Odair José Dos Santos Jeanjacque é o primeiro indígena graduado em Bacharelado em Enfermagem no Campus Binacional de Oiapoque – UNIFAP

Odair José Dos Santos Jeanjacque, 27 anos, indígena da etnia Galibi kali’na. Foi o primeiro indígena graduado Bacharel em Enfermagem no Campus Binacional de Oiapoque Universidade Federal do Amapá. Natural da Aldeia Galibi, saiu para dar continuidade aos seus estudos na cidade de Oiapoque aos 10 anos, concluiu seu Ensino Médio no ano de 2009 e no ano seguinte começou sua jornada na área da saúde iniciando o curso técnico em enfermagem, e no mesmo ano passou no curso Licenciatura Intercultural Indígena pela Universidade Federal do Amapá, porém, sempre mostrou interesse na área da saúde. No ano de 2014 passou no vestibular para a primeira turma de enfermagem do Campus Binacional.

Segundo Odair José o início das atividades acadêmicas foram marcadas por muitas dificuldades, porém, conseguiu superar as dificuldades. Relatou ainda que sempre objetivou fortalecer a saúde indígena, sendo que sua vida enquanto acadêmico sempre participou de projetos de extensão, ações palestras e atividades voltadas a saúde para as comunidades indígenas. Sempre foi referência dentro da universidade entre seus professores por dispor de amplo conhecimento sobe a saúde indígena da região, e ser muito comunicativo e proativo. Concluiu sua graduação no ano de 2018, com o Trabalho de Conclusão de Curso intitulado “A ATUAÇÃO DOS ENFERMEIROS NA ATENÇÃO DA SAÚDE INDÍGENA SOBRE A ÓTICA DA TEORIA TRANSCULTURAL” que foi orientado pela professora Ana Paula Martins Mendes.

Jovem liderança atuante defendendo o direito dos povos indígenas Odair José foi conselheiro local de saúde indígena com atuação em nível local, estadual e nacional, buscando melhorias as etnias. Atuou como voluntário na CASAI Oiapoque (Casa da Saúde Indígena) prestando assistência dentro das aldeias. Sempre demonstrou que seu interesse é trabalhar com os indígenas já graduado, o Enfermeiro almeja uma vaga para trabalhar com os povos indígenas no Amapá e Norte do Pará, por isso, está concorrendo a uma vaga no processo seletivo. Odair José já iniciou um curso de especialização em saúde indígena, sendo que seu objetivo é ampliar ainda mais seu conhecimento, com o mestrado e posteriormente doutorado voltado à saúde indígena.

Roberto Veiga