NTI RENOVA ESTRUTURA DE DADOS DA BIBLIOTECA E NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO

22426447_1494209767336113_995679053063795834_o

O Núcleo de Tecnologia da Informação – NTI, entrega nova rede de dados para mais dois prédios a Universidade Federal do Amapá – UNIFAP. Nesta nova etapa foram renovados a rede de dados dos prédios da Biblioteca Central e Núcleo de Acessibilidade e Inclusão – NAI, sendo implantados 36 pontos cabeados no NAI e 104 na Biblioteca. Também foram disponibilizados 07 pontos de de acesso WI-FI EDUROAM.

De acordo com a Diretora da Biblioteca Central, Maria do Carmo Lima Marques, a renovação da rede de dados era fundamental para os serviços prestados à comunidade acadêmica. “Uma boa estrutura de dados é imprescindível para o bom andamento dos serviços de uma biblioteca universitária, onde o armazenamento e disseminação de dados e informações são necessários para o atendimento da comunidade acadêmica e usuários externos”, ressaltou Do Carmo.

“A Biblioteca informatizada e reestruturada poderá desenvolver suas atividades proporcionando maior agilidade, segurança, facilidade na recuperação de informações, além de intensificar seus treinamentos, seja na plataforma de e-books, portal capes ou outras bases de dados disponíveis na UNIFAP”, afirma Do Carmo.

Para Myryan Sylvia Sousa de Almeida, técnica em assuntos educacionais, a nova estrutura de dados, além de beneficiar as pesquisas dos acadêmicos assistidos pelo NAI, irá auxiliar a administração do Núcleo. “ A implantação da estrutura de dados facilita muito o trabalho administrativo e pedagógico, tendo em vista que o acesso à internet é essencial para serviços administrativos, além de favorecer as pesquisas dos acadêmicos. Também ajudará muito no trabalho de adaptação de material didático acessível, considerando que temos impressoras, digitalizador e leitor braille, que necessitam de internet para seu funcionamento”, disse Myryan.

O próximo local a ser atendido pelo projeto do NTI, para implantação de nova estrutura de dados, será o Campus Santana.

AMPLIAÇÃO DE ESTRUTURA DE DADOS DA UNIFAP ULTRAPASSA OS 50%

5668DBA7-695F-4B2C-8A13-678210E50DCE

(Leandra Rodrigues)

Visando atender deficiências encontradas nos diversos cursos da UNIFAP, que influenciam negativamente nos resultados das avaliações do MEC, o qual, dentre outros, também avalia o quesito infraestrutura, o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) elaborou um projeto audacioso, com finalidade de renovar toda a estrutura de dados da UNIFAP, que contavam com infraestrutura de dados antiga, deficiente e em alguns ambientes, inexistente.

Para atender estas necessidades, a UNIFAP contratou empresa especializada em implantação de estrutura de dados e desde a assinatura do contrato, que ocorreu em 2015, recebemos nova estrutura em mais de 50% dos 75 ambientes mapeados, os quais são voltados para docentes, técnicos administrativos e acadêmicos. Em 2015 o percentual de atendimento ficou em 9,33%, em 2016 ficou em 24,17% e só em 2017, até o mês de maio, foram concluídos 18,33%.

Matéria 50_

A equipe do NTI, como a responsável pelo projeto, sente-se muito contente em poder contribuir com o crescimento da Universidade, mesmo diante de um cenário pouco favorável para implantação de novos sistemas, visto que, sofremos com cortes no orçamento.

Completo

PRÉDIO DO CURSO DE HISTÓRIA TEM ESTRUTURA DE DADOS RENOVADO.

20170411_085040

Leandra Rodrigues

Esta foi a vez do curso de História ganhar nova estrutura de dados, recebendo pontos cabeados e sem fio para possibilitar o acesso de Discentes e Docentes à internet. Com a finalidade de suprir parte das necessidades do curso, o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) disponibilizou 2 pontos de acesso a Rede WI-FI EDUROAM e 28 pontos de Rede cabeados, distribuídos em todas as dependências do Bloco S, que possui três (3) Salas de Aula, cinco (5) Gabinetes de Professores e uma (1) Sala de Reunião.

O NTI coletou requisitos, elaborou o Projeto de Rede e fiscalizou a execução do serviço, realizado por empresa contratada. O Analista de Tecnologia da Informação, Richardson Salomão, explica o que motivou execução do serviço. “O bloco ‘S’ não possuía rede de dados, impossibilitando o acesso de Discentes e Docentes à Internet.”, afirmou Richardson.

Segundo o Vice-Coordenador de História, Professor Edinaldo Pinheiro Nunes, a partir de agora os docentes/pesquisadores terão maior facilidade para se conectar à internet e poder manter contato diário com o mundo acadêmico. “De agora em diante os docentes e pesquisadores do colegiado de história terão maior facilidade para se conectar à internet e usá-la conforme a sua necessidade acadêmica, além de ter a internet como instrumento e ferramenta de pesquisa e aprendizagem, poderão socializar o conhecimento científico produzido na Universidade”, disse Edinaldo.

Para o acadêmico de História, Raimundo dos Santos, o acesso à internet é um instrumento que possibilita ao estudante obter as informações de forma mais ágil. “A internet é uma ferramenta que democratiza o conhecimento, possibilitando aos estudantes ter informações sobre diferentes lugares, ter acesso à produção acadêmica de outras instituições de forma rápida e instantânea”, afirmou Raimundo.

Já para o acadêmico Erison Alfaia Barbosa, o acesso à internet é essencial, pois facilita os estudos. “A internet hoje é fundamental na vida de qualquer acadêmico, visto que facilita muito a busca de textos em sites e revistas eletrônicas, além do mais, nos deixa por dentro dos acontecimentos do mundo”, disse Erison.

“Esses novos pontos de acesso vão enriquecer o aprendizado em sala de aula, tornando a vida dos estudantes de história mais fácil, além disso, o próprio professor vai ter como fazer pesquisas durante a aula, via internet, em caso de dúvidas, visto que muitas vezes temos que recorrer a alguns vídeos ou filmes”, ressalta Erison.

PRÉDIO DO PPGBio TEM SUA ESTRUTURA DE DADOS AMPLIADA

20170411_084858

(Leandra Rodrigues)

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) ampliou a estrutura de dados no prédio do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Tropical- PPGBio, que atualmente abriga 2 salas de aula, 1 laboratório de informática, sala da coordenação do curso e 1 sala para pesquisadores.

O NTI atuou nas etapas de Coleta de Requisitos, Elaboração de Projetos de Redes e Fiscalização dos Serviços, que foram executados por empresa contratada. O Analista de Tecnologia da Informação Richardson Salomão, Fiscal Técnico do Contrato, explica que o prédio do PPGBio possuía infraestrutura de redes, porém insuficiente para as demandas do curso. “No bloco já existia infraestrutura de dados, porém com poucos pontos de rede, necessitando ser ampliada e conectada em novo Ponto de Presença do NTI (POP-NTI), recém configurado no bloco L”, disse Richardson.

Para suprir as necessidades do curso de Pós-Graduação em Biodiversidade Tropical, foram disponibilizados 65 novos pontos cabeados e 3 pontos de acesso WI-FI EDUROAM.

Segundo o Vice-Coordenador do PPGBio, José Julio, a nova estrutura de dados vem proporcionar aos estudantes maior flexibilidade ao acesso à internet, além de acelerar procedimentos que demandam de uma boa internet. “Acreditamos que a nova estrutura venha proporcionar maior rapidez e agilizar o acesso à Internet, essencial para o funcionamento do PPGBio, considerando as tarefas administrativas, de ensino e de pesquisa. Com a nova estrutura em funcionamento, os estudantes terão acesso rápido à internet através de seus notebooks, o que facilitará a realização de pesquisas e utilização de ferramentas online”, disse José.

Para a aluna de Pós-Graduação, Edith Clemente, o acesso à internet será de suma importância para auxiliar em suas pesquisas e produções de artigos. “O acesso à internet nos possibilita ter uma produção mais ágil em nossas pesquisas, além de facilitar a procura por outros artigos e, principalmente, a flexibilidade nos dados para a minha pesquisa. Nossa comunicação também com os professores será melhor, pois na maioria das vezes nossa comunicação é feita por email”, afirmou Edith.

FORNECIMENTO DE ESTRUTURA DE DADOS A PRÉDIOS DA UNIFAP.

Sem_t_tulo

Mês de referência: Jan/2017.

O Núcleo de Tecnologia da Informação – NTI, através de contrato com empresa especializada, amplia a rede de dados nos prédios da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, levando acesso à internet a seus acadêmicos, professores e técnicos. Até o momento já beneficiou 25 prédios, contando com os blocos de salas de aula do curso de Farmácia e Laboratórios de Análises Clínicas, concluídos recentemente.

Confira a quantidade de pontos já instalados em prédios da UNIFAP:

Jan/2017

NOVOS AMBIENTES DA UNIFAP ESTÃO RECEBENDO REDE DE DADOS.

Imagem2
(Leandra Rodrigues)
 

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) esta conectando o novo bloco de Farmácia à rede de dados da UNIFAP e implantando estrutura de dados no Laboratório de Telessaúde (Bloco de Enfermagem).

Estão sendo finalizados os serviços de implantação de novos pontos de acesso em dois blocos distintos, o primeiro abriga 06 salas de aula e pertence ao curso de Farmácia, e o segundo, que abriga laboratórios e salas de aula, pertence ao curso de Enfermagem.

O NTI realizou a elaboração do projeto de rede e fiscaliza o serviço que tem previsão para conclusão no dia 03/02/2017. O Analista de Tecnologia da Informação Richardson Salomão explica que, para suprir as necessidades dos novos prédios e suas dependências, foram instalados 56 novos pontos lógicos cabeados e 4 pontos de Wi-Fi.

Segundo o bolsista do RUTE, Atos Rodrigues Campos, essa nova rede de dados será de grande importância, visto que a principal finalidade do RUTE é a realização de videoconferência, e como tal recurso exige uma boa conexão via internet, essa nova rede será fundamental para nossos serviços, ressaltou Atos.

“A instalação desses novos pontos de acesso vem somar com a finalidade do RUTE, onde as videoconferências necessitam de variados pontos de acesso, que permitam o funcionamento do equipamento de videoconferência e de outros dispositivos eletrônicos(computadores, notebooks, etc)”,afirmou Atos.

Para o monitor do projeto Telessaúde, Paulo Victor das Neves, essa nova estrutura vai melhora bastante o acesso dos acadêmicos e dos docentes que utilizam o ambiente para a produção de trabalhos para a instituição. Outro ponto positivo com a instalação dessa nova rede de dados será a divulgação para outros cursos, visto que poucos alunos têm conhecimento do projeto, disse Paulo.

Imagem3

Imagem1

NTI ENTREGA NOVA ESTRUTURA DE DADOS À PROAD

P_20161205_153533

(Leandra Rodrigues)

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) conectou o novo ambiente da Pró-Reitoria de Administração – PROAD à rede de dados da UNIFAP. No local funcionará a Divisão de Contratos, Divisão de Diárias e Passagens, dentre outros setores da PROAD.

O NTI realizou a elaboração do projeto de Rede e fiscalizou o serviço executado. “O novo ponto Wi-Fi vai melhorar o sinal da rede EDUROAM na área entre a Reitoria e a PROGEP, aumentando a qualidade do sinal da rede”, diz o Analista de Tecnologia da Informação Richardson Salomão.

“Antes a PROAD era conectada com apenas um cabo de par trançado, que alimentava todos os pontos existentes no local, com este serviço, substituímos esse link, por um cabo de fibra óptica, aumentando assim a conexão do prédio e consequentemente com o NTI”, explica Salomão.

Para suprir as necessidades do prédio e suas dependências, foram instalados 50 novos pontos lógicos cabeados e 1 ponto de Wi-Fi. “A instalação dos novos pontos facilitará bastante nossos serviços, visto que na antiga estrutura éramos obrigados a improvisar, o que nos causava transtornos”, afirmou a Pró-Reitora de Administração Wilma Gomes Silva Monteiro.

Segundo a Chefe da Divisão de Contratos, Regina Schinda, essa nova estrutura vai agilizar bastante seus trabalhos. “A gente vai ter um controle maior sobre os processos que ficarão todos concentrados no mesmo lugar”, disse Regina.

Para o Chefe de Divisão de Diárias e Passagens, Diego Belo o projeto dessa nova estrutura foi bem organizado e os ajudará bastante. “Vai facilitar muito o atendimento aos servidores e ao público que buscam informações na Divisão de Diárias”, ressaltou Diego.

O próximo ambiente a receber nova estrutura de dados será o Laboratório Telessaúde, que atualmente funciona no Bloco L e esta se mudando para o novo bloco de Enfermagem, o qual receberá 36 pontos cabeados.

FORNECIMENTO DE ESTRUTURA DE DADOS A PRÉDIOS DA UNIFAP.

rg2304-lan-banner

Mês de referência: Out/2016.

O Núcleo de Tecnologia da Informação – NTI, através de contrato com empresa especializada, amplia a rede de dados nos prédios da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, levando acesso à internet a seus acadêmicos, professores e técnicos. O contrato tem por objetivo fornecer infraestrutura de redes de dados aos Campi da UNIFAP, e até o momento já beneficiou 20 prédios, contando com o prédio da Prefeitura/Corregedoria/Coordenação de Arquitetura/CPL concluídos essa semana.
Confira a quantidade de pontos já instalados em prédios da UNIFAP:

Foto 31-10-16 14 28 00

PRÉDIO DA PREFEITURA DO CAMPUS MARCO ZERO RECEBE NOVA ESTRUTURA DE REDE DE DADOS

Prefeitura

(Leandra Rodrigues)

 O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) conectou o prédio da Prefeitura do Campus Marco Zero à rede de dados da UNIFAP. O prédio atualmente mantém em suas dependências a Comissão Permanente de Licitação (CPL), Corregedoria, Divisão de Projetos e Fiscalização, Divisão de Manutenção, Telefonia, dentre outros setores da Prefeitura do Campus.

O NTI realizou a elaboração do projeto de Rede e apoiou na fiscalização do serviço entregue. O Analista de Tecnologia da Informação e Fiscal Técnico, Richardson Salomão, explicou que existiam pontos antigos, porém não supriam toda a necessidade do prédio. “Após essa nova implantação de redes de dados o prédio passa a ter total cobertura do EDUROAM, o que antes não era possível, devido o local possuir apenas um ponto de Wi-Fi”, afirmou Salomão.

Para suprir as necessidades das dependências do prédio foram colocados 86 pontos lógicos e 3 pontos de Wi-Fi. “Com esses novos pontos de acesso melhorou bastante a Internet, pois eles nos proporcionam uma velocidade maior facilitando nosso trabalho diário, o que antes não era possível visto que a Internet era lenta demais dentro das salas”, disse Joel Costa e Lima, Chefe de Telefonia.

“Houve uma melhoria significativa na distribuição dos pontos de acesso aqui na nossa sala, o que é de fundamental importância para o nosso trabalho, visto que hoje só fazemos Licitações Eletrônicas (RDC) por meio da Internet”, disse o servidor da CPL, Fernando Nascimento.