Perfil Acadêmico

O licenciando em Letras deve capacitar-se para leitura, observação e compreensão da realidade social; formar-se para ensinar, estudar e pesquisar a LM e LE em sua modalidade oral e escrita, suas heterogeneidades; podendo, ainda, vir a conhecer línguas presentes no Estado, tais como as indígenas e variantes da Língua Portuguesa e Língua Brasileira de Sinais.

É necessário que esse licenciado, ao entrar o mercado de trabalho, crie mecanismos dinâmicos de facilitação do conhecimento e atenda às especificidades do processo ensino-aprendizagem de LM e LE e de Literatura. Seja capaz ainda, de produzir e analisar textos literários e não- literários, habilitando-se para estimular o raciocínio lógico e a criticidade. Pode, ainda, investigar e apresentar dados que demonstrem a realidade lingüístico-literária amapaense. Essa formação envolve o domínio de recursos materiais e tecnológicos; interdisciplinaridade e transdisciplinaridade como subsídios para a pesquisa e para a ampliação do conhecimento.