Coordenação de Atividades Complementares

ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (CONCEPÇÃO E COMPOSIÇÃO)

As Atividades Complementares constituem componente curricular obrigatório do curso de Licenciatura em Educação do Campo, concretizadas através de estudos e atividades independentes, previstas no desenvolvimento regular das disciplinas, desenvolvidas durante a trajetória acadêmica do aluno e observando à filosofia, área de abrangência e objetivos deste Curso, configurado no currículo a carga horária de 210 (duzentos e dez) horas.

As Atividades Complementares abrangem os campos: acadêmico-científico, artístico-cultural, social e de organização estudantil, estão categorizadas em 7 (sete) grupos:
1) Atividades de ensino,
2) Atividades de pesquisa,
3) Atividades de extensão,
4) Participação em eventos de natureza artística, científica ou cultural,
5) Produções diversas,
6) Ações comunitárias,
7) Representação estudantil.

Envolvem o planejamento e o desenvolvimento progressivo do Trabalho de Curso, através de atividades de monitoria, de iniciação científica e de extensão, orientadas pelo corpo docente da instituição e/ou articuladas às disciplinas, e as áreas de conhecimentos, podem ser realizadas através de seminários, eventos científico-culturais, estudos curriculares, de modo a propiciar vivências e experiências no âmbito da atuação do Pedagogo, na educação de pessoas com necessidades especiais, a educação do campo, a educação indígena, a educação em remanescentes de quilombos, em organizações governamentais e não-governamentais, escolares e não-escolares públicas e privadas.

Informação contida no Projeto Pedagógico do Curso (PPC) vigente.

Coordenadora: Profa. Doralice Veiga Alves
Aprovado em Ata de reunião de Colegiado do dia 13/01/2016, p. 1-2, l. 40-5.

Atualizado em: 11/02/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*