You are currently viewing Itaú Cultural apresenta Laboratório do intérprete-criador

Itaú Cultural apresenta Laboratório do intérprete-criador

 

 

O projeto fomenta a pesquisa e a dança autoral, o Laboratório é um espaço para a experimentação e a liberdade do movimento solo, sem direção ou coreografias predeterminadas.

O Laboratório do intérprete-criador: núcleo de pesquisa em dança (Lab.IC), chega a sua segunda edição e segue no fomento à cena autoral da dança no Espírito Santo. Idealizado pela arte-pesquisadora Ivna Messina, o projeto, contemplado pelo programa Rumos Itaú Cultural 2019-2020, selecionou seis artistas-criadores do estado, com fomento de uma bolsa-auxílio para desenvolver suas pesquisas em solos de videodança, videoperformance e outros formatos que complementam a exposição de seus processos criativos. O resultado da experiência  será aberto ao público em uma mostra virtual pelo youtube nos dias 17 e 18 de dezembro.

Com curadoria da artista da dança Mariana Pimentel, os seis artistas selecionados entre 45 inscritos partiram de suas vivências para aprofundar pesquisas e trazer o debate acerca da dança, com apontamentos sobre temas como diversidade, religião, ancestralidade, pertencimento, ecoperformance, exploração do meio ambiente, descolonização do corpo e objetificação do corpo da mulher – caso de Ísinqé, da coreógrafa, diretora e dançarina Lalau Martins, que discute o preconceito, o racismo e a sexualização do corpo da mulher negra a partir do estereótipo da nádega avantajada. 

As atividades acontecem desde setembro, com encontros virtuais semanais que promovem leituras de textos, rodas de conversa e aprimoramento de ferramentas para a pesquisa autoral. Os participantes são provocados a criar um diário de bordo, no qual registram suas reflexões, experiências e sensações em anotações gravadas, faladas, desenhadas ou em esboços para apreciação e comentário coletivo. Mais do que um registro do percurso criativo, o processo ajuda na criação de métodos próprios de pesquisa e, ao final, cada um é convidado a confeccionar seu relato, cujo material compilado comporá um dossiê digital, que será disponibilizado gratuitamente por tempo indeterminado.

Nesta segunda temporada, transposta para o ambiente virtual, os participantes ainda enfrentaram o desafio de se relacionarem com a câmera e suas funcionalidades, e a tecnologia tornou-se uma aliada, permitindo também novas possibilidades artísticas para os trabalhos – como a sobreposição de imagens, a intersecção de corpos e diversos outros recursos. É o caso de Mover híbrido, trabalho de Juliander Agrizzi que utiliza projeções de palavras e frases sobrepostas em seu corpo com as perguntas: “O que a sua pele carrega? Que etiquetas foram coladas em você ao longo do trajeto?”.

A Mostra Lab.IC 2021 acontecerá no dia 17 de dezembro, às 19 horas, através do canal do Dança no ES, parceiro do projeto no YouTube. No dia seguinte, 18, às 14 horas, haverá um bate-papo ao vivo pelo Zoom com os artistas, ouvintes que também integram o núcleo e a equipe do projeto. O público poderá participar com perguntas e comentários pelo chat da plataforma.

Participantes da mostra

Terra Santa, por Farley José

Casa urbana – instalação casa-corpo: Muxima de N’ganga meu corpo canta e dança, por Yuriê Perazzini

O amanhã talvez não exista, por Marcelo Oliveira

Lavra, por Weber Cooper

Ísinqé, por Lalau Martins

Mover híbrido, por Juliander Agrizzi

 

Serviço:

Mostra Lab.IC 2021, 17 dez, 19h, neste link

Roda de conversa Lab.IC, 18 dez, 14h, neste link

 

Colaboração de texto: Maison Brito Pereira (Bolsista de Extensão do Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021)


ATENÇÃO – As informações, as fotos, imagens e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021.

 

 Acesse as Redes Sociais Oficias da TV e Rádio UNIFAP:  
·         Facebook: https://www.facebook.com/96.9fm 
·         Instagram: https://www.instagram.com/radiounifapoficial/
·         WebRádio: https://estacao.radio.br/radiounifap96/webapp/