Diretor e docente do Campus Binacional de Oiapoque participarão de ações do Fórum Nacional de Dirigentes dos Campi Fora de Sede e Multicampi das Instituições Federais de Ensino – FORCAMPI no Congresso Nacional

 

Com o intuito de dar continuidade as articulações do Fórum Nacional de Dirigentes dos Campi Fora de Sede e Multicampi das Instituições Federais de Ensino – FORCAMPI realizadas nos anos de 2017 e 2018, o Diretor do Campus Binacional de Oiapoque professor Francisco Otávio Landim Neto (membro da executiva nacional do FORCAMPI) e o professor Luiz Armando Vidal Ramos irão participar de um conjunto de reuniões com parlamentares no âmbito do Congresso Nacional no período de 13 a 16 de maio de 2019.

No período supracitado o docente e vereador do município de Oiapoque (Luiz Armando) estará presente nas ações do FORCAMPI no acompanhamento das atividades dos dirigentes dos Campi visando o fortalecimento das Instituições de Ensino Superior, em especial da Universidade Federal do Amapá. Serão também realizadas as tratativas necessárias para resolução de demandas do município de Oiapoque junto a Bancada Federal do Amapá.

                        

De acordo com o professor Otávio Landim já estão agendadas reuniões com as seguintes autoridades, Senador Randolfe Rodrigues; Deputado Pedro Uczai; Deputado Leonardo Monteiro; Senador Lucas Barreto; Deputada Professora Marcivânia; Deputado Aliel Machado; Mauro Rabelo (Ministério da Educação); Luiz Carlos Kreutz (assessor especial do senador Davi Alcolumbre); Deputada Aline Gurgel; Deputada Alice Portugal; Deputada Tabata Amaral; Deputado Camilo Capiberibe; Deputada Leda Sadala; Deputado Luiz Carlos; Deputado Euclydes Pettersen; Senador Flávio Arns; Deputado Reginaldo Lopes; Deputado Eduardo Barbosa; Deputado Acácio Favacho; Deputado André dos Santos Abdon.

Conforme o professor Peterson Marco Andrade, Diretor Geral do Campus de Governador Valadares da Universidade Federal de juiz de Fora “a busca de um ambiente de cooperação poderia aumentar a sinergia do governo com as instituições com resultados diretos para a população. Inibir o desenvolvimento das instituições públicas é um erro estratégico que o tempo mostrará para a população e aos integrantes do próprio governo. É preciso acreditar na capacidade da ciência, do bom senso e da inteligência humana. Vamos superar esta turbulência com diálogo e evidências. Por isso, contamos com o apoio do Congresso Nacional para dar um espaço para a comunidade acadêmica apresentar seus feitos de transformação da nação brasileira com o ensino, pesquisa e extensão qualificada. Contamos com o diálogo com o MEC e Poder Legislativo para um alinhamento em favor do desenvolvimento do país”.

O professor Otávio Landim enfatiza o importante apoio fornecido pela reitoria da Universidade Federal do Amapá que mesmo diante dos contingenciamentos de recursos financeiros não mediu esforços para a disponibilização da passagem aérea que garantirá a participação do gestor do Campus no cumprimento da agenda em Brasília.

No período da ausência do Diretor as atividades administrativas no âmbito da gestão do Campus serão coordenadas pelo servidor Matheus Augusto Nascimento de Moraes (chefe da Coordenação de Administração e Planejamento) com portaria nº 0880/2019 (substituto eventual).

Processo seletivo para o programa Bolsa Trabalho Universitária Edital 01/2019/dieac/copea/unifap, de 05 de abril de 2019

RESULTADO PROVISÓRIO – PROVA ESCRITA (REDAÇÃO)

Ordem

Nome

Pontuação Situação

01

KETLEN SIRLANE SILVA PINHO

82,0 CLASSIFICADA

02

JOSÉ VIRLANDIO PEREIRA SILVA

81,0 CLASSIFICADO

03

ARTHUR VICTOR DOS SANTOS MARTEL

66,0 CADASTRO DE RESERVA

04

JAMERSON FERREIRA LABOUT DOS SANTOS

60,0 CADASTRO DE RESERVA

05

JUAREZ RODRIGUES DOS SANTOS JUNIOR

NÃO COMPARECEU A PROVA ELIMINADO

Resultado Provisório_ Prova escrita (redação) _ Edital 01.2019_COPEA_BOLSA TRABALHO

 

Vivian Renata da Silva França

Chefe da Divisão de Extenção e Ações Comunitárias

Portaria 1505/2018

Curso de Letras do Campus Binacional realiza o III Colóquio de Literatura Amapaense & Literatura de Fronteira

No dia 3 de maio de 2019 ocorreu, nas dependências do Campus BR, o III Colóquio de Literatura Amapaense & Literatura de Fronteira – evento em parceria com o Iepé (Oiapoque) e o Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel promovido pelo Curso de Licenciatura em Letras – Português/Francês. Mais de 60 pessoas apreciaram os trabalhos da alunos matriculados na disciplina Literatura Amapaense, resultados das pesquisas e leituras realizadas durante a primeira parte do curso.

Obras de autores amapaenses e da fronteira Brasil-Guiana Francesa fizeram parte da programação: Mama Guga (Fernando Canto); As Aventuras do Professor Pierre na Terra Tucuju (Maria Ester Pena Carvalho),  La Vénus du Maroni (François-Xavier Gérard), Pastel de Belém (Catherine Le Pelletier) e Crônicas Escolhidas (Ramiro Esdras Batista).

O evento também contou com a participação de escritores e poetas da fronteira: Edson Lopes Maia, conhecido como “Seu” Maia na cidade de Oiapoque, poeta que fala sobre o garimpo e trabalha como juiz de paz da prefeitura, Luís Fulano de Tal (autor da premiada novela A Noite dos Cristais), Ramiro Esdras Batista (autor de Crônicas Escolhidas), François-Xavier Gérard (autor de Les Guyanismes e de La Vénus du Maroni), do indígena francês e candidato ao parlamento europeu Alexis Tiouka Kali’nã (autor de Petit Guerrier pour la Paix, lançado recentemente em Oiapoque), e o poeta Waddy Many Camby Benoît, conhecido ativista político em Saint-Georges e Oiapoque.

Os certificados de ouvintes estarão disponíveis na coordenação do curso de Letras a partir do dia 14 de maio.

Redução do consumo de energia elétrica

A gestão da Unifap solicita a todos que somem forças no intuito de racionalizar o consumo elétrico, e assim, contribuir com a redução dos custos operacionais, provocando uma mudança de comportamento organizacional direcionada à sustentabilidade.

Dicas para economia de energia:
• Desligar aparelhos que não estão sendo utilizados da tomada;
• Aproveitar a iluminação natural sempre que possível, ligando lâmpadas só quando necessário;
• Verificar se existem locais com lâmpadas ligadas sem necessidade, e desligá-las;
• Procurar manter o ar-condicionado em temperaturas entre 22 e 24ºC;

Faz-se necessário o envolvimento de todas as Unidades na busca de otimização no uso do tempo e dos recursos disponíveis. A conscientização é a chave para a redução de desperdícios.

Atenciosamente,

(Autenticado em 07/05/2019 16:25)
PRISCYLLA ABRAAO MONASSA DE ALMEIDA
CHEFE – TITULAR
Matrícula: 2268831