0

EDITAL Nº. 038/2017 – DERCA/UNIFAP

CONVOCAÇÃO PARA A MATRÍCULA DOS CANDIDATOS CLASSIFICADOS NO PROCESSO SELETIVO PARA O INGRESSO NO CURSO DE LICENCIATURA INTERCULTURAL INDÍGENA

A Diretora do Departamento de Registro e Controle Acadêmico da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, em conformidade com o Edital de Seleção Nº. 017/2017- PSI/UNIFAP – CONVOCA para habilitação e matrícula os candidatos classificados no Processo Seletivo para Ingresso no Curso de Licenciatura Intercultural Indígena, conforme resultado definitivo publicado em https://depsec.unifap.br/index.php?c=psi17.
1. Para Habilitação e matrícula o candidato classificado deverá comparecer a Divisão de Registro e Controle Acadêmico – DIRCA/Campus Binacional, no município de Oiapoque, localizado na BR 156, Km 01, nº 3051, Bairro Universidade e no Departamento de Registro e Controle Acadêmico-DERCA/UNIFAP, Campus Marco Zero do Equador, no período de 18 a 21/12/2017, no horário de 08h30min as 11h30min e das 14h30min as 17h30min.
2. Os candidatos classificados deverão apresentar originais e fotocópia dos seguintes documentos:
a. Declaração de Pertencimento à Comunidade Indígena (conforme ANEXO I do Edital n.º 017/2017 – PSI/ UNIFAP);
b. Cédula de Identidade;
c. CPF;
d. Certificado ou Atestado de conclusão do Curso de Ensino Médio, expedido pelo órgão competente;
e. Histórico Escolar do Ensino Médio;
f. Registro Administrativo de Nascimento de Índio-RANI, expedido pela FUNAI;
g. Comprovante de endereço (com data anterior máxima de 90 dias);
h. Procuração com firma reconhecida, no caso de matrícula efetuada por terceiros;
2.1. O candidato deverá, ainda, trazer um classificador transparente com elástico e 01 (uma) foto 3×4.
2.2. O candidato que não apresentar a Comprovação de Pertencimento à Comunidade Indígena, no ato da matrícula, será eliminado do Processo Seletivo, conforme previsão constante do item 8.5 do Edital Nº 017/2017 – PSI/ UNIFAP.
3. O candidato classificado que, por qualquer motivo, não efetuar sua habilitação no prazo estabelecido por este Edital, perderá o direito à vaga e será substituído pelo candidato imediatamente subsequente na lista de classificação, conforme distribuição por etnia, não podendo por isso, pleitear matrícula, ainda que existam vagas.
4. Não havendo mais candidato classificado da mesma etnia, que por qualquer motivo não tenha efetuado a matrícula, a vaga irá para o próximo classificado da lista geral.
5. As vagas resultantes da não efetivação da matrícula de candidatos classificados serão preenchidas até o limite estabelecido por este Edital por candidatos classificáveis, na estrita ordem decrescente da lista de classificação, cuja relação será publicada através de Edital, pelo DERCA, conforme subitem 8.3 do item 08, do Edital supramencionado.

 

EDITAL Nº 038_2017- PS LICENCIATURA INTERCULTURAL INDÍGENA – 2018

“Acadêmicos do 8º Semestre do curso de Pedagogia encerram as atividades de Estágio na Comunidade de Vila Vitória”

Grupo de Acadêmicos, Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, Participantes e Parceiros

Grupo de Acadêmicos, Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, Participantes e Parceiros

Denominado de Grupo Verde, os acadêmicos do 8º período do Curso de Pedagogia, Turma 2014.1, da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, Campus Binacional de Oiapoque, todos regularmente matriculados na disciplina de Estágio Supervisionado em Ambientes não Escolares, realizaram uma atividade intervencionista sobre Saúde e Meio Ambiente na Comunidade de Vila Vitória, município de Oiapoque, Amapá, como requisito obrigatório das horas de estágio.

O Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, orientador do estágio supervisionado, explicou que essa atividade, faz parte do Plano de Ação, construído pelos acadêmicos ao logo do cumprimento das horas de estágio, totalizando 120h obrigatórias.

O Plano de Ação, ora finalizado, só foi possível graças à parceria entre UNIFAP e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a SEMMAM, sob responsabilidade dos senhores Oscar Gislael e Lindomar Cabral, respectivamente Secretário Municipal e Coordenador da Educação Ambiental, bem como a dedicação irrestrita dos acadêmicos, através de um esforço coletivo e colaborativo que culminou no sucesso da ação, esclarece o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos.

A Comunidade de Vila Vitória, prestigiou intensamente, as atividades significativas sobre Saúde e Meio Ambiente desenvolvidas pelos acadêmicos, bem como pode interagir, mediados por todos e todas, nas oficinas e dinâmicas, tudo com o objetivo central de sensibilizar a comunidade sobre a importância da coleta e armazenamento adequado dos resíduos sólidos, explica o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos.

Outra preocupação emergente dos acadêmicos, que motivou a elaboração do Plano de Ação ora desenvolvido, explica o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, foi a possibilidade de proporcionar à comunidade também, informações científicas a respeito dos impactos ocasionados nos recursos naturais, por meio dos resíduos sólidos não coletados do Meio Ambiente. A conscientização desses danos pode minimizar os riscos à saúde, por exemplo, a médio e longo prazos, finaliza o professor.

VIII encontro do Programa de pós-graduação em biodiversidade tropical – PPGBIO com o tema: Biodiversidade X Conservação

IMG-20171203-WA0021  IMG-20171203-WA0073  IMG-20171203-WA0017  IMG-20171203-WA0040

Os discentes e Docentes, do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do campus binacional de Oiapoque participaram do VIII encontro do Programa de pós-graduação em biodiversidade tropical – PPGBIO com o tema: Biodiversidade X Conservação, realizada na EMBRAPA, na cidade de Macapá no período de 29/11 à 01/12/2017. Os discentes apresentaram 09 trabalhos na modalidade Pôster, e a Docente Dra. Luísa (Colegiado de Enfermagem do binacional) também apresentaram nesta modalidade, os postes foram  exibidos gradual e individualmente durante os três dias de evento, o Docente Dr. Hilton Aguiar realizou apresentação oral, e a discente Vívian Rosana teve duas fotografias concorrendo no concurso de fotos. O campus Oiapoque obteve premiações em todas as categorias em que concorreu. O discente Adelilson Rodrigues ganhou o 2 lugar na categoria Apresentação em Pôster,  o Docente Dr. Hilton Aguiar foi premiado com o 1 lugar na categoria  apresentação oral e, a discente Vívian Rosana recebeu o 1 lugar com a melhor foto na categoria de votação popular. Os discentes do curso de ciências biológicas apresentam um agradecimento especial a coordenação do curso de Ciências biológicas, a todos os docentes do curso que incentivaram e auxiliam em seus projetos, aos discentes que se deslocaram até Macapá para participar do evento pelo segundo ano e, a Direção Geral do Campus pelo empenho e dedicação.

IMG-20171203-WA0004  IMG-20171203-WA0005  IMG-20171203-WA0008  IMG-20171203-WA0014

Vívian Rosana da Silva (96) 99904-5063

Boletim de urna da eleição do Conselho do Campus Binacional

20171129_091536

O Presidente da Mesa da Seção única – Laboratório de Pedagogia, válida o resultado final da Mesa de Apuração, conforme registrado em ata que foi lavrada e lida aos presentes, no dia 29/11/2017, às 20h25min, que é o seguinte:

Seção Única:

Votos Válidos: 86

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Total de Votos: 86

 

Resultado da apuração dos votos Válidos:

DOCENTES: Total geral de votos válidos – 50

Otávio Luis  Siqueira Couto 23 Votos

Francisco Diego Barros Barata 17 Votos

Ademar Alves dos Santos 05 Votos

Daniele Cristine Silva Barreto 05 Votos

TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS: Total geral de votos válidos – 15

Paulo Rossi da Silva Pimenta 15 Votos

DISCENTES: Total geral de votos válidos – 21

Cleuton Pinto Miranda 12 Votos

Elizete Pinheiro dos Santos 07 Votos

Vivian Rosana da Silva 02 Votos

 

Tiago Vieira Araújo

Presidente da Mesa da Seção Única

Cerimônia de Posse dos novos membros da LADOC

IMG-20171201-WA0009

A Liga Acadêmica de Doenças Crônicas (LADOC) da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), tem a honra em convidar a Comunidade Acadêmica para participar da Cerimônia de Posse dos novos membros da LADOC, a ser realizada no dia 02 de dezembro de 2017 às 19horas no Auditório do Colares. Contamos com a sua presença neste evento.

IMG-20171201-WA0010

Atenciosamente,

Comissão Organizadora da Liga Acadêmica de doenças Crônicas – LADOC

EDITAL Nº 03/2017 – COPEA- CHAMADA PÚBLICA Uso do Laboratório de Pesquisa do Campus Binacional de Oiapoque para apoio a projetos de iniciação científica e extensão.

A Direção do Campus Binacional de Oiapoque e a Coordenação de Pesquisa, Extensão e Ações Comunitárias – COPEA tornam público o lançamento do Edital de Apoio a projetos de iniciação científica e extensão. Este edital está focado na alocação de horários no laboratório de Pesquisa (atualmente chamado laboratório de formigas) do Campus Binacional para projetos de iniciação científica e extensão coordenados por docentes do quadro de professores efetivos deste Campus. O presente edital tem por objetivo geral a seleção de propostas de uso para o laboratório pelos diferentes projetos desenvolvidos na UNIFAP – CAMPUS BINACIONAL. Como objetivos específicos constam no anexo:

edital 03-2017 COPEA

ANEXO I – Formulário de Inscrição

ANEXO-II-PLANILHA-DE-PONTUAÇÃO

Palestra motivacional fecha as atividades de Estágio Supervisionado em Gestão e Coordenação Pedagógica da Turma 2014.2 do Curso de Pedagogia

Grupo de Acadêmicas e o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos

Grupo de Acadêmicas e o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos

A segunda ação interdisciplinar, vinculada à disciplina de Estágio Supervisionado em Gestão e Coordenação Pedagógica, Turma 2014.2, do 7º Semestre do Curso de Pedagogia, da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, Campus Binacional de Oiapoque, foi desenvolvida com muito sucesso, no dia 25/11/2017, numa manhã agradável, na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Profª Maria Leopoldina Amaral Rodrigues”, pelas acadêmicas Cristiane Caripuna Gomes, Maelen Cristina Azevedo dos Santos, Mayara da Silva Oliveira, Silvana Lima Beserra e Vanessa da Silva Rigor Santos.

A ação, de acordo com o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, Orientador de Estágio, só foi possível graças ao envolvimento e compromisso das acadêmicas nas orientações em grupo, durante todo o semestre (2017.2). O Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, ressalta ainda, que tal ação, fez parte de um Plano de Ação construído a partir das demandas observadas na escola estagiada e que o mesmo está diretamente relacionado às ações gestoras, campo de atuação desse estágio que ora se encerra. Tal demanda trabalhada nesta ação, foi uma abordagem motivacional junto ao corpo docente da escola, denominada “As relações interpessoais no ambiente de trabalho”.

Destacando a importância das parcerias nos trabalhos, o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, informou que as acadêmicas contaram com a participação especial do Prof. Esp. Mário Teixeira dos S. Neto, do Colegiado do Curso de Pedagogia, também do Campus Binacional.

Essa aproximação entre a Universidade e a escola pública deve acontecer constantemente, diz o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, e completou, ainda, que é na e para a escola pública que o curso de Pedagogia deve se concentrar, ressignificando práticas e possibilitando a reflexão da mesma.

VICE DIRETORA DO CAMPUS BINACIONAL DO OIAPOQUE PARTICIPARÁ DE REUNIÕES EM BRASÍLIA

A professora Cilene Campetela vice-diretora do Campus Binacional participará de reunião junto a subcomissão especial da Câmara dos Deputados que está tratando da situação dos Campi do interior. Será entregue a referida subcomissão o relatório sobre o diagnóstico, consolidação e expansão do Campus. De acordo com o professor Otávio Landim, “atualmente se fortalece um coletivo constituído por 115 diretores de Campi do interior (Universidades e Institutos Federais). A união de forças visa garantir os recursos necessários para manutenção e expansão das atividades acadêmicas e administrativas nos Campi do interior.

A vice-diretora estará na comitiva composta por diretores representantes de instituições das diferentes regiões do Brasil. A referida comitiva terá uma reunião com o Ministro da Educação Mendonça Filho onde será enfatizado a necessidade de se garantir os recursos necessários para a manutenção e consolidação dos Campi do interior. A seguir é a descrita a agenda da vice-diretora em Brasília.

27/11/2017 (Segunda-feira) – Deslocamento Macapá / Brasília

28/11/2017 (Terça-feira) – Participação de reunião na subcomissão

29/11/2017 (Quarta-feira) – Participação de reunião com o Ministro da Educação

30/11/2017 (Quinta-feira) – Deslocamento Brasília / Macapá

Os valores financeiros da viagem foram custeados com verba específica pertencente a reitoria da Universidade Federal do Amapá sendo que as passagens aéreas custaram R$ 1.826,80 e foram disponibilizadas diárias que totalizam R$ 336,20.

Acadêmicos do Curso de Pedagogia realizam ação interdisciplinar na Vila Velha de Cassiporé

grupobrancoOs acadêmicos do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, do Campus Binacional de Oiapoque, realizaram nesta última sexta-feira, dia 17.11.17, uma ação interdisciplinar, na Comunidade de Vila Velha de Cassiporé, localizada, aproximadamente, a 150 quilômetros do nosso município e tal atividade, faz parte do Plano de Ação previsto na disciplina Estágio Supervisionado em Ambientes não Escolares, em que estão devidamente matriculados.
O grupo de acadêmicos que desenvolveram a ação, fazem parte da Turma 2014.1 e estão no 8º período do curso de Pedagogia, a saber: Aline Bastos Oliveira, Anderson da Silva Forte, Benervaldo Pinto Marques, Flaviany da Silva Lima, Francisco de Lima Pereira, Meggy Mariana Saraiva Vilela, Mislene Azevedo dos Santos, Patrícia da Conceição Oliveira e Raimunda Pereira Queiroz. Os acadêmicos, como já informado, estão matriculados na disciplina Estágio Supervisionado em Ambientes não Escolares, sob orientação do Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos.
Os estagiários desenvolveram as atividades previamente planejadas e aprovadas no Plano de Ação da disciplina, contando com a participação dos munícipes daquela comunidade, principalmente com a criançada.
Importante ressalva feita pelo Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, é que toda a ação foi operacionalizada na Assembleia de Deus da comunidade, por possuir um palco adequado e que atenderia à demanda dos acadêmicos. A parceria com a igreja Assembleia de Deus só foi possível graças ao empenho da missionária, sra Erivânia Batista Barros, a qual nos apoiou incondicionalmente.
O Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, informou ainda, que os acadêmicos visitaram as casas dos moradores, convidando-os pessoalmente a participarem das atividades planejadas e foram muito bem recepcionados. Nesse percurso ainda, foram feitas visitas às escolas da Vila Velha de Cassiporé, uma estadual e outra municipal. Espaços educacionais bem organizados e preparados, na medida do possível, para atender às demandas daquela comunidade. Os gestores, professores, funcionários, pais e alunos dessas escolas estão de parabéns.
Foi uma sexta-feira muito esperada pelos moradores e que contou, também, com o suporte da Secretaria Municipal do Meio Ambiente do município de Oiapoque – SEMMAM, com total apoio dos senhores Oscar Gislael Vieira Silva e Lindomar Cabral Rodrigues, Secretário Municipal do Meio Ambiente e Coordenador da área da Educação Ambiental, respectivamente.
A participação da comunidade de Vila Velha do Cassiporé nas atividades e ações educativas com a temática da Educação Ambiental foi muito positiva. Os munícipes presentes, puderam interagir com os acadêmicos do curso de Pedagogia, responsáveis pelo Plano de Ação, de forma participativa e colaborativa, durante todas as atividades.
As principais ações previstas e desenvolvidas foram: palestra educativa sobre o descarte do lixo doméstico, teatro lúdico com cantigas temáticas, dinâmicas criativas e interativas, roda de conversa e oficina com materiais recicláveis. Todas as atividades objetivavam sensibilizar e chamar a atenção dos presentes para que assumamos de fato, o compromisso em preservar nosso meio ambiente. Moramos nele. Precisamos dele. Somos e estamos nele!
Ao final das atividades, de acordo com o Prof. Dr. Ademar Alves dos Santos, o grupo de acadêmicos foram conhecer e prestigiar os preparativos da 3ª festa da Melancia, um evento muito esperado pela comunidade e que aconteceria naquele final de semana. Em uma roda de conversa, os unifapianos ficaram sabendo que neste ano, a safra de melancia poderia render mais de 180 toneladas e que muitas famílias iriam ser beneficiadas com essa safra.

EDITAL Nº 02/2017/COPEA/DICRI/UNIFAP, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2017

A Coordenação de Pesquisa, Extensão e Ações Comunitárias – COPEA, por meio da Divisão de Cooperação e Relações Interinstitucionais – DICRI da Universidade Federal do Amapá – Campus Binacional de Oiapoque torna público o presente edital para inscrição e seleção de docentes e acadêmicos da instituição com objetivo de ofertar minicursos em línguas estrangeiras. O presente Edital tem como objetivo fortalecer o uso de línguas estrangeiras em atividades acadêmicas no Campus Binacional de Oiapoque. Haverá a oferta de 2 (dois) minicursos, contudo, poderão ser admitidas mais propostas de acordo com a conveniência e oportunidade, devendo-se, os cursos apresentarem os seguintes requisitos:

a) Ter 6 horas divididas em 2 (dois) dias, sendo 3 horas ministradas em cada dia;

b) Ser ministrado totalmente em outro idioma;

c) Apresentar previamente material didático mínimo (ementa, texto base) no idioma que será ministrado o minicurso;

d) O minicurso deverá ser realizado a partir de 05 de fevereiro de 2018 até a data limite de 30 de abril de 2018.

ANEXO-I-PLANILHA-DE-PONTUAÇÃO-EDITAL-Nº-02_2017

edital 02_2017_COPEA_DICRI_UNIFAP_BINACIONAL