LUTO OFICIAL

LUTO OFICIAL

Com imenso pesar a Gestão Superior da Unifap, junto aos cursos de Enfermagem e Direito do Campus Binacional, se enlutecem com o precoce falecimento da professora Fernanda Matos Fernandes Castelo Branco, vítima da COVID-19 na manhã deste domingo. Professora Fernanda, em quase uma década na Unifap, foi uma das pioneiras em estudos sobre álcool e outras drogas no Amapá. Desenvolveu projetos de pesquisa e extensão que dialogavam com a temática de seu doutoramento na USP, o que posteriormente ensejou um pós-doutorado na Universidade de Coimbra. Sua profunda capacidade de articulação no meio acadêmico resultou num acordo entre Unifap e a referida universidade portuguesa. Como pesquisadora publicou dezenas de artigos neste período, tornando-se referência na temática, ao orientar diversos trabalhos e formar uma geração de alunos.

Para além da elevada produtividade e dedicação acadêmica, Fernanda era reconhecida por seus pares e alunos como uma pessoa de fácil convivência, elevada amabilidade, e uma companhia formidável. Estar próximo à Fernanda era sinônimo de uma alegria contagiante, pois tornava todos os locais por onde passava leves.

Fernanda deixa um imenso vazio nos corações dos cursos de Enfermagem e Direito desta Universidade. Sendo uma perda irreparável não só como profissional, mas também como amiga.

Assim, nos solidarizamos com a sra. Jesus Matos e o sr. Fernando Matos, pais de Fernanda, como também com o professor Tancredo Castelo Branco, seu esposo e companheiro de uma vida.