1

Programação da Festa de São Tiago do Mazagão velho 2018

Segue abaixo a programação completa:

16/07 (segunda feira)
4h – Alvorada Festiva
20h – Novena
21h – Arraial organizado por comunidades rurais, famílias e comerciantes

17/07 (terça-feira)
18h30 – Novena (Famílias Queiroz e Videira)
20h – Arraial a cargo da Assembleia Legislativa do Estado do Amapá

18/07 (quarta-feira)
18h30 – Novena (Famílias Torres e Penha)
20h – Arraial organizado por servidores municipais, estaduais e federais

19/07 (quinta-feira)
18h30 – Missa
20h – Arraial a cargo da Família Barreto

20/07 (sexta-feira)
18h30 – Novena (Família Silva e Barriga)
20h – Arraial a cargo da Família Tavares e Panificadora Nossa Senhora das Graças.

21/07 (sábado)
18h30 – Novena (Família Jacarandá)
20h – Arraial a cargo: Associação cultural da festa de são Tiago – ACFST; Cavalaria de São Tiago; Atiradores da festa de são Tiago; Fogueteiros da festa de são Tiago; Caixeiros da Festa de São Tiago; Coordenação dos mascaras da festa de são Tiago; Criadores de Cavalos de Mazagão CCMz; Panificadora Joana Salete; Casa Rural.

22/07 (domingo)
18h30 – Missa
20h – Arraial a cargo do Governo do Estado do Amapá
23h30 – Baile Dançante

23/07 (segunda feira)
18h30 – Novena (Família Silveira)
20h – Arraial a cargo da Prefeitura Municipal de Mazagão e Câmara de Vereadores
23h30 – Baile Dançante

24/07 (terça-feira)
4h – Alvorada Festiva
16h – Entrega dos Presentes
18h30 – Missa
21h30 – Baile de Máscaras

25/07 (quarta-feira)
7h – Saída do Arauto convidando as figuras para o círio
8h – Missa solene em frente à Capela de São Tiago
9h – Início do círio
11h – Dança do Vominê para convidados e em residências locais
12h – Passagem do “Bobo Velho”
15h – Saída do arauto anunciando o início da batalha, com os seguintes episódios:

Descoberta do Atalaia
Morte do Atalaia
Armadilha (Emboscada feita pelos cristãos)
Captura e venda das crianças cristãs e partilha do dinheiro
Troca do corpo do Atalaia pela bandeira moura
Batalha entre mouros e cristãos, tomada do estandarte mouro e batalha final
Vominê (dança da vitória dos cristãos)
20h – Recírio
20h30 – Ladainha

26/07 (quinta-feira)
8h – Salve rainha em louvor a Santa Ana (procissão)
9h – Baile da melhor idade.

27/07 (sexta-feira)
5h – Alvorada festiva e início da festa de São Tiago das crianças
16h – Entrega dos presentes
19h – Transladação do Santo e a novena
21h – Baile de Máscaras

28/07 (sábado)
8h – Missa com o Círio das Crianças
11h – Visitas nas residências locais
12h – Passagem do “Bobo Velho”
16h – Batalha das crianças
20h – Recírio

0

Centenário de Nelson Mandela

No dia 18 de julho de 2018, foi comemorado o centenário do líder sul-africano Nelson Mandela. Madiba, como era carinhosamente chamado pelos sul-africanos, se tornou um dos maiores símbolos da luta pela igualdade e contra o racismo do século XX, tendo ganhado o prêmio nobel da paz em 1993, pela sua trajetória.
O Neab/Unifap, vem por meio desta publicação celebrar a vida e a obra de Nelson Mandela e deixa também algumas de suas celebres frases para inspirar o coração daqueles que também combatem o bom combate, como Madiba fazia.
WhatsApp Image 2018-07-18 at 23.10.13 (1)

WhatsApp Image 2018-07-18 at 23.10.13

WhatsApp Image 2018-07-18 at 23.10.14

WhatsApp Image 2018-07-18 at 23.10.15

0

Educar em Revista – Dossiê – Educação e Relações Étnico-Raciais: o estado da arte

V. 34, N. 69 (2018)
Dossiê – Educação e Relações Étnico-Raciais: o estado da arte
SUMÁRIO
DOSSIÊ TEMÁTICO
Apresentação – Sobre a pesquisa Educação e Relações Étnico-Raciais
Paulo Vinicius Baptista da Silva, Kátia Evangelista Regis, Shirley Aparecida Miranda
PDF
p. 09-16
Língua e cultura em contexto multilingue: um olhar sobre o sistema educativo em Moçambique
Amélia Francisco Filipe da C. Lemos
PDF
p. 17-32
Currículo e Relações Étnico-Raciais: o Estado da Arte
Kátia Evangelista Regis, Guilherme Basílio
PDF
p. 33-60
As relações étnico-raciais na Literatura Infantil e Juvenil
Débora Cristina de Araujo
PDF
p. 61-76
Livro didático, Educação e Relações Étnico-raciais: o estado da arte
Tânia Mara Pedroso Muller
PDF
p. 77-95
Formação de professores e relações étnico-raciais (2003-2014): produção em teses, dissertações e artigos
Wilma de Nazaré Baía Coelho
PDF
p.97-122
Educação das Relações Étnico-Raciais nas instituições escolares
Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva
PDF
p.193-207
Políticas Afirmativas na Pesquisa Educacional
Paulo Vinicius Baptista da Silva, Carolina dos Anjos de Borba
PDF
p.151-191
Quilombos e Educação: identidades em disputa
Shirley Aparecida de Miranda
PDF
p.123-150
DEMANDA CONTÍNUA
História da educação da população negra: o estado da arte sobre educação e relações étnico-raciais (2003-2014)
Marcelo Pagliosa Carvalho
PDF
p. 211-230
A práxis filosófica no Proeja: reflexões sobre as relações sociais capitalistas e a formação humana integral
Eliesér Toretta Zen, Edna Castro de Oliveira
PDF
p.231-244
Trabalhadores em Educação no Governo de Pernambuco: por um diálogo ativo
Ana Claudia Dantas Cavalcanti
PDF
p.245-260
Um estudo sobre práticas e crenças parentais e o desempenho em escrita de crianças
Selma de Cássia Martinelli, Elaine Cristiane Aguena Matsuoka
PDF
p.261-276
O papel do conhecimento acerca da estrutura do texto na escrita de histórias por crianças
Alina Galvão Spinillo, Kátia Leal Reis de Melo
PDF
p. 277-292
Situação de Estudo como artefato para a qualificação metodológica na formação inicial de professores de química: um caso específico das Rodas de Conversa
Everton Bedin, José Claudio Del Pino
PDF
p. 293-309
Educação como expressão do corpo que dança: um olhar sobre a vivência da dança em projetos sociais
Thays Silva, Rosie Medeiros
PDF
p. 311-324
La integración de las TIC en los procesos educativos y organizativos
Ana Felicitas Gargallo Castel
PDF (ESPAÑOL (ESPAÑA))
p. 325-339
RESENHAS
A atualidade dos conceitos de “africanidades brasileiras”, “valores de refúgio” e “enegrecer” da autora Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva para a pesquisa em educação
Wilker Solidade da Silva
PDF
p. 343-348
Pensamento abissal, educação e movimento negro
Maysa Ferreira da Silva
PDF
p.349-355

0

19GB de Marxismo para ler e compreender.

Passamos de 1.700 livros! Agora já são mais de 19 GB de marxismo, fenomenologia, entre outras abordagens para baixar de graça e ler.

Todos autores – http://goo.gl/pmlmhe

Adolfo Sánchez Vázquez – http://goo.gl/1DFmCS
Alain Badiou – http://goo.gl/gwJVGZ
Alex Callinicos – http://goo.gl/7wHgwZ
Alexandra Kollontai – http://goo.gl/JBLYhr
Andre Gunder Frank – https://goo.gl/KFgvBI
Antonio Gramsci – http://goo.gl/e91JpT
Bertolt Brecht – http://goo.gl/jeMi0w
Bolívar Echeverría – http://goo.gl/lUuQgf
Caio Prado Jr. – http://goo.gl/ZHMYdm
Carlos Nelson Coutinho – http://goo.gl/UmdgGh
Che Guevara – http://goo.gl/YEh4me
Congressos da Internacional Comunista -http://goo.gl/pem8pt
Daniel Bensaïd – http://goo.gl/OSMla3
David Harvey – http://goo.gl/h270rQ
E. P. Thompson – http://goo.gl/ZgnQPE
Ellen Wood – http://goo.gl/qFricV
Enrique Dussel – http://goo.gl/LFDziI
Eric Hobsbawm – http://goo.gl/uiOOjp
Ernest Mandel – http://goo.gl/lkYF5T
Étienne Balibar – https://goo.gl/uMs0PT
Fidel Castro – http://goo.gl/pjrxh6
Florestan Fernandes – http://goo.gl/mZsebg
Fredric Jameson – http://goo.gl/lZVSGC
Guillermo Lora – https://goo.gl/okmpaV
György Lukács – http://goo.gl/9FMYCm
Hal Draper – http://goo.gl/ZCBaMk
Heleieth Saffioti – https://goo.gl/SPdzqO
Henri Lefebvre – http://goo.gl/HD1HDc
Herbert Marcuse – http://goo.gl/Px1Zij
Isaac Deutscher – http://goo.gl/bHUdxV
István Mészáros – http://goo.gl/afiVQ6
Jean-Paul Sartre – http://goo.gl/sMKS5U
João Bernardo – http://goo.gl/0IGAOX
José Martí – http://goo.gl/uAvaUW
José Paulo Netto – http://goo.gl/oVXiG9
Leandro Konder – http://goo.gl/1skAkm
Lenin – http://goo.gl/fR4vGu
Louis Althusser – http://goo.gl/oN57gg
Mao Tse-Tung – http://goo.gl/8G19Zx
Marx e Engels – http://goo.gl/3M5Yeg
Michael Löwy – http://goo.gl/26dJVL
Milton Santos – http://goo.gl/xcqJLD
Nelson Werneck Sodré – https://goo.gl/WM3riS
Nicos Poulantzas – http://goo.gl/UmSans
Paulo Freire – http://goo.gl/B1PLTh
Perry Anderson – http://goo.gl/LEsbKq
Raymond Williams – http://goo.gl/jS5HXi
Ricardo Antunes – https://goo.gl/3k1E3N
Rosa Luxemburgo – http://goo.gl/wOCcDv
Ruy Mauro Marini – http://goo.gl/jBTrGn
Simone de Beauvoir – https://goo.gl/8D2P6H
Slavoj Žižek – http://goo.gl/6VnnRY
Stalin – http://goo.gl/dlb1lE
Terry Eagleton – http://goo.gl/Yx4OrX
Theodor Adorno – http://goo.gl/ot9rMP
Theotônio dos Santos – http://goo.gl/9aZaOj
Trotsky – http://goo.gl/Z0NMf7
Vânia Bambirra – http://goo.gl/sFhFq4
Walter Benjamin – http://goo.gl/mgXFky

0

Programação do Ciclo do Marabaixo 2018

Marabaixo de Aceitação
Data: 31 de março (sábado)
Hora: 17h
Local: Barracão da Gertrudes Saturnino (Av. Duque de Caxias – 1203, Santa Rita)

1º Marabaixo da Ressureição
Data: 1º de abril (domingo)
Hora: 16h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Marabaixo do Trabalhador
Data: 1º de maio
Hora: 17h
Local: Barracão da Gertrudes Saturnino (Av. Duque de Caxias – 1203, Santa Rita)

Retirada do Mastro nas Matas do Curiaú
Data: 5 de maio
Hora: 9h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Marabaixo do Mastro
Data: 5 de maio
Hora: 17h
Local: Barracão da Gertrudes Saturnino (Av. Duque de Caxias – 1203, Santa Rita)

2º Marabaixo do Raimundo Ladislau
Data: 6 de maio
Hora: 9h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

3º Marabaixo do Raimundo Ladislau
Data: 9 de maio
Hora: 16h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Novenário do Divino Espírito Santo
Data: 10 de maio
Hora: 19h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

1º Baile dos Sócios do Divino Espírito Santo
Data: 11 de maio
Hora: 21h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Início do Novenário da Santíssima Trindade
Data: 18 de maio
Hora: 15h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Ladainhas em Louvor a Santíssima Trindade
Data: 18 de maio
Hora: 19h
Local: Barracão da Gertrudes Saturnino (Av. Duque de Caxias – 1203, Santa Rita)

Corte da Murta
Data: 19 de maio
Hora: 16h
Local: local não informado

2º Baile dos Sócios do Divino Espírito Santo
Data: 19 de maio
Hora: 21h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Domingo do Espírito Santo
Data: 20 de maio
Hora: 7h
Local: Igreja São Benedito (Laguinho)

Marabaixo da Santíssima Trindade
Data: 20 de maio
Hora: 16h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Marabaixo da Murta
Data: 20 de maio
Hora: 17h
Local: Barracão da Gertrudes Saturnino (Av. Duque de Caxias – 1203, Santa Rita)

1º Baile dos Sócios da Santíssima Trindade
Data: 21 de maio
Hora: 21h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

2º Baile dos Sócios da Santíssima Trindade
Data: 26 de maio
Hora: 21h
Local: Marabaixo Raimundo Ladislau (Rua Eliezer Levy – 632, Laguinho)

Domingo da Santíssima Trindade
Data: 27 de maio
Hora: 7h
Local: Igreja São Benedito (Laguinho)

Missa da Santíssima Trindade
Data: 27 de maio
Hora: 9h
Local: Igreja Santíssima Trindade (Santa Rita)

Marabaixo de Corpos Christi
Data: 31 de maio
Hora: 17h
Local: Local: Barracão da Gertrudes Saturnino (Av. Duque de Caxias – 1203, Santa Rita)

Derrubada do Mastro
Data: 3 de junho
Hora: 17h
Local: nas sedes dos grupos marabaixeiros

0

I Simpósio de Arqueologia do Amapá: Um dialogo Interdisciplinar

Essa semana acontecerá o II Simpósio de Arqueologia do Amapá: Um dialogo Interdisciplinar.

E o Neab-Unifap estará lá, sendo representando por nossa Coordenadora Geral Profa. Piedade Lino Videira, que estará na coordenação da sessão “Patrimônio Cultural, Formação de Professores e Educação”.

O Segundo simpósio acontecerá nos dias 19 e 20 de Abril de 2018. As inscrições estão sendo realizadas na Cantina Central da Unifap. Segue abaixo a programação completa:
19/04 (QUINTA)
08h as 12h
CREDENCIAMENTO
LOCAL: ENTRADA DO ARANHA
Local: IEPA
Oficina: Introdução ao métodos arqueológicos de campo
– Rafael Stabile e Luiz Eduardo Oleiro (NuPArq-IEPA)
10h as 12h
Local: Hall do Aranha
Mesa redonda: ARQUEOLOGIA DO AMAPÁ E SEU PAPEL PARA A COMPREENSÃO DA AMAZÔNIA PRÉ-COLONIAL
– Dr. João Saldanha (FAFICH-UFMG)
– Ms. Kleber Souza (IPHAN-AP)
__________________________________________________________________________
14h as 16h
Local: Mini auditório 1
Sessão Coordenada: ARQUEOLOGIA, MEMÓRIA E PATRIMÔNIO
Coord.: Profa. Dra. Verônica Luna (CEMEDHARQ-UNIFAP)
– Festividade de Nossa Senhora da Piedade no distrito de Igarapé do Lago, município de Santana: fé, tradição e
memória – de 1890 a 2017. – Edilene e Elzilene Dias (UNIFAP)
– Relatório de Estágio supervisionado no CEMEDHARQ-UNIFAP: relato de experiência – Paloma Marinho (NuPArq)
– A vingança da historicidade: Historiografia e Arqueologia num diálogo possível. – Queiton Carmo (UNIFAP/NuPArq)
– Base Aeronaval do Amapá: Patrimônio histórico-cultural da cidade de Amapá. – Ricardo Trindade (UNIFAP)
– A presença do fenômeno religioso no trabalho das parteiras amapaenses: a narrativa museológica na
representatividade das parteiras no Museu Sacaca. – José Galdêncio da Silva (UNIFAP)
– Continuidades e rupturas: os chefes Arawak e a formação do Naoné Palikur – Cristina Brito (CEPE-UNIFAP / NuparqIEPA)

Local: Mini auditório 2
Sessão Coordenada: PATRIMÔNIO CULTURAL, FORMAÇÃO DE PROFESSORES E EDUCAÇÃO
Coord.: Profa. Dra. Piedade Videira (NEAB-UNIFAP)
– Patrimônio Arqueológico e desenvolvimento: conflitos e desafios entre o legal e o real na Amazônia. – Ana Cristina
Silva (PPGDSTU-NAEA-UFPA)
– Diversidade étnico-racial e educação patrimonial. – Arlete Souza (PROFHISTÓRIA)
– Práticas culturais criativas em contexto de escravidão: o uso do vidro para confecção de instrumentos no antigo
Engenho do Murutucu, Belém, Pará. – Everaldo Santos (NuPArq-IEPA)
– Educação para relações étnico-raciais: a cultura e o movimento negro como formas de resistência. – Lana Patrícia
Torres (CEPE-UNIFAP)

16h20 as 18h20

Local: Mini auditório 1
Sessão Coordenada: PATRIMÔNIO, PAISAGENS CULTURAIS E ARQUEOLOGIA
– Profa. Ms. Eloane Cantuária (Arquitetura-UNIFAP)
– Paisagem Cultural: da Fortaleza ao Araxá – Aneliza Smith (NuPArq-IEPA)
– Iconografia e identidade cultural: a construção da Amapalidade a partir de grafismos arqueológicos em Macapá. –
Carla Matos (NuPArq-IEPA)

Local: Mini auditório 2
Sessão coordenada: AS CONTRIBUIÇÕES DAS GEOCIÊNCIAS PARA AS INTERPRETAÇÕES ARQUEOLÓGICAS
Coord.: Ms. Keyla Frazão (NuPArq-IEPA)
– Dos vestígios arqueológicos às Paisagens culturais. – Mayara Mariano (NuPArq-IEPA)
– Os instrumentos líticos dos sítios Santana I, Cantanzal I, EDP e Oiapoque. – Robeli Chagas (NuPArq-IEPA)
_________________________________________________________________________
19h
Local: Hall do Aranha
Mesa Redonda: INTERDISCIPLINARIDADE E ARQUEOLOGIA, UM DIÁLOGO COLABORATIVO
– Profa. Dra. Carmentilla Martins (História-UNIFAP)
– Ms. Lúcio Costa Leite (NuPArq-IEPA)
20/04 (SEXTA-FEIRA)
08h as 12h
Local: IEPA
Oficina: Introdução ao métodos arqueológicos de campo
– Rafael Stabile e Luiz Eduardo Oleiro
Local: IEPA
Oficina de tecnologia lítica experimental
– Alexandra Guimarães e Robeli Chagas (NuPArq-IEPA)
_____________________________________________________________________________
14h as 16
Local: Mini Auditório 1
Seção Coordenada: UM BALANÇO DAS PESQUISAS ARQUEOLÓGICAS ATUAIS NO AMAPÁ
Coord.: Ms. Michel Bueno (NuPArq-IEPA)
– Iconografia como fonte histórica e arqueológica: um estudo de caso sobre a cerâmica Aristé – Adriene Gomes
(UNIFAP)
– No Man’s Land: variabilidade tecnológica dos vestígios líticos e cerâmicos de três sítios arqueológicos localizados no
município de Ferreira Gomes – AP. – Jonathan Monteiro (UNIFAP/NuPArq)
– Entre Fragmentos e Histórias: caracterização das cerâmicas arqueológicas do sítio Prainha do Jutaí. – Marcus
Guedes (UNIFAP/NuPArq)
– Relatório de Estágio em Pesquisa Histórica no Núcleo de Pesquisas Arqueológicas do IEPA. – Taíssa Barros (UNIFAP)

Local: Mini auditório 2
Sessão Coordenada: ENSINO DE HISTÓRIA, PATRIMÔNIOS MATERIAIS E IMATERIAIS E PROTAGONISMOS
INDÍGENAS E NEGROS NO AMAPÁ
Coord.: Prof. Dr. Giovani Silva (UNIFAP)
– Procedimentos metodológicos para mapeamento fonético do português falado: o contexto das sociedades
indígenas Karipuna e Galibi-Marworno – Amanda Carvalho (PPGL-UFPA)
-“Hurah! Pela liberdade!” A atuação das Ligas Redentoras em Macapá no processo abolicionista (1888). – João
Morais Jr. (PROFHISTÓRIA-UNIFAP)
– História indígena amapaense: desafios e perspectivas ao ensino de história. – Maritelma Ferreira (PROFHISTÓRIA)
– Cultura e Educação: as toadas de Boi Bumbá como instrumento no processo de formação cultural do
aluno/professor – Marlon Jr. (UNIFAP)
– Cerâmica Baniwa: reflexões a partir da estética de Heidegger – Paulo César Holanda (PPGICH/UEA) e Marilina Pinto
(UFAM)
– O Relatório Figueiredo e a segunda inspetoria do Serviço de Proteção aos Índios – SPI (1967-1968) – Robson Batista
(UNIFAP)
– Uma ponte entre povos?: a identidade Palikur em fronteiras étnicas, nacionais e religiosas (2001 – 2005) –
Venâncio Pereira (PPGEF-UNIFAP)
– Quimera de índio?: Encontrando o tema e discutindo problemas sobre o uso da a mitologia indígena em aulas de
História do Amapá. – Vitor Silva (PROFHISTÓRIA)

16h20 as 18h20

Local: Mini auditório 1
Sessão Coordenada: EDUCAÇÃO PATRIMONIAL: NOVOS OLHARES E PROPOSTAS
Coord.: Profa. Dra. Lara Vanessa (CEPAP-UNIFAP)
– Patrimônio arqueológico, conhecer para valorizar e preservar: um relato de experiência. – Eliana Ribeiro (Prof
História-UNIFAP)
– Aprendizagem arqueológica na Educação Infantil: práticas lúdicas. – Jilcinéia Duarte e Lucyvânia (USM/MAE-AP)
-O Uso do Espaço de Pesquisa Como Ferramenta Para a Educação Patrimonial: o caso do NUPARQ. – Alan Nazaré
(NuPArq-IEPA) e Cristina Brito (CEPE-UNIFAP/NuPArq-IEPA).
Local: Hall do Aranha
Mesa Redonda: COMUNICAÇÃO, DESIGN E ARQUEOLOGIA
-Lúcio Costa Leite (NuPArq-IEPA)
-Tami Martins (Sereia Abacaxi)
– Kassandra Oliveira (ICMBio)
______________________________________________________________________
19h
Palestra de Encerramento: A ARQUEOLOGIA E AS OUTRAS PESSOAS: DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES E
INTERCULTURAIS
Profa Dra. Mariana Petry Cabral (FAFICH-UFMG)Cartaz de divulgação WEB