Estágio Curricular Supervisionado

Em atendimento a Resolução nº 02/2010 – CONSU/UNIFAP, que regulamenta o Estágio Supervisionado no âmbito da UNIFAP, considera-se Estágio Curricular Supervisionado o conjunto de atividades acadêmicas relativas à docência e à gestão escolar, específicas, programadas, coordenadas, orientadas, supervisionadas e avaliadas, as quais possibilitem ao discente conhecer  a  realidade  da  Educação  Escolar  Indígena,  intervir  e  contribuir  na  construção coletiva de processos próprios de ensino e aprendizagem, bem como nas propostas de Educação Escolar Intercultural Indígena para os projetos de bem viver de seu povo/aldeia/comunidade e/ou Terra Indígena.

O Estágio Supervisionado visa à preparação para a atuação profissional e integralização da formação do professor indígena através de atividades pedagógicas específicas e interculturais orientadas, que possibilitem a compreensão da complexidade institucional das práticas escolares e não escolares. O Estágio Curricular Supervisionado tem como princípios metodológicos a interculturalidade e a transversalidade dos Núcleos propostos neste PPC, fortalecendo a atuação do professor/a pesquisador/a indígena. Estes Núcleos refletem a prática da valorização identitária e cultural dos povos indígenas, a relação dialógica dos diversos espaços escolares indígenas e os diferentes contextos sociais nos quais estão inseridos.

Os objetivos do Estágio Curricular Supervisionado estão pautados em proporcionar aos discentes  o  envolvimento  com  a  Educação  Escolar  Indígena,  a  partir  da  realização  de atividades relativas à docência e à gestão escolar; conhecer a realidade da Educação Escolar Indígena e seus desafios nos contextos nacional, estadual, regional  e local, com vistas a compreender o campo de atuação profissional do professor indígena; contribuir para a formação  de  professores/as  pesquisadores/as  indígenas  capazes  de  atuar  na  docência,  na gestão escolar e no desenvolvimento de estudos temáticos e metodologias didático- pedagógicas que visem à promoção do ensino-aprendizagem e de uma Educação Escolar Intercultural autônoma e oportunizar a realização e a construção de relações educativas que envolvam  a  UNIFAP,  os  docentes  e  discentes  do  CLII,  as  comunidades  indígenas  e  suas escolas, para o efetivo exercício da prática docente.

O Estágio Curricular Supervisionado está organizado em Estágio Supervisionado I e Estágio Supervisionado II, e contempla a carga horária de 420 (quatrocentos e vinte) horas, conforme preconiza o Regulamento de Estágio do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena (APÊNDICE II). O Estágio Curricular Supervisionado compreende a seguinte estrutura organizacional:

Estágio Curricular Supervisionado I: a) Observação e caracterização do espaço do Estágio Supervisionado I, equivalente a 20 (vinte) horas; b) Observação, análise e acompanhamento dos processos de ensino no espaço do Estágio Supervisionado I, equivalente a 30 (trinta) horas; c) Disciplina de Estágio Supervisionado I, equivalente a 60 (sessenta) horas; d) Planejamento da prática docente, do Estágio Supervisionado I, equivalente a 40 (trinta) horas; e) Prática docente no ensino do Estágio Supervisionado I, equivalente a 40 (trinta) horas; f). Relatório Final do Estágio Supervisionado I, equivalente a 40 (quarenta) horas.

Estágio Curricular Supervisionado II: a) Observação e caracterização do espaço do Estágio Supervisionado II, equivalente a 20 (vinte) horas; b) Observação, análise e acompanhamento dos processos de ensino no espaço do Estágio Supervisionado II, equivalente a 30 (trinta) horas;  c)  Disciplina  de  Estágio  Supervisionado  II,  equivalente  a  60  (sessenta)  horas;  d) Planejamento da prática docente, do Estágio Supervisionado II, equivalente a 40 (trinta) horas; e) Prática docente no ensino do Estágio Supervisionado II, equivalente a 40 (trinta) horas; f) Relatório Final do Estágio Supervisionado II, equivalente a 40 (quarenta) horas.

A estrutura Organizacional do Estágio Curricular Supervisionado visa à promoção da vivência integral da realidade escolar, são previstas participações em outras atividades como reuniões de planejamento, de avaliação e de desenvolvimento, plantões pedagógicos, reuniões de professores, reuniões comunitárias, assembleias das organizações indígenas, entre outras atividades, realizadas nos diferentes contextos escolares indígenas. Com vistas à promover a interlocução entre o Curso e as Instituições concedentes do Estágio, serão organizadas ações colaborativas, que poderão dar subsídios para possíveis atualizações nas práticas do Estágio Curricular.

A coordenação das atividades de estágio será realizada por 01 (um/uma) coordenador/a indicado pelo Colegiado do Curso entre os docentes em atividade. A orientação do Estágio Curricular Supervisionado ficará sob a responsabilidade de discentes orientadores/as de estágio do CLII, responsáveis pelo acompanhamento didático-pedagógico dos discentes estagiários durante a realização dessa atividade. A supervisão do estágio será realizada por 1 (um/uma) profissional indicado pela Instituição concedente do Estágio Curricular Supervisionado, conforme preconiza o Regulamento de Estágio do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena (APÊNDICE II).

Todas as atividades do Estágio Curricular Supervisionado, sejam as desenvolvidas no âmbito das disciplinas presenciais ou nas realizadas no Campo de estágio, terão como princípio a indissociabilidade entre teoria e prática, garantindo embasamento para o desenvolvimento dessas atividades, para a reflexão acerca dos saberes presentes no currículo do Curso e suas relações com as situações vivenciadas nos contextos escolares indígenas, assim como, na produção de materiais didáticos específicos e diferenciados para as escolas.

As disciplinas de Estágio Supervisionado I e de Estágio Supervisionado II serão ministradas nas etapas presenciais do CLII.   Além do desenvolvimento da atividade de docência, o Estágio Curricular Supervisionado é uma oportunidade de vivência de diferentes práticas ligadas ao contexto escolar, como as de planejamento, de gestão e de avaliação de práticas pedagógicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*