Valorização das Línguas Crioulas do Norte do Amapá

Projeto “Valorização das Línguas Crioulas do Norte do Amapá”

Coordenadora: Gélsama Mara Ferreira Santos

Registro: DPQ/UNIFAP, N˚ 0659-2016

Período: 2016 a 2020

              O projeto foi contemplado no edital do Ministério da Justiça (MJ), representado pelo Conselho Federal Gestor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos (CFDD). O projeto tem como objetivo principal produzir e promover conhecimentos sobre as línguas e culturas crioulas dos povos indígenas Karipuna e Galibi Marworno, habitantes da Terra Indígena Uaçá, fortalecendo e valorizando suas identidades linguísticas e culturais. Os recursos advindos do projeto serão empregados na compra de equipamentos necessários para documentação em áudio e vídeo como, filmadoras, gravadores, máquinas fotográficas e em oficinas de formação de pesquisadores indígenas Karipuna e Galibi Marworno, envolvendo-os no processo de valorização das línguas crioulas faladas nas suas comunidades, para que essas voltem a ocupar seus espaços de prestígio, hoje ocupados pela língua portuguesa. Todo o processo será registrado em áudio e vídeo, os eventos de fala (os repertórios de cantos, rezas, narrativas, fórmulas de cura), que ainda resguardam traços linguísticos e culturais dos Karipuna e dos Galibi Marworno. O projeto visa, além da formação de 20 jovens pesquisadores indígenas, a produção de materiais didáticos e paradidáticos, com vistas ao fortalecimento do uso das línguas crioulas no contexto comunitário e escolar indígena.

EQUIPE DO PROJETO

Mara Santos (coordenadora)

Davi Marworno, Ingrid Lemos Costa, Glauber Romling da Silva,  Takumã Kuikuro e Cilene Campetela.

 

Etapa Final do Projeto – Entrega dos Materiais – dezembro de 2019

Entrega dos materiais às comunidades Galibi-Marworno e Karipuna. Abrangência do Projeto e encerramento das atividades. 

Nos dias 30 de novembro e 4 de dezembro de 2019, a equipe do Projeto, composta pela coordenadora, Mara Santos, pela consultora, Cilene Campetela e pelo cinegrafista, Davi Marworno, realizaram a cerimônia de entrega dos produtos resultantes do Projeto, sendo eles: 2 livros didáticos, um para a etnia Karipuna e um para a etnia Galibi-Marworno; 2 livros paradidáticos, também elaborados em separado, um para a etnia Karipuna e um para a etnia Galibi-Marworno; 2 documentários, gravados em DVD separados, para a etnia Karipuna e para a etnia Galibi-Marworno. As cerimônias ocorreram nas comunidades Kumarumã, dos Galibi-Marworno; e Santa Isabel, dos Karipuna, respectivamente.


Entrega dos Materiais na aldeia – Kumarumã – Galibi-Marworno

Para cada professor das escolas indígenas, liderança e/ou colaborador do Projeto desenvolvido na comunidade Kumarumã, dos Galibi-Marworno, foi entregue um kit contendo um livro paradidático, um livro didático e um DVD; em um total de 115 kits. Os materiais entregues abrangeram as escolas das aldeiasKumarumã, Aruatu, Manau, Flamã, Paramūwaka, Tukay, Samaúma, Anawera, Tuluhi e Waha.

Abaixo vemos o público da Aldeia Kumarumã, prestigiando a Cerimônia de entrega dos produtos do Projeto de Valorização das Línguas Crioulas do Norte do Amapá.

 

 

 

 

Entrega dos Materiais na aldeia – Santa Isabel – Karipuna

Para cada professor das escolas indígenas, liderança e/ou colaborador do Projeto desenvolvido na comunidade Santa Isabel, dos Karipuna, foi entregue um kit contendo um livro paradidático, um livro didático e um DVD; em um total de 124 kits. Os materiais entregues abrangeram todas as escolas das aldeiasAçaizal, Jõdef, Espírito Santo, Santa Isabel, Taminã, Pakapua, Paxiubal, Manga, Benoa, Japim, Kariá, Piquia, Kuripi, Ahumã, Estrela, Kunanã e Ariramba. E as aldeias que não têm escolas: Bastiõ, Kubahi, Txipidõ, Mūbak, Zacaria.

Na comunidade Santa Isabel, o público veio prestigiar professores, lideranças e todos os que receberam kits pela colaboração direta ao Projeto de Valorização das Línguas Crioulas do Norte do Amapá.

 

Além dos livros e DVDs, entregamos às comunidades Karipuna e Galibi-Marworno dois HDs externos de 1TB com todas as fotos, vídeos e os livros produzidos pelo projeto.

BENEFÍCIOS ALCANÇADOS PELO PROJETO

A ação do projeto “Valorização das Línguas Crioulas do Norte do Amapá” causou um grande impacto na relação dos dois povos com a língua materna. Os Galibi-Marworno e os Karipuna falam uma língua crioula de base francesa, o Kheuól. Os primeiros trabalhos de descrição da língua foram desenvolvidos pelo CIMI 1984, quando foi criada uma primeira gramática da língua e a proposta de ortografia para os dois povos. Desde então os dois povos utilizavam a mesma ortografia, mas com grandes dificuldades de identificá-la como representativa de suas línguas.

Os professores reclamavam muito por não ter uma ortografia que os diferenciassem enquanto falantes de kheuól galibi-marworno de kheuol karipuna. O projeto possibilitou fazer essa diferenciação. Hoje a ortografia definida está sendo utilizada nas escolas e exigida na redação do vestibular do curso de Licenciatura Intercultural Indígena da UNIFAP. Os livros produzidos, além de serem uma ferramenta para os professores têm um valor de orgulho agregado, pois são escritos em suas línguas maternas e isso fortalece a cultura e a língua.

O projeto foi eficiente no uso total dos recursos. Cumpriu 100% o que estava programado.   As metas foram atingidas 100%; entregamos 100% dos produtos propostos. A efetividade  dos produtos junto às comunidades pode ser observada já na entrega dos livros, na emoção de cada professor, liderança que se expressaram durante a cerimônia. A equipe avalia que o projeto foi eficiente, eficaz e efetivo no cumprimento de suas metas e etapas.

 

Para conhecer o trabalho do projeto e os produtos finais, veja o BLOG PROJETO LINGUAS CRIOULAS KARIPUNA GALIBI MARWORNO disponível em: http://projetolinguascrioulas.blogspot.com/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*