0

Pesquisadores mapeiam o uso ilegal de recursos naturais em áreas protegidas da Amazônia brasileira

O uso ilegal de recursos naturais mina a biodiversidade dentro das áreas de proteção da Amazônia brasileira – densidade populacional humana dentro de 50km foi uma variável chave que influenciou 27 tipos de atividades ilegais

O aluno de doutorado do PPGBIO, Érico Kauano, juntamente com seus orientadores, Fernanda Michalski e José Maria C. Silva, publicaram recentemente um artigo na revista open access PeerJ usando dados de infrações coletados de 2010 a 2015 para entender a distribuição geográfica do uso ilegal de recursos naturais em toda a rede de áreas protegidas da região. No estudo, um total de 4.243 infrações por uso ilegal de recursos naturais foram avaliadas e mapeadas. Essas infrações geraram $ 224,6 milhões de dólares em multas. Em geral, foram encontrados 27 tipos de uso ilegal de recursos naturais. A maior parte foi relacionada à supressão e degradação da vegetação (37,36%), seguida de pesca ilegal (27,34%) e atividades de caça (18,15%).

Mapa: Atividades ilegais em áreas protegidas na Amazônia brasileira.
Mapa E Kauano PeerJ
Para ampliar a imagem clique sobre ela.

Para acessar a notícia completa clique aqui
Para acessar o artigo completo clique aqui 

josetoledo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*