Produtividade PQ e DT

O CNPq concede bolsas a formação de recursos humanos no campo da pesquisa científica e tecnológica em universidades, institutos de pesquisa, centros tecnológicos e de formação profissional, tanto no Brasil como no exterior.

Dentre as diversas modalidades estão as bolsas de pesquisa. Duas modalidades são destinadas a pesquisadores que se destacam entre seus pares, são elas:

1. Bolsa de Produtividade em Pesquisa – PQ; e

2. Bolsa de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora – DT.

Bolsas de Produtividade em Pesquisa - CNPq

As Bolsas PQ são concedidas para pesquisadores de todas as áreas do conhecimento com o objetivo de distinguir seu trabalho e valorizar sua produção. Entre os critérios para a concessão estão a produção científica, a participação na formação de recursos humanos e a efetiva contribuição para a área de pesquisa. As Bolsas DT são concedidas para pesquisadores de todas as áreas do conhecimento com o objetivo de distinguir seu trabalho e valorizar sua produção em desenvolvimento tecnológico e inovação. As bolsas são concedidas mediante edital publicado anualmente e o julgamento e a classificação das propostas são feitos nas seguintes etapas:

a) análise pela área técnica;

b) análise por consultores ad hoc;

c) análise comparativa de mérito e classificação das propostas por Comitês de Assessoramento (CAs) específicos; e

d) decisão final pela Diretoria, em função da disponibilidade financeira do CNPq.

Existe uma diferenciação em níveis nas duas modalidades PQ e DT (1A, 1B, 1C, 1D e 2). Para ser Pesquisador 1 são necessários 8 (oito) anos, no mínimo, de doutorado por ocasião da implementação da bolsa e para ser Pesquisador 2 são necessários 3 (três) anos, no mínimo, de doutorado por ocasião da implementação da bolsa.

Para a categoria 1, o pesquisador será enquadrado em quatro diferentes níveis (A, B, C ou D), com base comparativa entre os seus pares e nos dados dos últimos 10 (dez) anos, entre eles o que demonstre capacidade de formação contínua de recursos humanos. Para a categoria 2, em que não há especificação de nível, será avaliada a produtividade do pesquisador, com ênfase nos trabalhos publicados e orientações, ambos referentes aos últimos 5 (cinco) anos.

 

Links:

1. Critérios Definidos pelo Comitê de Assessoramento 2022

2. Bolsistas e Auxílios Vigentes

Bolsistas de Produtividade em Pesquisa - CNPq


A Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) conta com 6 (seis) pesquisadores produtividade PQ e 1 (um) pesquisador produtividade DT.

Pesquisador PQ

Alan Cavalcanti Cunha

Ciências Ambientais
Nível 2
Vigência: 01/03/2022 – 28/02/2025
E-mail: alancunha@unifap.br

Atividades Acadêmicas – SIGAA

Caio Pinho Fernandes

Ciências da Saúde
Nível 2
Vigência: 01/03/2022 – 28/02/2025
E-mail: caiofernandes@unifap.br

Atividades Acadêmicas – SIGAA

Cleydson Breno R. dos Santos

Ciências da Saúde
Nível 2
Vigência: 01/03/2021 – 29/02/2024
E-mail: breno@unifap.br

Atividades Acadêmicas – SIGAA

Fernanda Michalski

Ciências Biológicas
Nível 1D
Vigência: 01/03/2022 – 28/02/2026
E-mail: fmichalski@unifap.br

Atividades Acadêmicas – SIGAA

José Carlos Tavares Carvalho

Ciências da Saúde
Nível 1C
Vigência: 01/03/2020 – 29/02/2024
E-mail: farmacos@unifap.br

Atividades Acadêmicas – SIGAA

José Julio de Toledo

Ciências Ambientais
Nível 2
Vigência: 01/03/2022 – 28/02/2025
E-mail: jjulio@unifap.br

Atividades Acadêmicas – SIGAA

Pesquisador DT

Alaan Ubaiara Brito

Tecnologias Sociais e Educacionais
Nível 2
Vigência: 01/03/2022 – 31/01/2025
E-mail: aubrito@unifap.br

Atividades Acadêmicas – SIGAA

Atualizado em 25/08/2022

Acesse o site