SESC realiza curso online para refletir sobre HIV/Aids

SESC realiza curso online para refletir sobre HIV/Aids

 

 

O curso conta um ciclo de seis aulas, pensando a história da epidemia e como ela reverberou nas artes.

De 22 a 27 de novembro, o SESC São Paulo, através do Centro de Pesquisa e Formação, promove o curso Existe uma ética bixa? Discursos artísticos e teóricos sobre HIV/AIDS, que aborda a história da epidemia e seus desdobramentos no Brasil. O curso também visa discutir sobre obras de arte da TV, cinema e performance realizadas até agora sobre essa questão. As inscrições podem se realizadas até o dia 18 de novembro, com o valor de R$ 70, a inteira e R$ 35 a meia para estudantes. Os encontros serão realizados através da plataforma Teams.

Na década de 80, a comunidade LGBT sofreu um grande golpe. No mundo todo, uma epidemia do vírus HIV matou muitos LGBTs e alterou significativamente as organizações políticas do movimento – dando luz à novas urgências e demandas, sobretudo porque, na mesma época, os governos das chamadas “potências” eram regidos pelos conservadores Margareth Tatcher e Ronald Reagan. A síndrome trouxe de novo um estigma para a comunidade, agora vista como portadora e transmissora de uma doença incurável, à época chamada de “câncer gay”.

O surgimento da AIDS se configurou como uma enorme rasura, que fez retroceder o potencial questionador e libertador da revolução sexual e suas conquistas no campo cultural, alcançados até aquele momento.

As consequências dessa crise são sentidas até hoje. 40 anos depois da epidemia, o curso propõe a seguinte provocação: quais foram as consequências do HIV/AIDS para a comunidade LGBT? De que maneira foram e são representadas as pessoas que vivem com HIV nas obras de arte? Como podemos traçar estratégias em conjunto para nos emanciparmos dos estereótipos negativos?

Itinerário do curso

  • 22/11 — Descolonizando o HIV: Pensando a história brasileira da epidemia sob perspectivas interseccionais — Com Ali Prando e Ronaldo Serruya;
  • 23/11 — História do HIV/AIDS no Brasil — Com Carolina Iara. Mediação: Ali Prando;
  • 24/11 — A quem serve o drama das representações do HIV/AIDS na televisão e cinema — Com Fabiano Freitas.   Mediação: Ali Prando.
  • 25/11 — A morte invertida e o estigma da AIDS — Com Maria Sil. Mediação: Ali Prando;
  • 26/11 — A cena pós coquetel: A performance brasileira da AIDS — Com Franco Fonseca. Mediação: Ali Prando;
  • 27/11 — Existe acolhimento para a dor? Reflexões sobre HIV/AIDS na educação — Com Vinicius Couto.  Mediação: Ali Prando.

Os encontros virtuais não serão gravados, e não terão seus registros disponibilizados para visualização posterior. As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de novembro, no site do Centro de Pesquisa e Formação do SESC. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Serviço:

Quando? 22/11/2021 a 27/11/2021, 15h às 17h.

Local? Curso 100% online, pela Plataforma Microsoft Teams

Valores?

R$ 21,00 credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes.

R$ 35,00 pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante.

R$ 70,00 inteira.

Inscrições? até o dia 18/11.  Inscreva-se aqui.

 

Colaboração de texto: Maison Brito Pereira (Bolsista de Extensão do Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021)


ATENÇÃO – As informações, as fotos, imagens e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021.

 

 Acesse as Redes Sociais Oficias da TV e Rádio UNIFAP:  
·         Facebook: https://www.facebook.com/96.9fm 
·         Instagram: https://www.instagram.com/radiounifapoficial/
·         WebRádio: https://estacao.radio.br/radiounifap96/webapp/