COLÓQUIO INTERNACIONAL Université de Guyane 14 e 15 de novembro de 2019

 

                                            

EDITAL

As reações internacionais após o anúncio do projeto de Bolsonaro de vincular o Ministério do Meio Ambiente ao Ministério da Agricultura lembraram a que ponto a Amazônia era um objeto de controvérsia, um patrimônio ambiental cobiçado e fantasiado. Esse debate traz à luz as tensões entre duas percepções: o direito à organização e à exploração de um espaço soberano, e a vontade de preservar a qualquer custa o « pulmão do planeta ». No caso da Guiana, é o controvertido projeto da Montanha de ouro que cristaliza esses debates em escala nacional.

EDIATAL tradução COLLOQUE INTERNATIONAL

Processo eleitoral do Colegiado do Curso de Licenciatura em Letras Português–Francês do Campus Binacional

De acordo com o Art. 12º. Os candidatos devem compor chapas e registrá-las, junto a um membro da Comissão Eleitoral, que estará efetuando registro das chapas na Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras, localizada no Campus Binacional da UNIFAP, no horário de 15hrs as 18hrs, mediante requerimento, conforme o anexo I deste edital, assinado pelo candidato ao cargo de Coordenador (a), nos dias 22/03/2019 a 26/03/2019.

Chapa inscrita para Coordenador do Curso de Licenciatura em Letras Português-Francês do Campus Binacional.

 

Candidato Coordenador: MAX SILVA DO ESPÍRITO SANTO – SIAPE: 1619531

Vice Coordenadora: FABÍOLA DO SOCORRO FIGUEREDO OS REIS – SIAPE: 2388155

Edital – Eleição Coordenador de Letras2019 OK

Odair José Dos Santos Jeanjacque é o primeiro indígena graduado em Bacharelado em Enfermagem no Campus Binacional de Oiapoque – UNIFAP

Odair José Dos Santos Jeanjacque, 27 anos, indígena da etnia Galibi kali’na. Foi o primeiro indígena graduado Bacharel em Enfermagem no Campus Binacional de Oiapoque Universidade Federal do Amapá. Natural da Aldeia Galibi, saiu para dar continuidade aos seus estudos na cidade de Oiapoque aos 10 anos, concluiu seu Ensino Médio no ano de 2009 e no ano seguinte começou sua jornada na área da saúde iniciando o curso técnico em enfermagem, e no mesmo ano passou no curso Licenciatura Intercultural Indígena pela Universidade Federal do Amapá, porém, sempre mostrou interesse na área da saúde. No ano de 2014 passou no vestibular para a primeira turma de enfermagem do Campus Binacional.

Segundo Odair José o início das atividades acadêmicas foram marcadas por muitas dificuldades, porém, conseguiu superar as dificuldades. Relatou ainda que sempre objetivou fortalecer a saúde indígena, sendo que sua vida enquanto acadêmico sempre participou de projetos de extensão, ações palestras e atividades voltadas a saúde para as comunidades indígenas. Sempre foi referência dentro da universidade entre seus professores por dispor de amplo conhecimento sobe a saúde indígena da região, e ser muito comunicativo e proativo. Concluiu sua graduação no ano de 2018, com o Trabalho de Conclusão de Curso intitulado “A ATUAÇÃO DOS ENFERMEIROS NA ATENÇÃO DA SAÚDE INDÍGENA SOBRE A ÓTICA DA TEORIA TRANSCULTURAL” que foi orientado pela professora Ana Paula Martins Mendes.

Jovem liderança atuante defendendo o direito dos povos indígenas Odair José foi conselheiro local de saúde indígena com atuação em nível local, estadual e nacional, buscando melhorias as etnias. Atuou como voluntário na CASAI Oiapoque (Casa da Saúde Indígena) prestando assistência dentro das aldeias. Sempre demonstrou que seu interesse é trabalhar com os indígenas já graduado, o Enfermeiro almeja uma vaga para trabalhar com os povos indígenas no Amapá e Norte do Pará, por isso, está concorrendo a uma vaga no processo seletivo. Odair José já iniciou um curso de especialização em saúde indígena, sendo que seu objetivo é ampliar ainda mais seu conhecimento, com o mestrado e posteriormente doutorado voltado à saúde indígena.

Edital e regimento eleitoral do Curso de Licenciatura em Letras

A Comissão Eleitoral, constituída na reunião de Colegiado do Curso de Licenciatura em Letras,no dia 20de fevereiro de 2019, com o objetivo de organizar o processo para eleição de Coordenador(a) e Vice-coordenador (a) do Curso de Letras torna público o presente Edital e Regimento Eleitoral, convocando as referidas eleições para o biênio 2019-2021, conforme Artigo 88 do Regimento Geral da Universidade Federal do Amapá.

Edital – Eleição Coordenador de Letras2019 OK

Biblioteca Binacional da Universidade Federal do Amapá encerra a campanha de suspensão solidária de carnaval

Nesta sexta- feira 15/03/2019, servidores e bolsistas da Biblioteca Binacional da Universidade Federal do Amapá, encerraram a campanha de suspensão solidária de carnaval, realizando a doação de alimentos, a comunidade acadêmica teve a oportunidade de retirar suspensões, ajudar o próximo e devolver livros a biblioteca da universidade.

As doações somaram mais de 100 itens para cesta básica, o que aponta resultados positivos pelos servidores e acadêmicos. Na foto Dona Dória recebe os alimentos em sua residência e agradece aos servidores e a universidade pela campanha.

NOTA DE CONDOLÊNCIAS SERVIDOR ARNALDO JOSÉ BALLARINI

É com pesar que comunicamos o falecimento do servidor Arnaldo José Ballarini,  Professor do curso de Bacharelado em Enfermagem do Campus Binacional – Oiapoque, ocorrido nessa sexta-feira, dia 08 de março de 2019, aos 63 anos de vida. Professor Ballarini, como era conhecido por seus colegas e alunos, ingressou na UNIFAP em 09 de outubro de 2013 e desde então se dedicou ao Curso de Enfermagem e ao Campus Binacional.

A Administração e seus servidores se solidarizam com a dor dos familiares, amigos e dos que com ele conviveram na esfera profissional e pessoal, rendendo homenagens ao trabalho por ele realizado em toda a sua carreira.

LUTO OFICIAL – Os segmentos docente e técnico-administrativo da UNIFAP sofreram importantes perdas de servidores queridos nos últimos meses. A consternação que nos invade no dia de hoje como anteriormente, manifesta-se em todos os campi, onde a memória e legado destes bravos e dedicados servidores vive. Diante dessas perdas, cabe-nos interpretar o sentimento de toda a nossa comunidade, determinando a observância de Luto Oficial de três dias na UNIFAP.

A Reitoria

 

Por: Cleide do Socorro Moraes de Azevedo – 1126189 – 08/03/2019

Nota de pesar pela Morte do Professor Arnaldo José Ballarini

É com bastante pesar que recebemos a notícia do falecimento de Arnaldo José Ballarini Professor do Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Amapá/UNIFAP-CAMPUS BINACIONAL DE OIAPOQUE.

Pesar é o sentimento de tristeza que nos abate neste momento decorrente do falecimento do amigo, companheiro, parceiro e servidor desta IFES.

Não há palavras para expressar os nossos sentimentos. Rogamos a Deus que conforte o coração de seus familiares e amigos neste momento de dor e deixamos nossas mais sinceras condolências por esta inestimável perda.

2° Encontro Científico de Religiosidades Afro-ameríndias na Amazônia Amapaense.

O CEPRES/UNIFAP e o Grupo de Estudos de Religiões de Matriz Africana na Amazônia (GERMAA/UEPA) realizam, nos dias 12 e 13 de Março, o 2° Encontro Científico de Religiosidades Afro-ameríndias na Amazônia Amapaense.

O Centro de Estudos Políticos, Religião e Sociedade (CEPRES/UNIFAP) e o Grupo de Estudos de Religiões de Matriz Africana na Amazônia (GERMAA/UEPA) realizam, nos dias 12 e 13 de Março, o 2° Encontro Científico de Religiosidades Afro-ameríndias na Amazônia Amapaense em parceria com o Ilê Axé Dára Obá Keleju com lançamento de livro, palestra, roda de conversa e exposição de indumentárias e pinturas africanas em Macapá.

Abertura contará com a palestra “Ética nas Religiões de Matriz Africana”, às 09h do dia 12/03 no auditório do curso de Enfermagem da UNIFAP, com a Prof. Dra. Taissa Tavernard de Luca da Universidade Estadual do Pará (UEPA). A partir das 11h será o lançamento do livro “Expressões Religiosas de um Mundo Plural” dos autores Marcus Vinicius Freitas Reis, Diego Omar da Silveira e Fábio Py, também no auditório de Enfermagem (UNIFAP).

A partir das 14h, no Museu de Arqueologia e Etnologia do Amapá, será abertura da exposição de indumentárias (instalação) e pinturas africanas, intitulada: “Os Deuses Africanos e os processos civilizatórios”, em homenagem aos 34 anos de candomblé no Amapá, dos artistas Valter de Ogum e J. Sebastian Ligeiro.

No dia 13, a roda de conversa ocorrerá no Ilê Axé Dára Obá Keleju, na Av. Goiabal – 744, no bairro Goiabal, Zona Oeste de Macapá. A programação acontecerá com afrorreligiosos com o tema: “Intolerância Religiosa” a partir das 16h com a participação do Prof. Dr. Roberto Morais (UNIFAP), Mãe Lilian e representante do Ministério Público. Com a facilitadora Antropóloga Profa. Dra. Taissa Tavernard de Luca e Babalorixá Robson Melo.

Apoio: Universidade Federal do Amapá, Universidade Estadual do Pará, Movimento Juventude de Terreiros do Amapá, Centro de Estudos Políticos, Religião e Sociedade/Unifap, Grupo de Estudos de Religiões de Matriz Africana na Amazônia/UEPA, Observatório da Democracia e dos Direitos Humanos da UNIFAP,  Núcleo de direitos humanos e cidadania brasileira do curso jurídico da UNIFAP (NDHCB) e Ilê Axé Dára Obá Keleju.

 

Assessoria da Reitoria da Unifap – assessoria@unifap.br