You are currently viewing Iphan detalha edital de premiação que reconhece ações na área do Patrimônio Cultural

Iphan detalha edital de premiação que reconhece ações na área do Patrimônio Cultural

Na próxima quarta-feira, 7 de julho, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada à Secretaria Especial da Cultura (Secult) e ao Ministério do Turismo, promove evento online para tratar do edital da 34ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. Ao vivo no canal do Iphan no YouTube às 17h, a Comissão Organizadora do concurso vai detalhar os principais pontos do concurso e esclarecer dúvidas dos interessados em se inscrever na premiação.

Realizado desde 1987, o Prêmio Rodrigo reconhece, em nível nacional, ações de excelência para preservação e salvaguarda do Patrimônio Cultural Brasileiro. “O evento online para explicar pontos importantes do edital é mais uma das ações programadas para tornar a premiação mais acessível e alcançar um público bem diversificado em todas as regiões do País”, explica a coordenadora-geral da Comissão Organizadora, Sônia Rapim.

Inscrições

O edital do concurso foi lançado no dia 21 de junho. Os interessados têm até 15 de agosto para inscrever ações. Esta edição conta com categoria que vai destacar iniciativas realizadas no contexto da pandemia. Ao final, doze ações serão reconhecidas em nível nacional.

Poderão concorrer à premiação de R$ 20 mil ações desenvolvidas no âmbito do poder público, cooperativas e associações formalizadas, redes e coletivos não formalizados, pessoas físicas, microempreendedor individual e microempresa. Fundações e empresas privadas poderão concorrer à menção honrosa, segmento no qual não há remuneração em espécie.

Histórico do Prêmio

O nome do prêmio é uma homenagem ao advogado, jornalista e escritor Rodrigo Melo Franco de Andrade, nascido em 1898, em Belo Horizonte (MG). Entre 1934 e 1945, período em que Gustavo Capanema era ministro da Educação, Rodrigo integrou o grupo formado por intelectuais e artistas herdeiros dos ideais da Semana de 1922, quando se tornou o maior responsável pela consolidação jurídica do tema Patrimônio Cultural no Brasil. Em 1937 esteve à frente da criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan), atual Iphan, que presidiu por 30 anos.

Serviço:
Fique Por dentro do Edital do Prêmio Rodrigo
Data: 7 de julho, às 17h
Transmissão: Canal do Iphan no YouTube
Acesse o edital do prêmio

Assessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.br
Adriana Araújo – adriana.araujo@iphan.gov.br
(61) 2024-5512

Letícia Maciel – leticia.vale@iphan.gov.br
(61) 2024-5512

https://www.gov.br/iphan/
ww.facebook.com/IphanGovBr
www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr