Alunos da UNIFAP participam de Paralimpiadas Universitarias 2021 em São Paulo

Alunos da UNIFAP participam de Paralimpiadas Universitarias 2021 em São Paulo

No mês em que se comemora o dia do Atleta Paralimpíco, os 17 atletas Amapaenses mostraram que não há limites para os sonhos no atletismo.  

As Paralimpíadas de Tóquio foram históricas para a delegação brasileira. O Brasil conquistou 22 medalhas de ouro, uma a mais do que em Londres 2012, o que significou a sétima colocação no quadro de medalhas. Além disso, os atletas brasileiros igualaram a marca de 72 pódios da Rio 2016, o que caracterizou a melhor participação do país nos Jogos.

No entanto, o paradesporto não terminou com a Cerimônia de Encerramento. Agora, no mês de setembro, uma das principais competições nacionais aconteceu na semana passada: as Paralimpíadas Universitárias 2021

A competição, que havia sido cancelada ano passado devido ao pico da pandemia, retornou entre os dias 16 e 19 deste mês, no Centro de Treinamento Paralímpico em São Paulo. Organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o evento reuniu atletas que não praticam o paradesporto profissionalmente, e outros que são até medalhistas paralímpicos.

A edição 2021 da Paralimpíada Universitária foi realizada entre os dias 16 e 19 da semana passada e reuniu 382 atletas de 27 estados brasileiros, mais o Distrito Federal, que disputaram pódios em sete modalidades: atletismo, basquete 3×3, bocha, judô, natação, parabadminton e tênis de mesa. 

“Momento em que a paratleta Amapaense Yndiraima competia na Paralimpíadas Universitárias 2021. Foto/Imagem: @portalalynekaiser” 

Representando 180 instituições de ensino superior do país, a UNIFAP também não ficou de fora dessa disputa. A delegação Amapaense foi composta por 17 alunos da UNIFAPUEAP e IFAP. A UNIFAP ficou em 3° Lugar dentre as 180 instituições e obteve um total de 13 medalhas, graças ao talento e esforço dos competidores Unifapianos.

Foram 8 medalhas de ouro, 2 de prata e 3 de bronze, sendo os atletas: a acadêmica do Curso de Geografia, Segilma Miranda, que trouxe 2 medalhas de Bronze na categoria Peso; Yndiraima Cunha, do Curso de Direito, com 3 medalhas de Ouro nas categorias Disco, Dardo e Peso; Cristian Lorran, também do Curso de Direito, com 3 medalhas de Ouro nos 100m, 400m e 1500m; Alice Caroline, do Curso de História, conquistou uma medalha de Bronze na categoria Disco e uma de Ouro na categoria Dardo; a acadêmica Joana Brilhante, do Curso de Educação Física, conquistou 3 medalhas, sendo elas uma de Ouro no Disco, uma de Prata no Dardo e uma de Bronze no Peso; E finalizando o nosso quadro de medalhistas, tivemos Edson Saraiva, do Curso de História, com Bronze no Dardo. 

“Trazendo duas medalhas para casa, a acadêmica de História, Alice, agora também fez sua própria história dentro do curso. Imagem/Foto: @portalalynekaiser” 

A UNIFAP também mandou três servidores para acompanhar os nossos atletas: Crecencio Neto, Gerson Gurjão e Dilson Belfort.

O objetivo das Paralimpíadas Universitárias é estimular a participação dos estudantes universitários com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as Instituições de Ensino Superior (IES) do território nacional, promovendo ampla mobilização em torno do esporte.

 

Colaboração de texto: Izabele Pereira (Bolsista de Extensão do Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021)


ATENÇÃO – As informações, as fotos, imagens e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021.

 

 

 Acesse as Redes Sociais Oficias da TV e Rádio UNIFAP:  
·         Facebook: https://www.facebook.com/96.9fm 
·         Instagram: https://www.instagram.com/radiounifapoficial/
·         WebRádio: https://estacao.radio.br/radiounifap96/webapp/