PROJETO DE EXTENSÃO: LA LINGUA ITALIANA NELL’ AMAZZONIA CURSO GRATUITO DE ITALIANO PARA INICIANTES (A-1)

Sem títulotgA UNIFAP- Campus Binacional do Oiapoque, através do Colegiado de Letras Francês/Português,  abrirá inscrições para Projeto de extensão  La Lingua Italiana nell’Amazzonia. Este  é um curso de italiano para iniciantes ofertado às comunidades oiapoquense e acadêmica do Campus Binacional. Sua duração é de 6 meses, e ocorrerá entre 07/10/2017 a 31/03/2018, aos sábados, das 10h às 12h. No período, serão estudadas as quatro habilidades linguísticas no nível básico da língua italiana.

Para participar basta está cursando ou ter concluído o Ensino Médio.

Sem títulobgtAs inscrições ocorrerão nos dias 03 e 04 de outubro, no  Edifício Colares – (Anexo da UNIFAP), das 15h às 18h (Professora Lucinéia); e  na UNIFAP –  Campus BR –   Coordenação de Letras,  das 15h às 20h (Técnico  Alessandro). No ato da inscrição serão necessários carteira de identidade ou qualquer outro documento com foto e comprovante de conclusão ou matrícula no Ensino Médio.  Estudantes, técnicos e professores da UNIFAP não precisarão de comprovantes relacionados ao EM, deverão somente informar o número de matrícula. São apenas 30 vagas.

ALUNOS E PROFESSORES DO CURSO DE ENFERMAGEM PARTICIPAM DE CONGESSO BRASILEIRO

foto enfermagem

Os Professores Fernanda Matos, Carlos M. Dutok e Fabio Trindade (que coordenou uma das seções de apresentações orais de E-Poster), juntamente com as alunas Midiã Ferreira, Leticia Mamede e Keylane Arruda, participaram do 69º Congresso Brasileiro de Enfermagem (CBEN), nos dias 05 a 08 de setembro, na cidade de Maceió.

O evento nesta edição se dedicou a propiciar amplo debate crítico e reflexivo, propositivo e deliberativo sobre aspectos cruciais para o pleno desenvolvimento, fortalecimento e valorização do ofício de ser trabalhador e trabalhadora da Enfermagem, especialmente no Brasil e América Latina. Para dar conta de tal empreitada, o 69º CBEn trouxe como tema central – O trabalho da Enfermagem na construção de uma sociedade democrática.

No evento foram apresentados 07 trabalhos entre professores e alunos, além da participação em minicursos, palestras e discussões que envolviam a temática do congresso:

fotos de enfermegem

VISITA DOMICILIAR COMO PRÁTICA DE ENSINO NO CUIDADO AO PACIENTE COM ESQUIZOFRENIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA; da autoria de: Midiã Ferreira do Rosário, Antônia Albertina Araujo Ferreira, Juliana Baía da Silva, Marcia Maria dos Santos Oliveira, Quélita Moraes Mendonça, Fernanda Matos Fernandes Castelo Branco.

EDUCAÇÃO EM SAÚDE SEXUAL E REPRODUTIVA: UMA ANÁLISE SOBRE A PREVENÇÃO NAS ESCOLAS; da autoria de: Midiã Ferreira do Rosário e Girzia Sammya Tajra Rocha.

ç

DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA: UMA PROPOSTA DE MODELO AMPLIADO E PADRONIZADO; da autoria de Keylane Arruda e Renata Simões Monteiro.

Sem títulojk

VISITAR A UM PORTADOR DE ESQUIZOFRENIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA NA FRONTEIRA FRANCO BRASILEIRA; da autoria de: Leticia da Silva Mamede, Lediana da Silva Nascimento, Adriane de Jesus Magno de Castro, Ianny Carvalho de Araújo, Fernanda Matos Fernandes Castelo Branco, Divane de Vargas.

Sem títulohy

PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO E CLÍNICO DE INDÍGENAS DA ETNIA KARIPUNA NO MUNICÍPIO DE OIAPOQUE; da autoria de: Fernanda Matos Fernandes Castelo Branco e Divane de Vargas.

PREVENINDO USO ABUSIVO DE ÁLCOOL EM COMUNIDADES INDÍGENAS DA ETNIA KARIPUNA: RELATO DE EXPERIÊNCIA; da autoria de: Fernanda Matos Fernandes Castelo Branco, Carlos Manuel Dutok Sánchez, Tancredo Castelo Branco Neto, Fabio Rodrigues Trindade, Divane de Vargas.

Sem títulokij

A INCIDÊNCIA DE DIABETES MELLITUS E HIPERTENSÃO ARTERIAL NA MATURIDADE E VELHICE EM UMA COMUNIDADE DE PESCADORES NO MUNICÍPIO DE OIAPOQUE – AP; da autoria de: Fabio Rodrigues Trindade, Jeniffer Bárbara Fernandes Costa, Fernanda Matos Fernandes Castelo Branco, Anapaula Martins Mendes, Laís Helena Ramos.

Segundo as alunas: “ a participação no evento contribui para que conhecêssemos a realidade da área de atuação, além de ampliar os olhares, práticas e saberes em relação à produção do conhecimento” e segundo os professores: “esperamos contar com a participação de mais alunos no 70º Congresso que será sediado na cidade de Curitiba e já garantimos a inscrição no próximo ano pela magnitude e importância desse evento na área de enfermagem”.

Parabéns ao mais novo Doutor do Binacional!

IMG-20170912-WA0045  IMG-20170912-WA0024  IMG-20170831-WA0011-2-1-1  IMG-20170912-WA0027

A defesa de Tese do Professor Dinaldo Barbosa do colegiado de História, ocorreu no dia 12/09/17 no Salón de Grados Vives Antón de la Facultat de Dret de València. Com o Título Los derechos humanos y el régimen abierto en Brasil: propuestas para el Estado de Amapá, sendo orientado pela a Drª Vicenta Cervelló Donderis (Espanha) e o Drº Romulo Palitot (Brasil), o Professor Dinaldo analizó “cómo el Brasil ha desarrollado el régimen abierto en sus establecimientos penitenciarios, tomando como referencia el Estado de Amapá, y específicamente, el Instituto de Administración Penitenciaria de Amapá – IAPEN-AP -, profundizando en la forma y en la aplicación de dicho régimen respecto a los Derechos Humanos de las personas privadas de libertad. Se parte de la hipótesis de que, aunque Brasil haya sido el pionero en el ámbito de América Latina en cuanto a la implantación del régimen abierto en los establecimientos penitenciarios, el país no ha conseguido todavía concretar los procesos de resocialización esperados del régimen abierto y todavía fortalece las prácticas que vulneran los Principios Rectores de los Derechos Humanos a las personas privadas de libertad”.

Conhecida por sua tradição no ensino, pesquisa e extensão, a Universidade de Valencia-Espanha, criada no século XV, está atualmente entre as 10 melhores Universidades do mundo (Center for World University Rankings – http://cwur.org/2017/subjects.php ).

A Tese em destaque envolveu pesquisas no Brasil, Guiana Francesa e Espanha, e dada sua densidade teórica alcançou a classificação máxima do Tribunal Espanhol: SOBRESALIENTE CUM LAUDE.

A nós cabe unicamente, como Instituição, parabenizar este excelente profissional por sua dedicação, coleguismo e compromisso com a nossa briosa UNIFAP. Bem como, estamos à disposição para incentivar e torcer pelos os próximos Doutores Binacionais!

Izabela Leal lança o livro A Intrusa na Noite Cultural

O colegiado de Letras e o Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel convidam a comunidade acadêmica e externa para a Noite Cultural, a ocorrer a partir das 19h00 do dia 21 de setembro de 2017, no restaurante Beija-Flor/Restaurante do Paolo.

A Noite Cultural contará com a presença da profa. Dra. Izabela Leal (UFPA), que lançará o livro A Intrusa na cidade do Oiapoque. A autora recebeu o prêmio de Novo Autor Fluminense do Prêmio Rio de Literatura (2016) e a obra recebeu recentemente a indicação para o prêmio Oceanos (2017).

A participação no evento renderá um certificado de 4 horas aos participantes.

Informações e convites de adesão: Sala E5 do prédio Colares

Dias 18, 19, 20 e 21 de setembro – de 17h00 às 18h00

Noite Cultural – Lançamento do livro A intrusa, de Izabela Leal

Local: Restaurante do Paolo/Beija-Flor

Rua Joaquim Caetano da Silva – ao lado da FUNAI

 A partir das 19h00.

I SIMPÓSIO DE ESTUDOS DA TRADUÇÃO DO CAMPUS BINACIONAL – VIVER NA FRONTEIRA: ENTRE TRADUÇÃO E IDENTIDADE

O curso de Letras e o Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel realizam o primeiro evento voltado para a área de tradução na cidade do Oiapoque.

O I Simpósio de Estudos da Tradução do Campus Binacional ocorrerá na cidade do Oiapoque (AP) entre os dias 20 e 22 de setembro de 2017. É o primeiro evento promovido pelo Grupo de Estudos da Tradução do Campus Binacional, sob coordenação da profa. Dra. Fabíola Reis (UNIFAP) e pelo Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel (CALTM), responsável pelo recebimento das inscrições.

O evento contará com oficinas sobre tradução literária e interpretação simultânea e consecutiva; palestras e sessões de comunicação envolvendo os dois temas centrais do simpósio: tradução e identidade nas áreas de fronteira. Além disso, contará com temas relacionados aos Estudos da Tradução, como adaptação de obras, tradução literária, reescrita e etnotradução.

As inscrições podem ser realizadas antes do evento, nos dias 18 e 19 de setembro, com os membros do Centro Acadêmico de Letras na sala E5 no prédio Colares, ou no dia do evento.

I Simpósio de Estudos da Tradução do Campus Binacional

20 a 22 de setembro de 2017

Local: Prédio Colares

Inscrições e informações antes do evento: 17h00 às 18h00 – Sala E5 com os membros do Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel

A programação do evento já está definida e pode ser visualizada abaixo:

PROGRAMAÇÃO:

DIA 20.09.2017

MANHÃ

Local: Edifício Colares – Sala D5

OFICINA DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

Horário: 08h30-11h30

TARDE

Local: Auditório do Edifício Colares

13h30-14h30 – credenciamento

14h30-15h00 – abertura do evento: Profa. Dra. Fabíola Reis (UNIFAP)

15h00-16h00 – palestra: Simbolismo e tradução no poema L’Homme et la bête de Leopold Sédar Senghor – Profa. Me. Mariana Alves (UNIFAP)

16h00-16h15 – coffee break

16h15-17h30 – Comunicações: Literatura comparada nos contos Le Petit Chaperon Rouge (1867) de Charles Perrault e a tradução Chapeuzinho Vermelho (2010) de Maria Luiza Xavier de Almeida Borges – Grace Kelly da Silva Costa (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional);

Le Chat Botté (1867) de Charles Perrault e o Gato de Botas (2010) de Maria Luiza Xavier de Almeida Borges: tradução?Cleide Guedes França (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional);

Um panorama sobre a tradução literária de língua francesa no Brasil – Fabíola Reis (UNIFAP – Campus Binacional)

DIA 21.09.2017

MANHÃ

Local: Edifício Colares – Sala D5

OFICINA DE INTERPRETAÇÃO SIMULTÂNEA E CONSECUTIVA

Horário: 08h30-11h30

TARDE

14h00-15h00 – Recriações escritas: Como “traduzir” a arte verbal no discurso narrativo oral indígena? – Profa. Dra. Sabine Reiter (DAAD/UFPA)

15h00-16h00 – As poéticas indígenas e a renovação da poesia contemporânea – Profa. Dra. Izabela Leal (UFPA)

16h00-16h15 – coffee break

16h15-17h15 – Comunicações: Tradução cultural na narrativa A Cobra Grande: as versões dos  Galibi-Marworno e Palikur – Yanerica Narciso Monteiro (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

Narrativas orais dos Karipuna da aldeia Manga: Da comunidade para o ambiente escolar – Bruna dos Santos Almeida e Jamily Maciel Feitosa (graduandas de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

NOITE

Local: Hotel Beija-Flor/ Restaurante do Paolo (Rua Joaquim Caetano da Silva – Ao lado da FUNAI)

 Noite cultural para o lançamento do livro A Intrusa  (de Izabela Leal)

1o Lugar Prêmio Rio de Literatura 2016 – Categoria Novo Autor Fluminense

Horário: 19h00

DIA 22.09.2017

MANHÃ:

Local: Auditório Colares

09h00 – credenciamento da palestra (com certificado de 3 horas)

10h00 – Palestra: Estudar e Pesquisar na Alemanha – Profa. Dra. Sabine Reiter (DAAD/UFPA)

TARDE:

14h00-15h00 – Estar à porta: a experiência limiar de Võ Nea Prof. Me. Fernando Maués (UFPA/CAPES)

15h00-16h00 – Escrever e Reescrever: Os diferentes tipos de reescrita  – Profa. Dra. Fabíola Reis (UNIFAP)

16h00-16h15 – coffee break

16h15-17h30 – Comunicações: Négritude dans l’ouvre Black-Label de Léon-Gontran Damas – première partie – Lizandra Barbosa Tavares (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

Alice No País Das Maravilhas (1865), de Lewis Carrol e a adaptação cinematográfica – Diana Jacarandá Zvondy (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

17h30 – sorteio de livros

PALESTRA: ESTUDAR E PESQUISAR NA ALEMANHA

A profa. Dra. Sabine Reiter (professora-leitora do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) ministrará a palestra “Estudar e Pesquisar na Alemanha” a estudantes da Unifap (Campus Binacional) e demais interessados principais. Convidada pelo colegiado de Letras do Campus Binacional, a coordenadora do DAAD do norte do Brasil explicará sobre as oportunidades de estudo e pesquisa na Alemanha. Serão apresentados os principais projetos de financiamento de pesquisas para professores e estudantes brasileiros, cursos de inverno com bolsas para diferentes áreas, valores de bolsas e o perfil de estudantes e pesquisadores que as principais universidades alemãs procuram.

Sobre a palestrante: Sabine Reiter formou-se em Linguística e Literatura Latino-Americana pela Universidade Livre de Berlim e possui doutorado em Linguística pela Universidade de Kiel (Alemanha). É professora do Programa de Pós-Graduação em Letras, na Universidade Federal do Pará (UFPA). Também atua como Leitora (Leiterin) da Casa de Estudos Germânicos na mesma Universidade. Desenvolve pesquisas na área de descrição e documentação de línguas indígenas sul-americanas, como as línguas Tupi e Pano. Também realiza estudos no âmbito da Tipologia Linguística, prática e metodologia de documentação linguística e Sociolinguística.

Dia 22/09/2017

Local: Auditório Colares

Credenciamento: 09h30-10h00

Palestra: às 10h00

Certificado de 3 horas para quem participar da palestra.

Curso de Língua e Cultura Alemã no Colares a partir de setembro

Sem título

O colegiado de Letras e o Centro Acadêmico Terezinha Maciel informam que as inscrições para o primeiro nível (A1) do curso de extensão Língua e Cultura Alemã  estarão abertas de 18 de setembro até o dia 25 de setembro de 2017, de 17h00 às 18h00, na sala E5 no Colares.

O curso é destinado a acadêmicos, servidores e membros da comunidade do Oiapoque interessados em aprender a língua oficial da Alemanha e sua história/cultura. Outro objetivo deste projeto é oferecer treinamento para as provas de intercâmbio de instituições de fomento da Alemanha, que oferecem para estudantes brasileiros bolsas de estudo de 4-6 semanas em universidades alemãs todos os anos.

 As aulas terão início no dia 27 de setembro de 2017 e vão até 20 de dezembro de 2017, num total de 60 horas. Ao final, os alunos que tiverem 75% de frequência e a média regular nas provas (5,0) receberão certificado.

A profa. Dra. Fabíola Reis, docente do colegiado de Letras, será responsável por ministrar as aulas. A referida professora possui graduação em língua alemã, é ex-bolsista da Freie Universität Berlin e da Leibniz Universität Hannover pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (Deutscher Akademischer Austauschdienst – DAAD), e possui ampla experiência no ensino e aprendizagem de língua e cultura alemã.

 

Curso de Língua e Cultura Alemã – Nível 1 (A1)

Inscrições e informações: de 18 a 25 de setembro de 2017 (de 17h00 – 18h00)

Edifício Colares – Sala E5 (com o Centro Acadêmico de Letras)

Período do curso: de 27 de setembro a 20 de dezembro de 2017

0

Izabela Leal lança o livro A Intrusa na Noite Cultural

O colegiado de Letras e o Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel convidam a comunidade acadêmica e externa para a Noite Cultural, a ocorrer a partir das 19h00 do dia 21 de setembro de 2017, no restaurante Beija-Flor/Restaurante do Paolo.

 A Noite Cultural contará com a presença da profa. Dra. Izabela Leal (UFPA), que lançará o livro A Intrusa na cidade do Oiapoque. A autora recebeu o prêmio de Novo Autor Fluminense do Prêmio Rio de Literatura (2016) e a obra recebeu recentemente a indicação para o prêmio Oceanos (2017).

 A participação no evento renderá um certificado de 4 horas aos participantes.

Informações e convites de adesão: Sala E5 do prédio Colares

Dias 18, 19, 20 e 21 de setembro – de 17h00 às 18h00

 Noite Cultural – Lançamento do livro A intrusa, de Izabela Leal

Local: Restaurante do Paolo/Beija-Flor

Rua Joaquim Caetano da Silva – ao lado da FUNAI

 A partir das 19h00.

0

I SIMPÓSIO DE ESTUDOS DA TRADUÇÃO DO CAMPUS BINACIONAL – VIVER NA FRONTEIRA: ENTRE TRADUÇÃO E IDENTIDADE

O curso de Letras e o Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel realizam o primeiro evento voltado para a área de tradução na cidade do Oiapoque.

O I Simpósio de Estudos da Tradução do Campus Binacional ocorrerá na cidade do Oiapoque (AP) entre os dias 20 e 22 de setembro de 2017. É o primeiro evento promovido pelo Grupo de Estudos da Tradução do Campus Binacional, sob coordenação da profa. Dra. Fabíola Reis (UNIFAP) e pelo Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel (CALTM), responsável pelo recebimento das inscrições.

O evento contará com oficinas sobre tradução literária e interpretação simultânea e consecutiva; palestras e sessões de comunicação envolvendo os dois temas centrais do simpósio: tradução e identidade nas áreas de fronteira. Além disso, contará com temas relacionados aos Estudos da Tradução, como adaptação de obras, tradução literária, reescrita e etnotradução.

As inscrições podem ser realizadas antes do evento, nos dias 18 e 19 de setembro, com os membros do Centro Acadêmico de Letras na sala E5 no prédio Colares, ou no dia do evento.

I Simpósio de Estudos da Tradução do Campus Binacional

20 a 22 de setembro de 2017

Local: Prédio Colares

Inscrições e informações antes do evento: 17h00 às 18h00 – Sala E5 com os membros do Centro Acadêmico de Letras Terezinha Maciel

A programação do evento já está definida e pode ser visualizada abaixo:

PROGRAMAÇÃO

 DIA 20.09.2017

MANHÃ

 

Local: Edifício Colares – Sala E5

OFICINA DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

Horário: 08h30-11h30

 

 

TARDE

Local: Auditório do Edifício Colares

13h30-14h30 – credenciamento

14h30-15h00 – abertura do evento: Profa. Dra. Fabíola Reis (UNIFAP)

15h00-16h00 – palestra: Simbolismo e tradução no poema L’Homme et la bête de Leopold Sédar Senghor – Profa. Me. Mariana Alves (UNIFAP)

16h00-16h15 – coffee break

16h15-17h30 – Comunicações: Literatura comparada nos contos Le Petit Chaperon Rouge (1867) de Charles Perrault e a tradução Chapeuzinho Vermelho (2010) de Maria Luiza Xavier de Almeida Borges – Grace Kelly da Silva Costa (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional);

Le Chat Botté (1867) de Charles Perrault e o Gato de Botas (2010) de Maria Luiza Xavier de Almeida Borges: tradução?Cleide Guedes França (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional);

Um panorama sobre a tradução literária de língua francesa no Brasil – Fabíola Reis (UNIFAP – Campus Binacional)

 

DIA 21.09.2017

MANHÃ

Local: Edifício Colares – Sala E5

OFICINA DE INTERPRETAÇÃO SIMULTÂNEA E CONSECUTIVA

Horário: 08h30-11h30

 

TARDE

 14h00-15h00 – Recriações escritas: Como “traduzir” a arte verbal no discurso narrativo oral indígena? – Profa. Dra. Sabine Reiter (DAAD/UFPA)

15h00-16h00 – As poéticas indígenas e a renovação da poesia contemporânea – Profa. Dra. Izabela Leal (UFPA)

16h00-16h15 – coffee break

16h15-17h15 – Comunicações: Tradução cultural na narrativa A Cobra Grande: as versões dos  Galibi-Marworno e Palikur – Yanerica Narciso Monteiro (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

Narrativas orais dos Karipuna da aldeia Manga: Da comunidade para o ambiente escolar – Bruna dos Santos Almeida e Jamily Maciel Feitosa (graduandas de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

 NOITE

 Local: Hotel Beija-Flor/ Restaurante do Paolo (Rua Joaquim Caetano da Silva – Ao lado da FUNAI)

 Noite cultural para o lançamento do livro A Intrusa  (de Izabela Leal)

1o Lugar Prêmio Rio de Literatura 2016 – Categoria Novo Autor Fluminense

Horário: 19h00

DIA 22.09.2017

 MANHÃ:

Local: Auditório Colares

09h00 – credenciamento da palestra (com certificado de 3 horas)

10h00 – Palestra: Estudar e Pesquisar na Alemanha – Profa. Dra. Sabine Reiter (DAAD/UFPA)

 TARDE:

 14h00-15h00 – Estar à porta: a experiência limiar de Võ Nea Prof. Me. Fernando Alves (UFPA/CAPES)

15h00-16h00 – Escrever e Reescrever: Os diferentes tipos de reescrita  – Profa. Dra. Fabíola Reis (UNIFAP)

16h00-16h15 – coffee break

16h15-17h30 – Comunicações: Négritude dans l’ouvre Black-Label de Léon-Gontran Damas – première partie – Lizandra Barbosa Tavares (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

Alice No País Das Maravilhas (1865), de Lewis Carrol e a adaptação cinematográfica – Diana Jacarandá Zvondy (graduanda de Letras Português/Francês – Campus Binacional)

17h30 – sorteio de livros

0

PALESTRA: ESTUDAR E PESQUISAR NA ALEMANHA

A profa. Dra. Sabine Reiter (professora-leitora do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) ministrará a palestra “Estudar e Pesquisar na Alemanha” a estudantes da Unifap (Campus Binacional) e demais interessados principais. Convidada pelo colegiado de Letras do Campus Binacional, a coordenadora do DAAD do norte do Brasil explicará sobre as oportunidades de estudo e pesquisa na Alemanha. Serão apresentados os principais projetos de financiamento de pesquisas para professores e estudantes brasileiros, cursos de inverno com bolsas para diferentes áreas, valores de bolsas e o perfil de estudantes e pesquisadores que as principais universidades alemãs procuram.

Sobre a palestrante: Sabine Reiter formou-se em Linguística e Literatura Latino-Americana pela Universidade Livre de Berlim e possui doutorado em Linguística pela Universidade de Kiel (Alemanha). É professora do Programa de Pós-Graduação em Letras, na Universidade Federal do Pará (UFPA). Também atua como Leitora (Leiterin) da Casa de Estudos Germânicos na mesma Universidade. Desenvolve pesquisas na área de descrição e documentação de línguas indígenas sul-americanas, como as línguas Tupi e Pano. Também realiza estudos no âmbito da Tipologia Linguística, prática e metodologia de documentação linguística e Sociolinguística.

 Dia 22/09/2017

Local: Auditório Colares

Credenciamento: 09h30-10h00

Palestra: às 10h00

Certificado de 3 horas para quem participar da palestra.