0

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE TEXTO COMPLETO DE CAPÍTULO PARA A COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE HISTÓRIA

 

 

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE TEXTO COMPLETO DE CAPÍTULO PARA A COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP

 

A Coordenação do ProfHistória-Unifap convida todos os discentes, egressos e docentes do Mestrado Profissional em Ensino de História da Unifap que tiveram suas propostas de capítulos aceitas para compor a Coleção de livros deste Programa a apresentarem o texto completo dos mesmos, seguindo as normas abaixo apresentadas:

 

  1. Os textos deverão ser enviados aos e-mails indicados nesta Chamada até o dia 13 de março de 2021, quando termina a fase de submissão dos capítulos e tem início a etapa de avaliação e retificação dos mesmos.

1.1. É dever do(a) autor(a) cumprir os prazos estipulados pelos avaliadores e realizar os ajustes por estes exigidos. O não cumprimento disto será causa de não aceite do texto para a publicação.

 

  1. A divulgação do resultado final da avaliação dos capítulos propostos ocorrerá no dia 31 de maio de 2021.

 

  1. Os textos deverão ser encaminhados aos e-mails indicados no quadro abaixo:

 

Autores(as) E-mail para envio do texto completo
Sidney Lobato/ Eliane Vasquez, Erasmo José da Silva e Luciana Paula Nicoletti/ Carmentilla Martins e Ocilene Cantidio/ João Costa Júnior/ Danilo Sorato carmentilla@unifap.br
Orione Vilhena/ Rafael Pantoja/ Midiani Silveira/ Angela Maria dos Anjos Nascimento/ Maria Rita Monte/ Gabriel Raiol/ Marília Nascimento/ Joaciany Paixão alexandrecruzunifap@gmail.com
Paulo Cambraia e Joelma Siqueira/ Bruno Nascimento/ Núbia Silva/ Acir Furtado e Iuri Cavlak/ Danilo Pacheco/ Rogério Serrão/ Francisca Borges/ Arleno Amoras paulo77cambraia@gmail.com
Fernando Sousa e Cecília Bastos/ Vítor Ferreira/ Luis Antonio Andrade/ Hedilano Luiz Maciel/ Eliana Ribeiro/ Jackeline Silva/ Arlete Souza cc.bastos@uol.com.br
Davi Silva/ Raimundo Diniz e Socorro Marte/ Rita Adriana Mendonça e Simone Almeida/ Aldeci Dias/ Wanda Maria Borges Filha/ Andreia Martel/ Roberta Cacela/ Doval Tomaz de Brito simonepgarcia@uol.com.br

 

 

  1. As normas para a elaboração do texto são as seguintes:
– Folha formato A4, configuração das margens superior/inferior e esquerda/ direita 2,5 cm, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço entre as linhas 1,5, alinhamento justificado, parágrafo com recuo de 1,25 cm. O programa utilizado deve ser compatível com o Word for Windows.

– O arquivo NÃO deve ser salvo em formato PDF.

– Os textos devem ser escritos em português.

– O título do trabalho deve vir centralizado e em negrito, somente a primeira letra maiúscula, tamanho 12.

– Em seguida, deve constar o nome do(a) autor(a), centralizado.

– Os trabalhos deverão conter entre 12 e 15 páginas de texto, sem contar com as referências.

– Podem ser incluídas imagens, se citadas as fontes.

– As citações de mais de 3 linhas devem ser digitadas em tamanho 10, com espaçamento simples entre linhas, sem aspas e com recuo de 4 cm da margem esquerda.

– Notas explicativas: deve-se fazer uso de notas de rodapé no decorrer do texto, nunca ao final. Tais notas devem ser numeradas em ordem crescente, formatadas em fonte Times New Roman, tamanho 10, espaço entrelinhas simples. Devem ser reservadas para observações complementares substantivas.

– Remissões bibliográficas devem constar do corpo do texto entre parênteses, com o sobrenome do(a) autor(a) seguido de data de publicação da obra e de número de página, conforme o sistema autor-data. Exemplo: (BOURDIEU, 1998, p. 69), ou Bourdieu (1998, p. 69). No caso de títulos do(a) mesmo(a) autor(a), publicados no mesmo ano, adicionem-se letras em ordem alfabética após a indicação do ano (seguido do número de página se for o caso). Exemplo: (LONDOÑO, 2007a), (LONDOÑO, 2007b).

 

– Referências (alinhadas à esquerda)

As referências devem ser listadas ao final do trabalho, em ordem alfabética (sem separação entre livro, tese, obra pesquisada na internet, etc.), com espaço entrelinhas simples e seguindo-se a normatização da ABNT – NBR 6023:

 

Livro:

SOBRENOME, Nome. Título do livro em itálico. Subtítulo. Tradução, edição. Cidade: Editora, ano.

Exemplo:

MALUF, Sônia Weidner. Encontros Noturnos. Bruxas e Bruxarias na Lagoa da Conceição. 2 ed. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 1993.

 

Capítulo de livro:

SOBRENOME, Nome. Título do capítulo ou parte do livro. In: SOBRENOME, Nome (org.). Título do livro em itálico. Tradução, edição. Cidade: Editora, ano, p.

Exemplo:

ISAIA, Artur Cesar. Intolerância e preconceito na obra dos intelectuais da Umbanda. In: ANDRADE, Solange Ramos de; MANOEL, Ivan Andrade (org.). Tolerância e intolerância nas manifestações religiosas. Franca: UNESP-FDHSS, 2010, p. 71-87.

 

Artigo de revista:

SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Título do periódico em itálico, volume, número, Cidade, ano, p. xx-xx.

Exemplo:

USARSKI, Frank. A Retórica da Aniquilação. Uma reflexão paradigmática sobre recursos de rejeição e alternativas religiosas. Rever, v. 1, nº 1, São Paulo, 2001, p. 91-111.

 

Tese ou dissertação:

SOBRENOME, Nome. Título da tese ou da dissertação em itálico. Tese ou dissertação (Mestrado ou Doutorado em determinada área). Cidade: Instituição, ano.

Exemplo:

GROISMAN, Alberto. Eu venho da floresta: Ecletismo e práxis daimista no Céu do Mapiá. Dissertação (Mestrado em Antropologia). Florianópolis: UFSC, 1991.

 

Obras consultadas na internet:

Exemplo:

SMART, Ninian. The formation rather than the origin of a tradition. In: DISKUS, 1(1), 1993, p. 1. Disponível em: «endereço da internet». Acesso em 27 de abril de 2005.

 

Texto em jornal de notícias/revista:

Exemplos:

TOURAINE, Alain. O recuo do islamismo político. Folha de São Paulo, São Paulo, 23 set., 2001, Mais!, p. 13.

ROSADO-NUNES, Maria José Fontelas. As mulheres não terão saudade de João Paulo II. Superinteressante, São Paulo, 2004, p. 98.

 

  1. Os casos omissos serão deliberados pelo Colegiado do ProfHistória-Unifap.

 

 

 

0

COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP – PROPOSTAS ACEITAS

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE CAPÍTULO PARA COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP

 

PROPOSTAS ACEITAS

A Coordenação do ProfHistória-Unifap apresenta abaixo as propostas de capítulo que foram aprovadas para fazerem parte da etapa seguinte do processo de produção da Coleção de livros deste Programa. Tal aprovação não garante aos autores a publicação do texto nessa obra. Apenas os habilita a participar da etapa de submissão do texto completo do capítulo a um processo de avaliação com regras e prazos a serem divulgados em chamada própria.

 

Eis as propostas aprovadas:

 

  1. TEMPO, NARRATIVA E ORIENTAÇÃO NO ENSINO DE HISTÓRIA

Sidney Lobato

 

  1. ENSINO DE HISTÓRIA NAS ESCOLAS DAS PRISÕES NO BRASIL: UM LEVANTAMENTO PRELIMINAR

Eliane Vasquez, Erasmo José da Silva e Luciana Paula Nicoletti

 

  1. UMA ANÁLISE SOBRE AS REPRESENTAÇÕES DAS MULHERES NO LIVRO DIDÁTICO DE HISTÓRIA

Carmentilla Martins e Ocilene Cantidio

 

  1. QUE CURRÍCULO É ESSE? UMA ABORDAGEM DAS LEIS 10.639/2003 E 11.645/2008 E SEUS IMPACTOS NO AMAPÁ

João Costa Júnior

 

  1. O DEBATE SOBRE ENSINO DE HISTÓRIA E CURRÍCULO NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO AO LONGO DA HISTÓRIA

Danilo Sorato

 

  1. HISTÓRIA E ENSINO DE HISTÓRIA DO BRASIL A PARTIR DO CINEMA DA RETOMADA – A FILMOGRAFIA DE WALTER SALLES (1990-2002)

Orione Vilhena

 

  1. ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA VISUAL E O ENSINO DE HISTÓRIA: PROPOSTA METODOLÓGICA INCLUSIVA DE ANÁLISE DE CHARGES

Rafael Pantoja

 

  1. MINECRAFT E IDADE MÉDIA: UM DIÁLOGO ENTRE O IMAGINÁRIO INFANTO-JUVENIL E O CONHECIMENTO HISTÓRICO ESCOLAR

Midiani Silveira

 

  1. OS SABERES E FAZERES DA COMUNDADE NA ESCOLA: ENSINO DE HISTÓRIA LOCAL A PARTIR DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO-CULTURAL

Angela Maria dos Anjos Nascimento

 

  1. FORTE CUMAÚ: EDUCAÇÃO PATRIMONIAL E VALORIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO, ARQUEOLÓGICO E CULTURAL NO ESTADO DO AMAPÁ

Maria Rita Monte

 

  1. RESISTÊNCIA CABANA EM HQ: A CABANAGEM TEMATIZADA EM TEXTOS E IMAGENS NO ENSINO DE HISTÓRIA

Gabriel Raiol

 

  1. O ENSINO DA HISTÓRIA LOCAL DE LARANJAL DO JARI EM MATERIAIS DIDÁTICOS: ENTRE DEBATES E SUGESTÕES

Marília Nascimento

 

  1. “MACAPÁ CINDERELA”: O ENSINO DE HISTÓRIA EM ÁLBUM DE FIGURINHAS

Joaciany Paixão

 

  1. ÍNDIOS DO GRÃO-PARÁ: POSSIBILIDADES DO PROJETO RESGATE NO ENSINO DE HISTÓRIA ESCOLAR

Paulo Cambraia e Joelma Siqueira

 

  1. AS FONTES COLONIAIS E O ENSINO HISTÓRIA INDÍGENA DO AMAPÁ: PROPOSTAS PARA AULAS PROBLEMATIZADORAS

Bruno Nascimento

 

  1. OS ESCRITOS DO JESUITA BETTENDORF SOBRE A AMAZÔNIA: UMA POSSIBILIDADE PARA ENSINAR HISTÓRIA

Núbia Silva

 

  1. A ESTRADA DE FERRO DO AMAPÁ COMO POSSIBILIDADE DE ENSINO DE HISTÓRIA

Acir Furtado e Iuri Cavlak

 

  1. O USO DE DOCUMENTOS NAS AULAS DE HISTÓRIA DA DITADURA NO AMAPÁ

Danilo Pacheco

 

  1. MEMÓRIAS DOS SAMBAS-ENREDO NA SALA DE AULA

Rogério Serrão

 

  1. O USO DAS MEMÓRIAS DOS LUGARES PERDIDOS NO ENSINO DE HISTÓRIA

Francisca Borges

 

  1. UM MUSEU DE GRANDES NOVIDADES? A BASE AEREA DE AMAPA E O ENSINO DE HISTÓRIA

Arleno Amoras

 

  1. TEMÁTICA INDÍGENA NO ENSINO DE HISTÓRIA: A COSMOGONIA PALIKUR E SUAS RESSIGNIFICAÇÕES EM SALA DE AULA

Fernando Sousa e Cecília Bastos

 

  1. Preconceitos, (in)visibilidades indígenas e ensino de História

Vítor Ferreira

 

  1. A TEMÁTICA INDÍGENA NO ENEM: POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA A EFETIVAÇÃO DA LEI 11.645/08 NO ENSINO DE HISTÓRIA

Luis Antonio Andrade

 

  1. A LEI Nº. 11.645/2008 E OS POVOS DO OIAPOQUE/AP: PROBLEMATIZANDO A TEMÁTICA INDÍGENA NO ENSINO DE HISTÓRIA DA EJA

Hedilano Luiz Maciel

 

  1. VESTÍGIOS ARQUEOLÓGICOS DO AMAPÁ COMO POSSIBILIDADES EDUCATIVAS OUTRAS NO ENSINO DE HISTÓRIA

Eliana Ribeiro

 

  1. ESCAVANDO CONHECIMENTOS: CAMINHOS PARA INSERÇÃO DA CULTURA MARACÁ NO ENSINO DE HISTÓRIA

Jackeline Silva

 

  1. ENSINO DE HISTÓRIA E POVOS INDÍGENAS: O DESAFIO DA PRODUÇÃO DE UM MATERIAL DIDÁTICO NO AMBIENTE ESCOLAR

Arlete Souza

 

  1. ENSINO DE HISTÓRIA E COMUNIDADES TRADICIONAIS

Davi Silva

 

  1. ENSINO DE HISTÓRIA E O USO DA PEDAGOGIA GRIÔ: ANCESTRALDADES, AFRICANIDADES E MEMÓRIAS COMO ESTRÁTÉGIAS PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA LEI 10.639/03

Raimundo Diniz e Socorro Marte

 

  1. REFLEXÕES E POSSIBILIDADES DE INSERIR A CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NA SALA DE AULA COMO MEIO DE COMBATER O RACISMO

Rita Adriana Mendonça e Simone Almeida

 

  1. ENSINO DE HISTÓRIA E SABERES LOCAIS: A PRESENÇA DA RELIGIOSIDADE POPULAR NOS RITUAIS AFRODESCENDENTES NA COMUNIDADE DO BAIRRO DO LAGUINHO

Aldeci Dias

 

  1. QUILOMBO DO CURIAÚ E HISTÓRIAS OUTRAS: POSSIBILIDADES DE INSERÇÃO DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA NO ENSINO BÁSICO

Wanda Maria Borges Filha

 

  1. A INTERCULTURALIDADE ESTÁ NO CHÃO DA ESCOLA: DIFERENÇA, EXPERIENCIA E ALTERIDADES NA FRONTEIRA OIAPOQUENSE

Andreia Martel

 

  1. ENSINO DE HISTÓRIA NA AMAZÔNIA RIBEIRINHA: OS DESAFIOS E POSSIBILIDADES DE USO DA HISTÓRIA LOCAL EM ESCOLAS RIBEIRINHAS DO MUNICÍPIO DE AFUÁ-PA

Roberta Cacela

 

  1. FORTALEZA DE SÃO JOSÉ DE MACAPÁ: DA CONSTRUÇÃO À TRANSFORMAÇÃO EM ÍCONE DA AMAPALIDADE

Doval Tomaz de Brito

 

 

 

 

Alexandre Cruz Alves Jr

Coordenador do ProfHistória-Unifap

0

AVISO DE 2a PRORROGAÇÃO CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE CAPÍTULO PARA COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP

AVISO DE PRORROGAÇÃO DE PRAZO

 

 

Macapá-AP, 20 de outubro de 2020.

A Coordenação do ProfHistória-Unifap informa que o prazo de apresentação de propostas de capítulos para a Coleção de livros a ser organizada e publicada por este Programa foi prorrogado até o dia 31/10/2020.

Segue cronograma atualizado: 

Período de envio das propostas: de 29/10 a 31/10/2020
Encaminhar ao seguinte endereço eletrônico: profhistoriapub@gmail.com

Divulgação do resultado da seleção de propostas: 06/11/2020

 

Atenciosamente,

Alexandre Guilherme da Cruz Alves Junior

Coordenação do PROFHISTÓRIA – UNIFAP

Portaria 776/2018

0

OFERTA DE DISCIPLINAS REMOTAS SEMESTRE 2020.01 / B

A coordenação do Profhistória informa que o semestre 2020.01 está oficialmente suspenso. Entre os dias 03 de novembro de 2020 e 16 de janeiro de 2021 ocorrerá o semestre extraordinário 2020.01/B, conforme resolução 014/2020 CONSU. Mestrandos/as do ProfHistória (turmas 2020 e 2019) poderão se matricular nas disciplinas ofertadas de modo remoto, diretamente pelo SIGAA, entre os dias 22 e 25 de outubro de 2020. Após a retomada das atividades presenciais, as disciplinas do semestre 2020.01 terão continuidade nos mesmos dias e horários registrados anteriormente, atendendo mestrandos/as que prefiram não cursar as disciplinas remotas ofertadas abaixo: 

Oferta de disciplinas 2020.01/B

Quinta / tarde – ENSINO DE HISTÓRIA E TEORIAS DA APRENDIZAGEM – Prof. Giovani José da Silva

Quinta / noite – TEORIA DA HISTÓRIA – Prof. Raimundo Erundino Diniz

Sábado / manhã – HISTÓRIA DO ENSINO DE HISTÓRIA – Profa. Cecilia Maria Chaves Brito Bastos / Prof. Giovani José da Silva

Sábado /tarde – PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO E UNIVERSO VIRTUAL – Profa. Eliane Leal Vasquez

 

Atenciosamente,

Alexandre Guilherme da Cruz Alves Junior

Coordenação do PROFHISTÓRIA – UNIFAP

Portaria 776/2018

0

AVISO DE PRORROGAÇÃO CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE CAPÍTULO PARA COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP

AVISO DE PRORROGAÇÃO DE PRAZO

 

 

Macapá-AP, 20 de outubro de 2020.

A Coordenação do ProfHistória-Unifap avisa que o prazo de apresentação de propostas de capítulos para a Coleção de livros a ser organizada e publicada por este Programa foi prorrogado até o dia 22/10/2020.

 

Atenciosamente,

Alexandre Guilherme da Cruz Alves Junior

Coordenação do PROFHISTÓRIA – UNIFAP

Portaria 776/2018

0

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE CAPÍTULO PARA COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE CAPÍTULO PARA COLEÇÃO DO PROFHISTÓRIA-UNIFAP

 

A Coordenação do ProfHistória-Unifap convida todos os discentes, egressos e docentes do Mestrado Profissional em Ensino de História da Unifap a apresentarem propostas de capítulos para a Coleção de livros a ser organizada e publicada por este Programa. Nesta primeira etapa do processo de seleção de textos, os proponentes deverão enviar os títulos, os resumos e as palavras-chave dos textos propostos conforme o prazo e as diretrizes apresentadas abaixo:

 

Período de envio das propostas: de 10/10 a 20/10/2020

Encaminhar ao seguinte endereço eletrônico: profhistoriapub@gmail.com

Fase de avaliação das propostas: 21/10 a 30/10/2020

Divulgação do resultado da seleção de propostas: 03/11/2020

 

As propostas de capítulo deverão seguir as diretrizes abaixo apresentadas:

 

TÍTULO DO RESUMO CENTRALIZADO, EM NEGRITO, ESCRITO EM LETRAS MAIÚSCULAS, COM FONTE TIMES NEW ROMAN, TAMANHO 12 E ESPAÇAMENTO 1,0 ENTRE LINHAS

 

Nomes e Sobrenomes dos Autores [escritos nesta ordem, na segunda linha abaixo do título e alinhados à direita. Utilizar Times New Roman, tamanho 12]

[Inserir no rodapé:] Titulação, vínculo institucional, endereço do Currículo Lattes e e-mail.

 

Resumo: Deverá ser apresentado duas linhas abaixo do nome do autor. Deverá estar no modo justificado, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,0 entre linhas e conter entre 150 e 250 palavras. O resumo deve vir em parágrafo único sem incluir figuras, tabelas ou referências. O corpo do resumo deve ser escrito sem recuo de parágrafo ou linhas em branco e deve conter: a) objetivo(s); b) fontes e métodos; e c) principais resultados (parciais ou finais) da pesquisa.

Palavras-chave: Redigir quatro palavras-chave na linha abaixo do parágrafo do resumo, em fonte Times New Roman, tamanho 12, com inicial maiúscula, separadas por ponto. Estas palavras devem indicar os principais temas e recortes da comunicação.

Na avaliação das propostas serão considerados os seguintes critérios: observância dos prazos e diretrizes desta chamada; pertinência do texto proposto ao campo do Ensino de História; e relevância do capítulo para este mesmo campo.

Destaca-se que para ser publicada na Coleção do ProfHistória-Unifap, a proposta de capítulo, além de selecionada nesta primeira etapa, deverá obter aprovação na etapa subsequente, que consistirá na apresentação do capítulo completo no prazo e de acordo com critérios estipulados em chamada.

 

Coordenação Científica:  Profa. Cecilia Maria Chaves Brito Bastos, Prof. David Junior de Souza Silva, Prof. Paulo Marcelo Cambraia da Costa e Prof. Sidney da Silva Lobato

 

_______________________________________________________

Alexandre Guilherme da Cruz Alves Junior

Coordenação do PROFHISTÓRIA – UNIFAP

Portaria 776/2018

 

0

Em defesa de políticas de ações afirmativas na Pós-Graduação

O ProfHistória é um programa de mestrado profissional, em rede nacional, com 39 Instituições Associadas, e adota políticas de ações afirmativas na forma de cotas. Diante da portaria assinada pelo ex-ministro da Educação, que revogou a normativa n.13 de 11 de maio de 2016, o ProfHistória manifesta que seguirá incentivando a adoção de cotas e outras ações afirmativas, em respeito ao artigo 26-A da Lei de Diretrizes e Bases e em defesa de um Ensino de História antirracista e que promova os Direitos Humanos.

 

PROFHISTÓRIA

0

DEFESA de MESTRADO – Rafael de Amorim Pantoja

TÍTULO:

O ENSINO DE HISTÓRIA E A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL POR MEIO DE CHARGES (1942 – 1945): PROPOSTA METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE IMAGENS PARA ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA VISUAL

MEMBROS DA BANCA:
 ALEXANDRE GUILHERME DA CRUZ ALVES JUNIOR
CARLO GUIMARAES MONTI – UNIFESSPA
SIDNEY DA SILVA LOBATO

 

DATA: 29/04/2020
HORA: 08:30
LOCAL: https://conferenciaweb.rnp.br/events/banca-de-defesa-rafael-de-amorim-pantoja

Para acessar, basta clicar no link acima, identificar sua universidade e realizar login e senha do SIGAA.