PRÉDIO DE CURSOS DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS E PRÉDIO DE ENFERMAGEM RECEBEM SISTEMA DE PROJEÇÃO

Jpeg

O Núcleo de Tecnologia da Informação finalizou a implantação de estrutura de projeção no prédio que atende os cursos de Engenharia Elétrica, Ciências da Computação e Arquitetura, além do prédio do curso de Enfermagem. Estes ambientes foram os primeiros atendidos por projeto que prevê a implantação de sistemas de projeção em ambientes acadêmicos, possuindo alinhamento com o Objetivo Estratégico Nº 47 “Ampliar/Implantar Sistema de Projeção nas Salas de Aula da UNIFAP”, constante no Plano Diretor de Tecnologia da Informação – PDTI.

O sistema foi implantado em 18 ambientes do prédio de cursos de ciências exatas e tecnológicas, dentre eles, laboratórios, salas de aula, auditório e sala de reunião. Já no prédio de Enfermagem, foram 06 ambientes, entre eles, 01 auditório e 05 salas de aulas.

Para o Pró-Reitor, Adolfo Francesco de Oliveira, o projeto proporciona uma maior dinamicidade na relação de ensino-aprendizagem, que favorece discentes e docentes. “Melhora muita nossa dinâmica na sala de aula, não teremos mais que ficar carregando data show e nem caixinhas de som, pois já vem acoplado. É muito mais prático para o professor, pois antes não tínhamos a quantidade de data show suficiente para todos, então o professor tinha que ir para o quadro escrever, o que acabava nos tomando muito tempo”, ressaltou Adolfo.

“Por exemplo, se eu pego uma disciplina de 60h, e for calcular o tempo que se perde escrevendo no quadro, é um tempo precioso em que poderíamos estar dialogando com o aluno, conversando, tirando dúvidas, interagindo com a disciplina. Então o sistema como um todo, áudio e vídeo, oferece maior dinamicidade na relação de ensino-aprendizagem, além de nos economizar tempo e nos proporcionar uma gama de recursos ao elaborarmos nossas aulas” afirmou Adolfo.

A professora Marina Noli Bittencourt, vice-coordenadora do curso de Enfermagem, destaca a importância do sistema de projeção para o colegiado. “Por ser um sistema fixo e fácil de utilizar, acaba facilitando o trabalho do professor e da coordenação que não precisarão mais que se preocupar em ter um data show para cada sala de aula. Destaco também a importância do sistema de som, que por muitas vezes complementa nossa aula teórica”, disse Marina.

Vale lembrar que cada docente receberá um cabo HDMI, para poder conectar seu equipamento ao sistema implantado. Os docentes que tiverem interesse devem procurar o Núcleo de Tecnologia da Informação – NTI.

PRÉDIO DO CURSO DE HISTÓRIA TEM ESTRUTURA DE DADOS RENOVADO.

20170411_085040

Leandra Rodrigues

Esta foi a vez do curso de História ganhar nova estrutura de dados, recebendo pontos cabeados e sem fio para possibilitar o acesso de Discentes e Docentes à internet. Com a finalidade de suprir parte das necessidades do curso, o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) disponibilizou 2 pontos de acesso a Rede WI-FI EDUROAM e 28 pontos de Rede cabeados, distribuídos em todas as dependências do Bloco S, que possui três (3) Salas de Aula, cinco (5) Gabinetes de Professores e uma (1) Sala de Reunião.

O NTI coletou requisitos, elaborou o Projeto de Rede e fiscalizou a execução do serviço, realizado por empresa contratada. O Analista de Tecnologia da Informação, Richardson Salomão, explica o que motivou execução do serviço. “O bloco ‘S’ não possuía rede de dados, impossibilitando o acesso de Discentes e Docentes à Internet.”, afirmou Richardson.

Segundo o Vice-Coordenador de História, Professor Edinaldo Pinheiro Nunes, a partir de agora os docentes/pesquisadores terão maior facilidade para se conectar à internet e poder manter contato diário com o mundo acadêmico. “De agora em diante os docentes e pesquisadores do colegiado de história terão maior facilidade para se conectar à internet e usá-la conforme a sua necessidade acadêmica, além de ter a internet como instrumento e ferramenta de pesquisa e aprendizagem, poderão socializar o conhecimento científico produzido na Universidade”, disse Edinaldo.

Para o acadêmico de História, Raimundo dos Santos, o acesso à internet é um instrumento que possibilita ao estudante obter as informações de forma mais ágil. “A internet é uma ferramenta que democratiza o conhecimento, possibilitando aos estudantes ter informações sobre diferentes lugares, ter acesso à produção acadêmica de outras instituições de forma rápida e instantânea”, afirmou Raimundo.

Já para o acadêmico Erison Alfaia Barbosa, o acesso à internet é essencial, pois facilita os estudos. “A internet hoje é fundamental na vida de qualquer acadêmico, visto que facilita muito a busca de textos em sites e revistas eletrônicas, além do mais, nos deixa por dentro dos acontecimentos do mundo”, disse Erison.

“Esses novos pontos de acesso vão enriquecer o aprendizado em sala de aula, tornando a vida dos estudantes de história mais fácil, além disso, o próprio professor vai ter como fazer pesquisas durante a aula, via internet, em caso de dúvidas, visto que muitas vezes temos que recorrer a alguns vídeos ou filmes”, ressalta Erison.

PRÉDIO DA PREFEITURA DO CAMPUS MARCO ZERO RECEBE NOVA ESTRUTURA DE REDE DE DADOS

Prefeitura

(Leandra Rodrigues)

 O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) conectou o prédio da Prefeitura do Campus Marco Zero à rede de dados da UNIFAP. O prédio atualmente mantém em suas dependências a Comissão Permanente de Licitação (CPL), Corregedoria, Divisão de Projetos e Fiscalização, Divisão de Manutenção, Telefonia, dentre outros setores da Prefeitura do Campus.

O NTI realizou a elaboração do projeto de Rede e apoiou na fiscalização do serviço entregue. O Analista de Tecnologia da Informação e Fiscal Técnico, Richardson Salomão, explicou que existiam pontos antigos, porém não supriam toda a necessidade do prédio. “Após essa nova implantação de redes de dados o prédio passa a ter total cobertura do EDUROAM, o que antes não era possível, devido o local possuir apenas um ponto de Wi-Fi”, afirmou Salomão.

Para suprir as necessidades das dependências do prédio foram colocados 86 pontos lógicos e 3 pontos de Wi-Fi. “Com esses novos pontos de acesso melhorou bastante a Internet, pois eles nos proporcionam uma velocidade maior facilitando nosso trabalho diário, o que antes não era possível visto que a Internet era lenta demais dentro das salas”, disse Joel Costa e Lima, Chefe de Telefonia.

“Houve uma melhoria significativa na distribuição dos pontos de acesso aqui na nossa sala, o que é de fundamental importância para o nosso trabalho, visto que hoje só fazemos Licitações Eletrônicas (RDC) por meio da Internet”, disse o servidor da CPL, Fernando Nascimento.