Diretor do Campus Binacional de Oiapoque inicia participação em reuniões em Macapá visando o fortalecimento da interiorização da Educação Superior no âmbito da Universidade Federal do Amapá

Nesta sexta-feira (15.02.2019) o professor Otávio Landim participou de reuniões em setores da UNIFAP e realizou articulações políticas para o fortalecimento da interiorização da educação superior.

O professor Otávio Landim esteve reunido com o chefe da Divisão de Transporte da UNIFAP senhor Joaquim Filho. No encontro foi estabelecido a rotina das manutenções preventivas e corretivas nos veículos do Campus Binacional de Oiapoque.

Foto 1

O diretor do Campus também se reuniu com o Deputado Federal Camilo Capiberibe sendo discutido os projetos de infraestrutura do Campus onde foi apresentado ao parlamentar a necessidade de construção de dois blocos didáticos contendo salas de aula, laboratórios, biblioteca, auditório e salas administrativas. O Deputado Camilo Capiberibe se colocou à disposição para efetivar as articulações necessárias junto aos parlamentares do estado do Amapá para que a UNIFAP seja contemplada com uma emenda de bancada para a efetivação da estruturação e ampliação dos Campi.

Foto 2

Houve também uma importante reunião com o professor Silvagner Vasconcelos Duarte chefe do Departamento de Processos Seletivos e Concursos da UNIFAP. O professor Silvagner informou que está sendo organizado o processo seletivo (PROFESSOR SUBSTITUTO) com 42 duas vagas para docentes visando suprir as carências de docentes nos cursos de graduação da UNIFAP. Também haverá outro Processo Seletivo para Tradutor Intérprete de Língua de Sinais (previsão divulgação do edital em abril de 2019) que contará com uma vaga a ser destinada ao Campus de Oiapoque.

Foto 3

O professor Otávio Landim informou que agenda de reuniões irá continuar a ser realizada nos próximos dias e salientou que é necessário manter as articulações junto aos setores administrativos do Campus Marco Zero para encaminhar a resolução das demandas existentes no Campus Binacional de Oiapoque.

 

Roberto Veiga