Linhas de Pesquisa

Prof.ª Ma. Aldenice de Andrade Couto

Linha de pesquisa: Ensino-aprendizagem de Línguas Estrangeiras e Formação Inicial crítico-Reflexiva de professores de LE

Descrição da linha: Investiga, em especial, o processo de ensino-aprendizagem do francês; formação inicial crítico-reflexiva de professores de Línguas Estrangeiras; a questão identitária nas práticas discursivas de aprendizes e futuros professores de LE; crenças e processos de ensino-aprendizagem; ludicidade e ensino-aprendizagem de LE; ensino-aprendizagem do francês mediados por gêneros discursivos.

 

Professor Me. Alvaro Tamer Vasques

Linha de pesquisa: Tradução

Descrição da linha: Esta linha de pesquisa aborda as Teorias da Tradução sob a perspectiva interlingual. São investigados aspectos do produto e/ou do processo tradutório. São enfatizadas as traduções para a língua inglesa de literatura produzida no Estado do Amapá que descrevam procedimentos técnicos utilizados durante a tomada de decisão que busca solucionar questões terminológicas e/ou culturais. Sob a perspectiva processual, são ainda desenvolvidas investigações sobre o desempenho de tradutores novatos e experientes e sobre a aquisição da competência tradutória.

 

Prof. Dr. Antonio Almir Silva Gomes

Coordenador do Núcleo de Estudos de Línguas Indígenas (NELI-UNIFAP/CNPq), desenvolvo pesquisas descritivas e aplicadas na área de línguas naturais (indígenas e não indígenas). Nesse sentido, tenho interesse em temas voltados à descrição de fenômenos linguisticos, bem como ao uso destes fenômenos nas escolas indígenas e não indígenas. Interesso-me, sobretudo, por temas nas áreas de Fonologia, Morfologia, Sociolinguística, Sintaxe, Ensino de Línguas Indígenas e de Português Brasileiro (PB).

São questões norteadoras de minha pesquisa:
– Que sabemos sobre a gramática das línguas?
– Que fazer para empoderar o ensino de línguas indígenas nas escolas indígenas?
– Que fazer para empoderar o ensino de PB nas escolas indígenas?
– Que fazer para empoderar a discussão sobre questões indígenas na escola não indígena?
– Que fazer para empoderar o ensino de línguas nas escolas não indígenas?
– Que deve levar em consideração o material didático utilizado em escolas indígenas?

 

Prof.ª Ma. Fabiana Almeida dos Santos

Mestra em Estudos Linguísticos

Linha de pesquisa: Discurso, ensino, línguas, identidades e culturas

Interessa-se em pesquisas que versem sobre Língua Portuguesa como Língua Materna, Língua Segunda e Língua Estrangeira a partir de uma perspectiva discursiva de linguagem e suas relações culturais e identitárias tanto nas práticas de ensino/aprendizagem, currículo, produção e uso de material didático quanto na situação de formação de professores. A partir disto, busca provocar reflexões teóricas e práticas para a equidade do ensino de Português em seus aspectos linguísticos-culturais tendo como principais campos de análise:

§  Ensino de Português na educação do campo

§  Ensino de Português na educação indígena

§  Ensino de Português em comunidades quilombolas

§  Ensino de Português e questões de gêneros

§  Ensino de Português em contexto de fronteira, línguas em contato e língua de acolhimento

Prof.ª Ma. Josenir Souza Silva

Descrição da Linha/ Temas/campos/interesses de pesquisa:

 

Estudos da linguagem com ênfase em questões ligadas ao ensino-aprendizagem de leitura e escrita e formação de professores.

Investiga os estudos sobre a leitura e escrita em diversos contextos de ensino-aprendizagem, tais como: o trabalho com a leitura e escrita no fazer docente de formação dos alunos no ensino de Língua Portuguesa nos níveis de fundamental I, II e ensino médio;

Analisar e discutir sobre as práticas de usos e transformações sociais situadas dos gêneros a partir da perspectiva sócio histórica.

Escrita, leitura e letramentos acadêmicos na formação docente, inicial e continuada;

Análise do discurso de linha francesa – propõe compreender os processos de produção dos sentidos, considerando as condições de produção de enunciados, fazendo uma reflexão sobre a linguagem.

Análise enunciativo discursiva Bakhtiniana – com ênfase em: Perspectiva axiológica e volitiva de Bakhtin para o ensino de leitura e escrita; Responsividade e o trabalho com gêneros discursivos em contexto escolar e acadêmico; e noções de gestos e agir didáticos dos professores para a formação de leitores e escritores de textos.

Prof. Dr. Marcos Paulo Torres Pereira

Linhas de pesquisa:

1) Teoria e crítica narrativa;

2) Literatura oral;

3) Narrativas de trauma;

4) Narrativas de memória;

5) Literatura e pós-colonialismo;

6) Literatura e identidade;

7) Formas simples (mito, lenda, legenda, saga, adágio, caso, conto, parábola, cantiga de trabalho;

8) Romance gráfico.

Prof. Dr. Rosivaldo Gomes

Descrição dos interesses de pesquisa:

A partir de estudos/investigações desenvolvidos pelos pesquisadores do grupo NEPLA/UNIFAP/CNPq, juntamente com acadêmicos focaliza-se como eixos de investigações questão tanto relacionadas à área de ensino e aprendizagem de línguas(gem) quanto em relação a questões relativas a discursos e práticas sociais, identidade, políticas de identidade, gênero, raça e sexualidade, letramentos acadêmicos e digitais, letramentos de reexistência, letramento literário e representações e representatividade. Para isso, os estudos desenvolvidos situam-se no campo da Linguística Aplicada Indisciplinar (MOITA-LOPES, 2006), contando como discussões teóricas amplas em relação aos objetos pretendidos para serem investigados. São, portanto, linhas de pesquisa previstas as seguintes:

1.    Análise Linguística e Ensino de Língua Materna

2.    Análise, estudo e Construção de materiais didáticos

3.    Avaliação de Políticas Públicas Educacionais e Formação de Professores no contexto amazônico

4.    Discurso, formação identitaria, negritude e práticas sociais;

5.    Linguística Aplicada, ensino de língua e formação de professores;

6.    Práticas de Leitura e Escritas em contexto escolar e acadêmico;

7.    Retextualização e processos de construção escrita;

8.    Tecnologias digitais, língua(gem) na hipermídia, novos(multi)letramentos e ensino

Prof. Esp. Silvagne Vasconcelos Duarte

§  Desenvolve pesquisas na Linguística Aplicada, mais especificamente, ao que se refere à autonomia, motivação, crenças, experiências, identidades, estilos, estratégias e demais fatores que afetam/influenciam a aprendizagem de Línguas Adicionais.

§  Análise do Discurso Literário e/ou Pornográfico, bem como o discurso de minorias, contemplados pela Linguística Queer (Gênero, Sexualidade, Identidade, Raça e Cultura) aportados nos binômios Homem X Mulher; Heteronormativo X Homonormativo, Branco X Negro.

§  Produção, Correção e Atividades de Retextualização com ênfase nos movimentos retóricos.

§  Linguística Forense e Linguagem Jurídica, observando termos técnicos e metáforas para elucidação do fato jurídico.

§  E temas voltados ainda para descrição e análise do Português Brasileiro (PB) nas áreas de Fonologia, Morfologia, Sintaxe, Semântica e Lexical e suas variações para o ensino do PB como Língua Materna, Língua Estrangeira e/ou Segunda Língua

Prof.ª Ma. Suzana do Espírito Santo Barros

Dialetologia e Sociolinguística: Com ênfase na variação fonético-fonológica do português brasileiro e fonética acústica no campo da prosódia da fala.

Projeto de pesquisa: “Formação de corpora para o Atlas Dialetal Prosódico Multimídia do Norte do Brasil: a variedade linguística do Amapá“. Visa constituir um banco de dados com amostras de falas da variedade linguística no estado do Amapá. Trata-se de uma pesquisa de campo situada na linha de investigação prosódica, que permite delimitar a entonação dos falantes. Para tanto, serão selecionados informantes acima de 25 anos, do sexo masculino e do sexo feminino de acordo com a escolaridade: ensino fundamental, ensino médio e ensino superior completo, nascidos no estado do Amapá.

Alunos envolvidos: Ana Beatriz Pinheiro e Beatriz Priscila

Análise linguística e ensino de gramática: Propõe estudos sobre o ensino de gramática na escoa, estudo dos fenômenos linguísticos gramaticais do ponto de vista funcionalista. Análise e reflexão da língua a partir dos usos da língua.

Projeto de pesquisa: Materiais didáticos e documentos oficiais parametrizadores de língua portuguesa: investigando a construção da análise linguística.

Alunos envolvidos: Ivan Coelho (bolsiata IC) e Paulo Herculano (PROVIC)

 

Prof. Dr. Yurgel Pantoja Caldas

Linha de pesquisa: Literatura, História e Memória Cultural;

Identidades amapaenses nas Letras

Literatura, História e Memória Cultural. Objetivo: Construir as articulações pertinentes entre as expressões literárias e a história cultural, a partir de formulações discursivas presentes na construção de novas subjetividades num contexto de fronteira, considerando o espaço do Amapá e da Guiana Francesa.

Identidades amapaenses nas Letras: Objetivo: partindo de diversas temporalidades como o período colonial, o período da criação do Território Federal e o período da Estadualização, verificar as representações literários do espaço amapaense na construção de uma ideia de identidade a partir das Letras.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*