CLII realiza Assembleia de Avaliação do Ensino Remoto

CLII realiza Assembleia de Avaliação do Ensino Remoto

 

 

Assembleia reune colegiado, discentes e comunidade indígena para debater sobre a etapa remota deste semestre 

Acontece hoje, dia 18, a assembleia de avaliação da etapa remota do Curso de Licenciatura  Intercultural – CLII da Universidade Federal do Amapá: acadêmicos, docentes, comunidades e lideranças indígenas podem participar. A Assembleia será realizada através do Google Meet, às 18h, e vai avaliar o ensino remoto do CLII junto com alunos do curso.

O Curso de Licenciatura Intercultural Indígena -CLII atua na formação de professores indígenas no Amapá e norte do Pará, enquanto licenciatura específica para professores indígenas, amparado na Constituição Federal, garantindo o direito de sua organização, de sua manifestação linguística e cultural e de seu modo de viver segundo os seus próprios projetos societários. 

“A etapa remota e as atividades de forma remota são um desafio para toda a universidade. E no caso da licenciatura indígena, nós temos barreiras ainda maiores, porque a maior parte dos acadêmicos estão nas aldeias. Essas aldeias têm pouco ou nenhum acesso a internet, o que fez com que nós do CLII tivéssemos que pensar em atividades, tanto as síncronas quanto assíncronas. São uma série de questões que certamente contribuem para que o ensino seja de uma maneira muito precarizada, dada todo esse contexto que a gente estava vivenciando. Então, vamos fazer essa Assembleia  para poder avaliar essa etapa, com o processo de consulta junto com os acadêmicos, os professores e as comunidades indígenas”, comenta a Prof. Dr. Elissandra Barros, Vice-Coordenadora  do Curso de Licenciatura  Intercultural Indígena.

O Curso de Licenciatura Intercultural Indígena – CLII da Universidade Federal do Amapá foi implementado no ano de 2007 com o nome de Curso de Educação Escolar Indígena – CEEI, criado a partir da demanda dos Povos Indígenas do Amapá e Norte do Pará para atender a formação no Ensino Superior de professores indígenas e alcançar os povos do Oiapoque e os povos do Parque do Tumucumaque. O CLII atua na formação de professores indígenas no Ensino Superior, os preparando para atender as demandas das escolas indígenas. Atualmente o CLII habilita professores indígenas para atuar nas escolas indígenas, no ensino fundamental e ensino médio da educação básica. 

Acompanhe a assembleia através do Google Meet no link, a partir 18h: https://meet.google.com/agu-ppqc-nhk

Canal do YouTube CLII-UNIFAP:

https://www.youtube.com/channel/UCtceesmFEs-5D5PKF3176kw/featured

Colaboração de texto: Maison Brito Pereira (Bolsista de Extensão do Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021)


ATENÇÃO – As informações, as fotos, imagens e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021.

 

 Acesse as Redes Sociais Oficias da TV e Rádio UNIFAP:  
·         Facebook: https://www.facebook.com/96.9fm 
·         Instagram: https://www.instagram.com/radiounifapoficial/
·         WebRádio: https://estacao.radio.br/radiounifap96/webapp/