloco L”, disse Richardson.

Para suprir as necessidades do curso de Pós-Graduação em Biodiversidade Tropical, foram disponibilizados 65 novos pontos cabeados e 3 pontos de acesso WI-FI EDUROAM.

Segundo o Vice-Coordenador do PPGBio, José Julio, a nova estrutura de dados vem proporcionar aos estudantes maior flexibilidade ao acesso à internet, além de acelerar procedimentos que demandam de uma boa internet. “Acreditamos que a nova estrutura venha proporcionar maior rapidez e agilizar o acesso à Internet, essencial para o funcionamento do PPGBio, considerando as tarefas administrativas, de ensino e de pesquisa. Com a nova estrutura em funcionamento, os estudantes terão acesso rápido à internet através de seus notebooks, o que facilitará a realização de pesquisas e utilização de ferramentas online”, disse José.

Para a aluna de Pós-Graduação, Edith Clemente, o acesso à internet será de suma importância para auxiliar em suas pesquisas e produções de artigos. “O acesso à internet nos possibilita ter uma produção mais ágil em nossas pesquisas, além de facilitar a procura por outros artigos e, principalmente, a flexibilidade nos dados para a minha pesquisa. Nossa comunicação também com os professores será melhor, pois na maioria das vezes nossa comunicação é feita por email”, afirmou Edith.

NTI PROMOVE OFICINA PARA APOIAR OPERACIONALIZAÇÃO DE MÓDULOS DO SIPAC

WhatsApp Image 2017-03-24 at 18.00.05

(Leandra Rodrigues)

O Módulo de Orçamento foi um dos primeiros módulos do Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos (SIPAC) a ser implantado na Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) e é essencial para o funcionamento pleno de demais módulos, como Compras, Contratos, Patrimônio, Almoxarifado, etc. Através do módulo SIPAC/Orçamento a Universidade poderá realizar a gestão da alocação orçamentária, de empenhos e de aquisições da instituição. Como a UNIFAP não possui orçamento descentralizado, houve dificuldade em operacionalizar o módulo em 2016.

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), como responsável pela implantação do sistema, promoveu um encontro, com apoio presencial de um especialista em SIPAC, colaborador da empresa SIG Software & Consultoria, para troca de informações no sentido de esclarecer dúvidas da comissão no que diz respeito ao funcionamento do SIPAC/Orçamento e seu relacionamento com demais módulos. O encontro aconteceu durante os dias 13 à 17 de Março, onde os membros da comissão estiveram reunidos para demonstração de funcionalidades e realização de diversas simulações. O objetivo é preparar a Comissão para iniciar a gestão do orçamento da Universidade, ainda em 2017, pelo Módulo SIPAC/Orçamento, e avançar com os estudos necessários para a alocação orçamentária descentralizada em 2018 para algumas unidades, a serem definidas pela Pró-Reitoria de Planejamento (PROPLAN).

O Analista da SIG Software & Consultoria, Lívio Cesar de Lima Caldas, fala da importância do funcionamento do Módulo de Orçamento para a Instituição, sendo considerado o principal Módulo do sistema. “Nossa prioridade é colocar o Módulo de Orçamento, considerado o ‘coração do sistema’, para funcionar, possibilitando com isso o uso de outros módulos por parte dos setores da Universidade. Sendo ele o principal Módulo do sistema, a partir de seu funcionamento tudo fluirá da melhor forma possível na organização, de Requisições e Planejamento de Compras à Liquidações e Processos de Pagamento”.

“Um dos benefícios do Módulo é o acesso à informação de forma rápida, transparente e disponível a qualquer momento. Outro fator importante é que o fluxo do sistema já é definido, ou seja, o trabalho de diversos setores da Universidade será padronizado, o que tende a facilitar os trâmites, resultando em agilidade.”, disse Lívio César.

A Diretora do Departamento de Gestão-DGO, Aldery da Silva Mendonça, destaca os benefícios que o Módulo de Orçamento irá trazer para o departamento. “Dentre as vantagens do funcionamento do módulo está a possibilidade de descentralização da alocação orçamentária para Pró-Reitorias e Departamentos Acadêmicos, que passam a ter seu próprio Orçamento e poderão disparar sua execução.

Segundo a diretora do DGO, a princípio os trabalhos do departamento continuarão seguindo a rotina de uso do orçamento centralizado. “Estamos quase concluíndo o primeiro trimestre e ficaria muito complicado fazer essa descentralização agora, então no momento em que o Módulo entrar em uso de fato, manteremos a rotina atual, ou seja, o DGO permanece emitindo a disponibilidade orçamentária. Então, a partir de 2018 de fato começa a funcionar com a descentralização”, afirma Aldery.

WhatsApp Image 2017-03-24 at 18.00.38

 

 

WhatsApp Image 2017-03-24 at 18.02.37

UNIFAP RECEBE NOVOS APARELHOS DE VIDEOCONFERÊNCIA.

20170223_165429[1]

Leandra Rodrigues

A Universidade Federal do Amapá-UNIFAP, por meio de Emenda Parlamentar oriunda do Senador João Alberto Capiberibe (PSB/AP), adquiriu equipamentos de Videoconferência para os Campi Marco Zero e Binacional. Esta tecnologia permite transmissão de imagem e som entre os interlocutores, via internet, o que facilitará a comunicação entre os campi da UNIFAP e com outras instituições. Com os 04 kits de Videoconferência adquiridos a UNIFAP poderá ter uma melhor interação com outras universidades e principalmente com o Campus Binacional, haja vista que irá facilitar a participação do Campus nas reuniões da universidade, sem a necessidade de deslocamento, pois há uma grande dificuldade na vinda dos servidores e discentes para Macapá, tanto pelo percurso quanto pelas despesas que a Universidade tem com ambos, o que se torna um custo muito alto para a instituição. Outro fator positivo será a participação de docentes da UNIFAP em defesa de TCC em outros estados, sem precisar se deslocar de Macapá.

Dos 04 kits adquiridos, 02 já estão em funcionamento, no Departamento de Pesquisa e Departamento de Pós-Graduação. Outos 02 estão em processo de instalação e em breve estarão disponíveis para uso no auditório do Conselho Superior e no Campus Binacional.

O Núcleo de Tecnologia da Informação- NTI elaborou o termo de referência que auxiliou na aquisição dos equipamentos e participou do treinamento dos administradores do serviço .

O pró-reitor de Planejamento, Allan Jasper explica que a sala de Videoconferência é um projeto fundamental para o desenvolvimento da Pós-Graduação no estado. “O Senador João Capiberibe, chancelou e destinou a Emenda especificamente para fazer as salas de VídeoConferência para desenvolver a Pós- Graduação no estado do Amapá, visto que temos uma carência de doutores e de programas de Pós-Graduação. A idéia era que pudéssemos fazer inclusive aulas em formato à distância, o que iria diminuir os custos desses cursos de Pós- Graduação, os quais muitos deles temos que arcar com todas as despesas da vinda de profissionais de outros estados”, afirmou Allan.

Segundo Luiz Fernando, responsável pelas transmissões do Departamento de Pesquisa, com a sala de vídeo conferência haverá uma interação maior entre o Campus Oiapoque e outras instituições. “Vai facilitar muito as reuniões entre o Campus Oiapoque e outras instituições, além da participação dos docentes da UNIFAP em defesas de TCC em outras cidades sem a necessidade de deslocamento, fazendo com que a instituição tenha gastos com passagens e diárias. A sala de Videoconferência nos trouxe grandes benefícios, principalmente para os professores”, afirmou Luiz.

Já para Eric Almeida, Assistente Administrativo do Departamento de Pós-Graduação – DPG, essa nova ferramenta será primordial tanto para o departamento de Pós-Graduação quanto para o doutorado da instituição. “Esse novo aparelho vai nos permitir uma maior qualidade para a realização de reuniões, bancas de dissertações, bancas de teses ou para qualquer outro setor da UNIFAP que solicite usar o aparelho de vídeo conferência”, diz Eric.

“Aqui nós temos muitos programas em rede como o Bio Norte, os Dinter, Mestrado profissional em Matemática, Mestrado profissional em História que muitas vezes precisávamos chamar profissionais de outras instituições para participarem de uma banca, então tínhamos que arcar com todas as despesas e os custos era muito alto, a partir de agora basta que a outra instituição também possua o aparelho para que tenhamos essa conexão com mais facilidade”, ressalta Eric.

[caption id="attachment_2536" align="aligncenter" width="640"]20170223_170005[1] UNIFAP recebe novos aparelhos de Videoconferência[/caption]

LABORATÓRIOS DO DCET RECEBEM NOVOS COMPUTADORES

WhatsApp Image 2017-02-20 at 16.33.01

(Leandra Rodrigues)

A Divisão de Manutenção e Suporte (DMSuport), divisão integrante do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), instalou novos computadores em um dos prédios do Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas (DCET), onde funcionam atualmente os cursos de Engenharia Elétrica, Ciência da Computação e Arquitetura e Urbanismo. A aquisição dos equipamentos foi dividia em 2 etapas, onde na primeira etapa foram adquiridos 119 computadores e depois mais 22, chegando em um total de 141 computadores.

O NTI organizou os procedimentos de aquisição dos equipamentos e a DMSuport providenciou a montagem e instalação dos novos computadores nos laboratórios.
Segundo o Coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo (CAU), José Marcelo Martins Medeiros, a implantação desses novos equipamentos é de suma importância para o curso. “Serão instalados softwares que auxiliarão diretamente em várias disciplinas como o software autocad na disciplina Informática CAD 2D e projeto, o software Arcgis na disciplina Informática SIG, o software SketchUp na disciplina CAD 3D, e o software MindWalk na disciplina Urbanismo, entre outros. O laboratório de informática nesse sentido vai ajudar bastante o estudante do CAU na sua formação acadêmica”. José também ressalta que “Os professores poderão utilizar o laboratório para ensinar novas técnicas, pesquisar vídeos, pesquisar novos softwares, e também fomentar a pesquisa. Os alunos poderão, mediante agendamento, utilizar o laboratório para fazer pesquisas on-line e concluir os seus trabalhos acadêmicos”.

Para o acadêmico de Engenharia Elétrica, William dos Santos, os novos equipamentos lhes serão de grande valor, principalmente nas aulas práticas do curso. “As aulas práticas dos cursos de Engenharia Elétrica e de Ciência da Computação serão bem mais desenvolvidas, o que é de extrema importância para a nossa preparação para o mercado de trabalho”, disse William.

Já para o acadêmico do Curso de Ciências da Computação, Anderson Guerra, o acesso a esses novos computadores vai facilitar bastante nas aulas práticas, o que antes não era possível devido a falta de computadores. “Nosso rendimento em disciplinas práticas e na aplicação de teorias melhorará bastante, pois muita teoria só passa a fazer sentido quando aplicada realmente”, afirmou Anderson.

[caption id="attachment_2518" align="aligncenter" width="640"]imagem 1 Equipe do DMSUPORT/NTI instala novos computadores no prédio do DCET[/caption]
imagem 2

 

 

LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA RECEBE NOVOS COMPUTADORES

Imagem1

(Leandra Rodrigues)

A Divisão de Manutenção e Suporte (DMSuport), divisão integrante do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), instalou no laboratório de Matemática (Bloco P Sala 4) 25 novos computadores. Os novos equipamentos vieram para reestruturar o antigo laboratório, já que existia grande necessidade de renovação neste ambiente.

O NTI organizou os procedimentos de aquisição dos equipamentos e a DMSuport providenciou a reestruturação, montagem e instalação dos novos computadores no laboratório. “O laboratório de Matemática foi uma etapa inicial, onde foram feitas todas as instalações e entregue à coordenação do curso”, disse o Técnico de Tecnologia da Informação Helano Ataíde dos Santos.

Segundo a coordenadora do Laboratório, Elifaleth Rego Sabino, a implantação desses novos equipamentos é de suma importância para o curso de Matemática. “Os professores poderão usá-los como instrumento de apoio às disciplinas e nos conteúdos durante suas aulas, quanto aos alunos, eles poderão fazer suas pesquisas, adquirindo novos conhecimentos, facilitando assim o ensino-aprendizagem”, afirmou Elifaleth.

“Com o Laboratório sendo reestruturado com novos computadores, nossa perspectiva a partir de agora será em desenvolver novos projetos na área de educação da matemática que envolva a comunidade acadêmica. Outros cursos continuarão usando o Laboratório de Recursos Audiovisual da Matemática. E claro, outros eventos que o curso de Matemática venha a oferecer”, ressalta a coordenadora.

Para o discente de Matemática, Eraldo Pacheco da Silva, o recebimento desses equipamentos é fundamental tanto para o desenvolvimento do aprendizado dos alunos quanto para reconhecimento do curso, visto que numa possível avaliação do Curso pelo MEC, fortalecerá mais o colegiado de exatas até então pouco procurado pelos alunos. E quando há uma procura maior, no meio do curso, na maioria das vezes, o aluno acaba desistindo devido a falta de equipamentos. As aulas inclusive se tornam desestimulantes. E a chegada de equipamentos novos de informática é muito bem-vinda para o curso, disse Eraldo.

FORNECIMENTO DE ESTRUTURA DE DADOS A PRÉDIOS DA UNIFAP.

Sem_t_tulo

Mês de referência: Jan/2017.

O Núcleo de Tecnologia da Informação – NTI, através de contrato com empresa especializada, amplia a rede de dados nos prédios da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, levando acesso à internet a seus acadêmicos, professores e técnicos. Até o momento já beneficiou 25 prédios, contando com os blocos de salas de aula do curso de Farmácia e Laboratórios de Análises Clínicas, concluídos recentemente.

Confira a quantidade de pontos já instalados em prédios da UNIFAP:

Jan/2017

NOVOS AMBIENTES DA UNIFAP ESTÃO RECEBENDO REDE DE DADOS.

Imagem2
(Leandra Rodrigues)
 

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) esta conectando o novo bloco de Farmácia à rede de dados da UNIFAP e implantando estrutura de dados no Laboratório de Telessaúde (Bloco de Enfermagem).

Estão sendo finalizados os serviços de implantação de novos pontos de acesso em dois blocos distintos, o primeiro abriga 06 salas de aula e pertence ao curso de Farmácia, e o segundo, que abriga laboratórios e salas de aula, pertence ao curso de Enfermagem.

O NTI realizou a elaboração do projeto de rede e fiscaliza o serviço que tem previsão para conclusão no dia 03/02/2017. O Analista de Tecnologia da Informação Richardson Salomão explica que, para suprir as necessidades dos novos prédios e suas dependências, foram instalados 56 novos pontos lógicos cabeados e 4 pontos de Wi-Fi.

Segundo o bolsista do RUTE, Atos Rodrigues Campos, essa nova rede de dados será de grande importância, visto que a principal finalidade do RUTE é a realização de videoconferência, e como tal recurso exige uma boa conexão via internet, essa nova rede será fundamental para nossos serviços, ressaltou Atos.

“A instalação desses novos pontos de acesso vem somar com a finalidade do RUTE, onde as videoconferências necessitam de variados pontos de acesso, que permitam o funcionamento do equipamento de videoconferência e de outros dispositivos eletrônicos(computadores, notebooks, etc)”,afirmou Atos.

Para o monitor do projeto Telessaúde, Paulo Victor das Neves, essa nova estrutura vai melhora bastante o acesso dos acadêmicos e dos docentes que utilizam o ambiente para a produção de trabalhos para a instituição. Outro ponto positivo com a instalação dessa nova rede de dados será a divulgação para outros cursos, visto que poucos alunos têm conhecimento do projeto, disse Paulo.

Imagem3

Imagem1