Projeto “Levantamento de dados sociolinguísticos do povo Palikur na Terra Indígena Uaçá”

Coordenadora: Elissandra Barros da Silva

Registro: DEX/UNIFAP, N˚ 23125.000652/2013-66

Período: Março a Junho de 2013

Este projeto teve como principal objetivo o levantamento de dados sociolinguísticos nas aldeias Palikur  localizadas na T.I. Uaçá. Foram aplicados questionários em todas as casas com o intuito de identificar quais as línguas faladas pelos palikur e o grau de proficiências nestas línguas. Ao todo foram levantados os dados de 1287 indígenas, distribuídos em 202 casas, localizadas em 13 aldeias.

Com o referido projeto pudemos obter informações precisas sobre o número de casas e indivíduos palikur em toda a T.I. Uaçá. Além dessas informações, pudemos verificar a língua usual em cada casa, bem como a segunda língua, quando havia. Os resultados desse levantamento são discutidos na Tese da Coordenadora, disponível em:

http://www.academia.edu/26673151/A_L%C3%ADngua_Parikwaki_Palikur_Arawak_Situa%C3%A7%C3%A3o_Sociolingu%C3%ADstica_Fon%C3%A9tica_e_Fonologia

 Outro resultado foi o TCC “Palikur, uma língua ameaçada? Estudo do caso das Aldeias Ywawka e Tawari”, elaborado pelo acadêmico do CLII, Nonato Hipólito, que participou ativamente do levantamento nas aldeias palikur, povo ao qual pertence.

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

Acadêmicos elaborando o mapa etnográfico da Aldeia Kumenê

Acadêmicos elaborando o mapa etnográfico da Aldeia Kumenê

Acadêmicos da Turma 2010 de Linguagens e Códigos durante levantamento na Aldeia Ywawka

Acadêmicos da Turma 2010 de Linguagens e Códigos durante levantamento na Aldeia Ywawka

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

Acadêmicos Palikur trabalhando no levantamento

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*