Ação de Educação Ambiental no Bairro “Infraero”

Ocorreu, neste último sábado, 06 de dezembro de 2014, uma Ação de Educação Ambiental. Alunos e professores do Campus Binacional promoveram a ação. Participaram os professores Nilton Bittencourt e Mário Neto, do Curso de Pedagogia; Eduardo Margarit e José Mauro Palhares, do Curso de Geografia; e Mary Gonçalves Fonseca, do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena.

A ação teve início às 7 horas e foi realizada de forma interdisciplinar e interinstitucional. Os secretários de Meio Ambiente e Obras da Prefeitura de Oiapoque também estiveram presentes na ação. Além destes, o apoio de militares da Companhia Especial de Fronteira do 34º Batalhão de Infantaria de Selva foi fundamental.

Na ação, cerca de 30 alunos dos cursos de Pedagogia, Geografia, História e Enfermagem participaram como agentes de Educação Ambiental, percorrendo o bairro e orientando moradores quanto à limpeza de quintais e combate à vetores de doenças. Os moradores também foram informados de ações da prefeitura para o bairro e esclareceram dúvidas.

Ao passar na comunidade quilombola, a recepção dos moradores foi bastante calorosa, onde foram concedidas até entrevistas, as quais possivelmente serão transformadas em documentários.

Para participar desta ação, os alunos precisaram passar anteriormente por um momento de instruções sobre como proceder. Nestas instruções, teve até momento de simulação da atividade, com direito até a dramatização. “Estas ações são fundamentais para a intervenção da Universidade na sociedade”, afirma prof. Mário Neto. O prof. Eduardo Margarit informa que a atividade contemplará declaração e que estas são fundamentais para carga horária relacionada às atividades complementares. Prof. Nilton reforça que a expressão política se fez presente, através do exercício de conhecimento das diversas realidades municipais, como parte da identidade político-representativa do município.

 Um pouco da história

O bairro do “Infraero”, em Oiapoque, surgiu após a ocupação de terras da União, adjacentes ao aeroporto do município. Atualmente, esta localidade passa por um processo de regularização fundiária, promovida pela Justiça Federal.

Em audiência pública, promovida pela Subseção Judiciária de Oiapoque, no dia 26 de novembro, a UNIFAP foi solicitado apoio na construção de um projeto de urbanização para o bairro. Também nesta data, foi determinado que a Prefeitura Municipal de Oiapoque, juntamente com as associações de bairro, Infraero I e II, mobilizassem um mutirão para recolhimento de lixo (plástico, garrafa, entulho, etc.). A data determinada para o recolhimento do lixo, pelos caminhões da prefeitura, será dia 09 de dezembro.

Deixe uma resposta


*

Fechar Menu