You are currently viewing Julho das Pretas: ADEPAP realizará live sobre a saúde mental da mulher negra nortista

Julho das Pretas: ADEPAP realizará live sobre a saúde mental da mulher negra nortista

A live será transmitida pelo instagram da ADEPAP (@associacaoadepap).

A Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Amapá (ADEPAP) promoverá debate sobre a saúde mental da mulher negra nortista. A live tem a finalidade de proporcionar análises e reflexões sobre a mulher negra e todos os possíveis impactos em sua saúde mental em consequência do racismo vivenciado diariamente da infância até a velhice.

“Nós consideramos extremamente adequado ao tema debater sobre a saúde mental da mulher negra nortista, já que o Amapá é um dos Estados que possui a maior parte da população formada por pessoas negras, indígenas e quilombolas”, comenta Giovanna Burgos, presidente da ADEPAP.

Além de debater sobre o tema da saúde mental da mulher negra nortista, o evento marca a data das comemorações do Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, comemorado no dia 25 de julho. E no Brasil, esta data também presta homenagem à Tereza de Benguela, líder quilombola de extrema relevância para a formação político histórica do país. 

Este ano, a ADEPAP promove no estado uma campanha da Associação Nacional das defensoras e defensores públicos que se chama “racismo se combate em todo lugar: defensoras e defensores públicos pela equidade racial”. Segundo Giovanna Burgos, “Essa iniciativa tem como objetivo fomentar a necessidade de equidade étnico racial no acesso a direitos, no acesso a políticas públicas de pessoas indígenas, negras, quilombolas e povos tradicionais. E também, tem o intuito de provocar a sociedade, o Estado e a própria imprensa para que o antirracismo seja uma luta de todos e todas por meio da educação em direitos.”

Para debater sobre a saúde mental da mulher negra nortista foram convidadas a psicóloga Miriam Carvalho da Silva e a estudante de psicologia Daniela dos Santos Azevedo. Miriam Carvalho é especialista na área da educação com foco para as políticas de ações afirmativas e também pesquisadora em saúde mental da população negra com recorte para o Amapá. Daniela dos Santos Azevedo é acadêmica do décimo semestre de psicologia, integrante da articulação nacional de psicólogas(os) negras(os) e pesquisadoras(es) ANPSINEP – núcleo do Amapá e integrante da coordenação de grupo dos estudos socioculturais do Amapá.

A live será transmitida pelo instagram da ADEPAP (@associacaoadepap), no próximo dia 23 de julho, às 18 horas.

 

Colaboração de texto: Zenaide Castelo (Estagiária do Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021)


ATENÇÃO – As informações, as fotos, imagens e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021.

 

 

 Acesse as Redes Sociais Oficias da TV e Rádio UNIFAP:  
·         Facebook: https://www.facebook.com/96.9fm 
·         Instagram: https://www.instagram.com/radiounifapoficial/
·         WebRádio: https://estacao.radio.br/radiounifap96/webapp/