INTERNACIONALIZAÇÃO: Unifap assina acordo de cooperação com Suriname

IMG-20151119-WA0014  IMG-20151120-WA0013  IMG-20151119-WA0006  IMG-20151118-WA0009

A Universidade Federal do Amapá (Unifap) e a Universidade Anton de Kom, do Suriname, assinaram na semana passada um acordo de cooperação técnica com o objetivo de promover projetos de ensino e de pesquisa conjuntos entre as duas instituições. A partir do ano que vem, as relações entre as duas universidade serão estreitadas por meio do intercâmbio entre professores e ações conjugadas no Amapá e no país sul-americano.      

Segundo a reitora da Unifap, profª Eliane Superti, a viagem ao Suriname é mais uma etapa de consolidação do projeto de internacionalização da instituição. “Estamos focando os países das regiões conhecidas como Platô das Guianas e Amazônia Caribenha – esta última englobando Venezuela, Guiana Francesa, Suriname e Guiana – por conta da aproximação geográfica com o Amapá e as similaridades entre as realidades desses países com o nosso estado. A intenção, ainda, é inserir a lógica internacional no campus Binacional do Oiapoque, estimulando projetos principalmente entre as instituições de ensino desses países e o campus“, explica.

O pró-reitor de Relações Interinstitucionais, Paulo Gustavo Pellegrino Correa, avalia que a viagem foi extremamente positiva. “Todos os contatos feitos, não só com a universidade do Suriname, mas também com outras institucionais locais como o Ministério da Educação, o escritório das Nações Unidas, a Embaixada do Brasil e o Centro Cultural Brasil-Suriname, ligado á embaixada brasileira, irão possibilitar que entremos no próximo ano com a construção de projetos que vão adensar não só as relações da Unifap com a universidade do país, como também do Brasil com o Suriname”, afirma.

IMG-20151119-WA0011  IMG-20151118-WA0015  IMG-20151119-WA0010  IMG-20151119-WA0012

Acordos

A mobilidade acadêmica é um ponto central no acordo de cooperação. Em 2016, será lançado um edital que selecionará dois professores da instituição para desenvolverem, pelo período de um mês, atividades de pesquisa e ensino no Suriname. E dois docentes da Universidade Anton de Kom virão a Unifap. A mobilidade estudantil será também contemplada em editais futuros.

A universidade também fechou acordo com o Ministério da Educação do Suriname para assessorar a implementação de uma licenciatura em Língua Portuguesa com o objetivo de ofertar o português como língua optativa no ensino médio do Suriname.   

Com o Centro Cultural Brasil-Suriname, ligado à Embaixada do Brasil naquele país, a proposta é que a Unifap promova treinamentos aos professores do centro cultural, no intuito de incentivar o aprendizado da língua portuguesa e a disseminação da cultura brasileira.  

A delegação da Unifap, composta pela reitora Eliane Superti, pelos pró-reitores de Relações Interinstitucionais, Paulo Gustavo Pellegrino Correa, e de Extensão e Ações Comunitárias, Rafael Pontes Lima, e pelos professores Caio Fernandes, Hilton Aguiar  e Iuri Cavlak, respectivamente dos cursos de Farmácia, Ciências Biológicas e História, foi recebida pelo ministro da Educação do Suriname, Robert Péneux, e pelo embaixador do Brasil, Marcelo Baumbach.

IMG-20151120-WA0021  IMG-20151118-WA0006  IMG-20151120-WA0015  IMG-20151119-WA0009

 

Fechar Menu